AMA SX e AMA MX 2020: pilotos e equipes para a categoria 250

 

Com a abertura do AMA Supercross 2020 em Anaheim 1 cada vez mais próxima, confira a seguir quais são as equipes que estão com seus respectivos pilotos definidos para a categoria 250 na próxima temporada (para conferir a categoria 450, clique aqui).

 

Monster Energy Pro Circuit Kawasaki

Austin Forkner – Correu para a equipe em 2019, mas sofreu uma lesão no joelho, o que arruinou suas chances de conquistar o título na região Leste do supercross, terminando em terceiro na pontuação. Ele perdeu todo o AMA Motocross 2019, mas retomou os treinos em setembro e está pronto para a temporada 2020.

 

Garrett Marchbanks – Estreou com a equipe em 2018, na rodada de abertura do AMA Motocross em Hangtown. Em 2019, disputou sua primeira temporada no AMA Supercross. Segue com a equipe em 2020.

 

Cameron Mcadoo – Se tornou profissional pela equipe SmarTop Bullfrog Spas MotoConcepts Honda, posteriormente disputando as temporadas 2017 e 2018 e o AMA Supercross 2019 pela GEICO Honda. No AMA Motocross 2019, foi piloto substituto na equipe Troy Lee Designs Red Bull KTM. 2020 será sua primeira temporada com a Monster Energy Pro Circuit Kawasaki.

 

Jordon Smith – Tornou-se profissional pela equipe GEICO Honda, mas passou as últimas três temporadas com a Troy Lee Designs Red Bull KTM. Outro que estreia na Monster Energy Pro Circuit Kawasaki em 2020.

 

Foi com esta foto que a equipe Monster Energy Pro Circuit Kawasaki anunciou seus pilotos para a temporada 2020

 

Rockstar Energy Husqvarna

Michael Mosiman – Estreou com a equipe em 2017, na sua primeira temporada profissional. Em julho, teve seu contrato renovado por dois anos, o que o manterá na equipe até o final da temporada 2021.

 

Michael Mosiman

 

RJ Hampshire – Na final do AMA Motocross 2019, confirmou sua saída da GEICO Honda, equipe com a qual correu durante toda sua carreira profissional até aqui. E como era esperado, assinou com a Rockstar Energy Husqvarna por duas temporadas.

 

RJ Hampshire

 

Jalek Swoll – Estreou na rodada de Unadilla do AMA Motocross 2019, onde finalizou em 23º na geral. Disputou a 250 Future Class no Monster Energy Cup 2019, onde sagrou-se vice-campeão. Mesmo sem um anúncio oficial, está praticamente confirmado na equipe para a temporada 2020.

 

Jalek Swoll

 

GEICO Honda

Jeremy Martin – Mesmo perdendo toda a temporada 2019 por causa de complicações de uma cirurgia, teve seu contrato renovado por dois anos, até o final da temporada 2021. Após um longo período de recuperação, fez sua reestreia no Monster Energy Cup 2019, em outubro. Em 2020, deve disputar a categoria 250SX Costa Leste no AMA Supercross e a 450 no AMA Motocross.

 

Jeremy Martin deve disputar o AMA Supercross 2020 na categoria 250SX Costa Leste

 

Chase Sexton – Segue na equipe e na categoria 250 do AMA Supercross por mais uma temporada. No AMA Motocross 2020, deverá disputar a categoria 450. Já a estreia na categoria 450SX do AMA Supercross deve ficar para 2021.

 

Chase Sexton

 

Christian Craig – Segue na equipe, mas só pode voltar as competições oficiais em 9 de março de 2020, já que está suspenso desde julho deste ano, por ter sido pego no exame antidoping referente a rodada de Daytona do AMA Supercross 2018. Apesar disso, Craig já anunciou que deve recorrer de sua sentença no tribunal arbitral do esporte, na Suíça.

 

Hunter Lawrence – O australiano perdeu toda a temporada 2019 do AMA Supercross por causa de uma lesão, fazendo sua estreia com a equipe apenas na abertura do AMA Motocross 2019, em Hangtown. Em 2020, segue na equipe e fará sua estreia no supercross.

 

Jett Lawrence – O jovem de 16 anos acaba de assinar com a equipe para a temporada 2020, onde fará sua estreia já no AMA Supercross. Jett estreou profissionalmente com a GEICO Honda na rodada de Unadilla do AMA Motocross 2019 e está fazendo pré-temporada no Australiano de Supercross 2019.

 

Jo Shimoda – Outro que estreou com a equipe na rodada de Unadilla do AMA Motocross 2019 e, em 2020, fará sua estreia no AMA Supercross.

 

Carson Mumford – E para finalizar a lista de pilotos prodígios da GEICO Honda, temos Carson Mumford, que também disputou várias rodadas do AMA Motocross. Porém, sua situação para o AMA Supercross 2020 ainda está indefinida.

 

JGRMX Yoshimura Suzuki Factory Racing

Alex Martin – Assim como Joey Savatgy na categoria 450, Alex Martin será o único piloto da equipe na categoria 250 em 2020.

 

Alex Martin

 

Troy Lee Designs Red Bull KTM

Brandon Hartranft – Após dois anos com a equipe Cycle Trader Rock River Yamaha, acaba de assinar com a Troy Lee Designs Red Bull KTM para 2020.

 

Derek Drake – Segue com a equipe na temporada 2020, após fazer sua estreia profissional em 2019.

