Trey Canard e Davi Millsaps brilham na Monster Cup 2014

millsaps
Davi Millsaps ganhou na geral, mas Canard foi quem esteve mais perto do prêmio de um milhão de dólares – Foto: Kawasaki Racing

 

Foi mais uma noite inesquecível para os amantes do supercross. A Monster Energy Cup 2014, quarta edição do evento, apresentou outro espetáculo dentro e fora das pistas, com boas corridas, show de luzes, fogos, freestyle, música e adrenalina. Trey Canard venceu duas baterias e Davi Millsaps, estreando pela Kawasaki, ganhou a outra. Na soma das três corridas, Millsaps levou a melhor e garantiu o prêmio de 100 mil dólares (se Canard tivesse vencido também a terceira, ganharia um milhão de dólares).

Canard esteve muito próximo de vencer as três baterias. Depois de ganhar as duas primeiras, brigava pela liderança da terceira prova quando caiu. Durante sua tentativa de recuperação, caiu outra vez e acabou a última corrida da noite em oitavo, o que o jogou para terceiro na classificação final do evento.

A grande ausência da noite foi de James “Bubba” Stewart. Campeão da MEC em 2013, Bubba apareceu no Sam Boyd Stadium, em Las Vegas, com a placa de número #1 em sua moto, mas ficou fora das corridas por causa da suspensão imposta pela FIM – Federação Internacional de Motociclismo – em decorrência do seu caso de doping durante o AMA Supercross – relembre aqui.

Ken Roczen também ficou fora das disputas. Havia esperanças que o alemão fizesse sua estreia pela RCH Suzuki em Las Vegas, mas ele estava do outro lado do país, participando de uma feira (AIMExpo) em Orlando, na Flórida, divulgando a nova GoPro Hero 4.

Por outro lado, alguns pilotos fizeram suas primeiras aparições em competições oficiais nos Estados Unidos nesta noite. Foram os casos de Blake Baggett pela Yoshimura Suzuki, Zach Osborne e Jason Anderson pela Husqvarna, Justin Hill e Dean Wilson pela KTM, e Justin Barcia pela Yamaha.

Nas categorias “amadoras”, Mitchel Falk, da KTM, ganhou as duas baterias da Super Mini (classe que o brasileiro Enzo Lopes foi convidado a participar), enquanto Aaron Plessinger, da Yamaha, faturou as duas corridas da classe Amateur All Star (motos de 250cc), e Preston Masclangelo ganhou a corrida de 50cc da KTM. Veja os resultados mais abaixo!

 

:: Melhores momentos da primeira bateria

 

:: Melhores momentos da segunda bateria

 

:: Melhores momentos da terceira bateria

 

 

Resultados

Monster Energy Cup Class – resultado final (soma das três baterias)

1. Davi Millsaps -Kawasaki (3,4,1)
2. Eli Tomac – Honda (4,3,2)
3. Trey Canard – Honda (1,1,8)
4. Ryan Dungey – KTM (8,5,3)
5. Malcolm Stewart – Honda (7,7,5)
6. Justin Hill – KTM (2,2,18)
7. Jason Anderson – Husqvarna (15,7,4)
8. Jake Weimer – Kawasaki (10,10,6)
9. Justin Barcia – Yamaha (6,6,16)
10. Blake Baggett – Suzuki (5,8,21)

 

Super Mini Class

1. Mitchell Falk – KTM (1,1)
2. Garrett Marchbanks – Kawasaki (2,3)
3. Chase Sexton – Yamaha, (4,2)
4. Carson Mumford – Kawasaki (3,5)
5. Derek Drake – KTM (5,6)
6. Brock Papi – KTM (8,4)
7. Casey Keast – Yamaha (6,7)
8. Carson Brown – KTM (7,9)
9. Justin Rodbell – KTM (11,10)
10. Hannah Hodges – Suzuki (9,13)

 

Amateur All-Star Class

1. Aaron Plessinger – Yamaha (1,1)
2. Darian Sanayei – Kawasaki (2,3)
3. Benny Bloss – Yamaha (3,4)
4. Jordon Smith – Honda (10,2)
5. Robbie Wageman – Yamaha (5,9)
6. Chase Marquier – Honda (7,8)
7. Ryan Surratt – Yamaha (6,11)
8. Marshall Weltin – Honda (4,14)
9. Cody Mcculloch – Yamaha (8,12)
10. Bradley Taft – Yamaha (16,5)

 

KTM Junior Supercross Challenge

1. Preston Masciangelo – KTM
2. Julien Beaumer – KTM
3. Reed Vogan – KTM
4. Donovan Hanson – KTM
5. Lux Turner – KTM
6. Colton Trouille – KTM
7. Wryder Huffman – KTM
8. Bryson Buller – KTM
9. Peyton Crisp – KTM
10. Jackson Glather – KTM