AMA Supercross 2014 chega a última rodada neste sábado, 3, em Las Vegas

Yamaha
jasonanderson
Jasan Anderson pode ser campeão do Oeste nesta noite – Foto: Feld Motorsports

 

Las Vegas, Nevada, recebe neste sábado, 3, a final do AMA Supercross 2014, com o campeão da 450 definido. Ryan Villopoto alcançou o quarto título da classe principal em sua carreira uma semana atrás, na 16ª etapa do campeonato, e por isso as luzes de Vegas estarão apontadas para os pilotos da categoria 250.

Com uma temporada dividida em duas conferências, Oeste e Leste, os dois campeonatos da 250 terão seus campeões homologados neste sábado.

A principal disputa é pelo título da Costa Oeste. Jason Anderson (Rockstar Energy KTM) e Cole Seely (Geico Honda) estão separados por oito pontos. Enquanto Anderson só precisa terminar na frente de Seely para erguer a taça, o piloto da Honda precisa vencer e torcer para o rival terminar em quinto, por exemplo.

Na Costa Leste o troféu já tem endereço. Justin Bogle corre “sozinho”. Sem os pilotos da Pro Circuit Kawasaki – Martin Davalos, Adam Cianciarulo e Blake Baggett estão lesionados -, Bogle só precisa “cumprir tabela” em Vegas para se tornar campeão.

>>> Bubba confirma participação na final, em Vegas
>>> Justin Bogle fala da possibilidade de título
>>> Acesse a CLASSIFICAÇÃO do campeonato
>>> Relembre como foi a conquista do título de Villopoto

 

:: Mapa virtual da pista em Las Vegas

 

 

:: Transmissão

lasvegas_samboyd
Sam Boyd Stadium preparado – Foto: Feld Motorsports

 

A etapa terá transmissão aqui no BRMX em vídeo. As imagens dos treinos estarão disponíveis a partir das 18h (horário de Brasília). As corridas iniciam às 23h e terminam por volta das 3h da madrugada brasileira.

>>> Acesse aqui a página de eventos ao vivo
>>> APOSTE no Bolão da última etapa e concorra a prêmios!

 

 

O que é o Shootout da 250?

coleseely
Cole Seely será uma das estrelas da noite – Foto: Feld Motorsports

 

Como você já sabe, a 250 tem duas finais – uma de cada conferência. Além disso, rola um “tira-teima” (shootout) da categoria, que é o enfrentamento dos melhores da Costa Oeste contra os melhores da Costa Leste. O “shootout” é uma corrida mais curta, com dez voltas, que serve apenas para mostrar quem é o melhor.

No ano passado, por exemplo, Tyler Bowers ganhou a final da Costa Leste e Eli Tomac venceu a última corrida da Costa Oeste. Depois disso, Ken Roczen ganhou o “tira-teima”, que reuniu os dez melhores de cada conferência.

>>> Leia a matéria do ano passado e saiba mais!

 

 

Eli Tomac fratura clavícula

tomac
Tomac teve grande desempenho na etapa passada – Foto: Feld Motorsports

 

Eli Tomac está fora da final da 450. O piloto Geico Honda fraturou a clavícula durante um treino nesta quinta-feira, 1º de maio. De acordo com a imprensa estadunidense, a fratura foi “leve” e há esperança que o piloto volte às pistas na abertura do AMA Motocross, dia 24 de maio.

 

 

Outros lesionados

450
Justin Brayton – piloto da Yamaha fraturou um pequeno osso do pé durante a classificatória de Saint Louis (13ª etapa), e na final quebrou o dedo mindinho. Tentou correr a etapa seguinte, em Houston, onde fraturou a mão e machucou o joelho. Ele espera estar de volta para o AMA Motocross.

250
Blake Baggett – durante um treino para o Motocross, em Glen Helen, na semana passada, Baggett tomou uma pedrada no rosto. Esta lesão já o tirou da rodada de East Rutherford, e deve deixá-lo de fora em Vegas, apesar de haver alguma esperança de que ele corra pelo vice-campeonato da Costa Leste em Las Vegas.

Yamaha