 

Pierce Brown – Fez sua estreia profissional na rodada de Jacksonville do AMA Motocross 2019. Em 2020, vai estrear no AMA Supercross.

 

Brian Moreau – Outro que disputará sua primeira temporada profissional em 2020. É francês e tem 17 anos de idade.

 

Equipe Troy Lee Designs Red Bull KTM para a temporada 2020 do AMA Supercross e AMA Motocross

 

Monster Energy Star Racing Yamaha

Dylan Ferrandis – Foi campeão do AMA Supercross 2019 na categoria 250SX costa Oeste. 2020 marcará sua despedida da categoria, já que em 2021 ele sobe para a 450.

 

Dylan Ferrandis

 

Justin Cooper – Segue na equipe por mais uma temporada.

 

Justin Cooper

 

Shane McElrath – Após 7 temporadas com a Troy Lee Designs Red Bull KTM, McElrath assinou com a Monster Energy Star Racing Yamaha para 2020.

 

Shane McElrath

 

Colt Nichols – Renovou com a equipe por duas temporadas em 2018, o que significa que seu novo contrato se encerra no final de 2020.

 

Colt Nichols

 

Ty Masterpool – Estreou no AMA Motocross 2019 e segue na equipe em 2020. Em janeiro, fará sua estreia no AMA Supercross.

 

Gas Monkey Energy Aje Motorsports

Jacob Hayes – Segue com a equipe em 2020.

 

Josh Osby – Contratado após disputar a temporada 2019 pela recém formada equipe CTR Motorsports, pilotando uma YZ250F.

 

Team Allsouth

Kyle Swanson – Segue na equipe por mais uma temporada.

 

Current Thurman – Idem mesma situação de Swanson.

 

Zane Merrett – Fez sua estreia profissional no AMA Motocross 2019, com a equipe The Professional Journey Fly Racing. Agora, acaba de assinar com a Allsouth para 2020.

 

Phoenix Racing Honda

Jace Owen – Disputará o Arenacross 2020, mas a expectativa é de que esteja presente também na costa Leste da categoria 250SX do AMA Supercross 2020.

 

Kyle Peters – Disputou as temporadas 2018 e 2019 com a JGRMX Yoshimura Suzuki Factory Racing, e para 2020, acaba de assinar com a Phoenix Racing Honda.

 

JMC Motorsports Racing

Carson Brown – Segue na equipe por mais uma temporada.

 

Martin Castelo – Idem mesma situação de Brown.

 

Derek Kelley – Fez sua estreia profissional na abertura do AMA Motocross 2019 em Hangtown. 2020 será sua primeira temporada com a equipe JMC Motorsports Racing.

 

PR-MX Pelletier Kawasaki

Lorenzo Locurcio – Foi anunciado no final de novembro como o mais novo reforço da equipe para a disputa do AMA Supercross 2020 na categoria 250SX Costa Leste.

 

Justin Thompson – Contratado nas mesmas circunstâncias que Locurcio.

 

Pilotos sem equipe

Enzo Lopes – O brasileiro disputou a temporada 2019 pela JGRMX Yoshimura Suzuki Factory Racing. Com a equipe apostando apenas em Joey Savatgy e Alex Martin para 2020, Enzo aceitou um convite da Bud Racing, disputando o Supercross de Paris 2019 de Kawasaki. Há duas semanas, o Club MX postou em seu Instagram a foto a seguir de Enzo treinando de Yamaha, com a seguinte legenda: “mal podemos esperar para começar e continuar trabalhando com esse cara, Enzo Lopes, para que ele esteja pronto para a temporada 2020 do supercross”. Enzo publicou essa mesma foto em seu Instagram, com a legenda: “planos de Deus”. Seguimos aguardando o anúncio oficial, mas ao que tudo indica, será que Enzo vai azular em 2020?

 

Enzo Lopes treinando de Yamaha na pista do Club MX

 

Jimmy Decotis –  Outro que disputou as temporadas de 2018 e 2019 pela JGRMX Yoshimura Suzuki Factory Racing, e agora, com o “enxugamento” no quadro de pilotos da equipe, está sem emprego para 2020.

 

Mitchell Falk – Fez sua estreia profissional em 2018, pela equipe Troy Lee Designs Red Bull KTM, durante o AMA Motocross daquele ano. Para 2020, está desempregado no momento.

 

Mitchell Falk

 

Sean Cantrell – Situação quase idêntica à de Falk. Única diferença é que sua estreia profissional pela Troy Lee Designs Red Bull KTM foi um ano antes, no AMA Motocross 2017.

 

Jordan Bailey – Estreou profissionalmente pela equipe Rockstar Energy Husqvarna no AMA Motocross 2018. Está sem equipe para 2020.

 

Jordan Bailey

 

Mitchell Oldenburg – Outro nome de peso na lista de desempregados, Oldenburg disputou as temporadas de 2018 e 2019 pela equipe Monster Energy Star Racing Yamaha.

 

Mitchell Oldenburg

 

Chris Blose – No momento sem equipe para 2020.

 

Blake Wharton – Idem mesma situação de Blose.

 

Fredrik Noren – Disputou várias rodadas do AMA Supercross 2019 na categoria 250SX Costa Leste, e no AMA Motocross 2019, foi contratado pela equipe JGRMX Yoshimura Suzuki Factory Racing. No momento está sem equipe para 2020.

 

Lane Shaw – Disputou a temporada 2019 pela equipe The Professional Journey Fly Racing. Embora desempregado no momento, ao que tudo indica, deve renovar com esta mesma equipe para 2020.