Ryan Dungey e Justin Barcia vencem provas da última etapa do AMA Supercross 2012, em Las Vegas

O AMA Supercross 2012 encerrou com uma bela festa na noite deste sábado, 5 de maio, em Las Vegas.

Justin Barcia, da equipe GEICO Honda, fechou o campeonato como o grande nome da Lites Class ao vencer a prova final que uniu pilotos das divisões Oeste e Leste.

Ryan Dungey, da Red Bull KTM, ganhou o Main Event da Supercross Class e, mesmo ficando fora de cinco etapas, terminou o campeonato na terceira posição. David Millsaps, da JGRMX Toyota Yamaha, foi o vice-campeão.

A temporada teve Ryan Villopoto – Monster Energy Kawasaki – como campeão da categoria principal. Eli Tomac e Justin Barcia, ambos da GEICO Honda, foram os campeões da Lites Oeste e Leste, respectivamente.

O BRMX montou plantão e fez cobertura das 17 etapas, trazendo os vídeos – quando liberados – e a cronometragem em tempo real, além de crônicas e atualização de resultados e classificações após cada bandeira quadriculada.

No dia 19 de maio começa o AMA Motocross, com a etapa de abertura em Sacramento, Califórnia, na pista de Hangtown. Serão 12 etapas no total, e BRMX fará cobertura nos mesmos moldes do AMA SX.

Vale ressaltar também que na noite deste sábado, 5, Justin Barcia foi anunciado como piloto Honda Muscle Milk, na 450cc, para a temporada 2013. Sua estreia pelo time deve acontecer no Monster Energy Cup, em outubro.

Barcia vence a Lites “Combo”

Barcia mostrou que está pronto para encarar a Supercross Class em 2013 – Foto: Frank Hoppen / Feld Motorsports

O evento mais esperado da noite era a corrida que juntaria pilotos da categoria Lites do Oeste e do Leste em um só gate.

Tudo começou com duas provas distintas. Os competidores da conferência Leste largaram primeiro, classificando nove pilotos para a corrida “combo”. Barcia, Roczen, Baggett, Malcom Stewart e Blake Wharton foram os mais rápidos deste lado.

Na sequência, largaram os pilotos do Oeste, e os nove melhores passaram para a “combo”. Eli Tomac, Dean Wilson, Will Hahn, Davalos e Anderson formaram o Top 5.

Outros dois pilotos – Billy Laninovich e Justin Bogle – conquistaram suas vagas em uma LCQ – “última chance”.

Na final “combo”,  Barcia fez o holeshot e mostrou superioridade, dominando quase toda prova.

Perdeu a liderança quando foi surpreendido por Martin Davalos, que o ultrapassou na quarta volta.

Davalos segurou a liderança por aproximadamente duas voltas, mas acabou ultrapassado por pelos campeões de cada conferência, Barcia e Tomac, que lideraram até o fim.

Resultado – Oeste/Leste Main Event

1) Justin Barcia
2) Eli Tomac
3) Martin Davalos
4) Ken Roczen
5) Marvin Musquin

Resultados completos AQUI.

Classificação final do campeonato

Lites Oeste
1) Eli Tomac – 184 pontos
2) Dean Wilson – 154 pontos
3) Marvin Musquin – 142 pontos
4) Cole Seely – 119 pontos
5) Jason Anderson – 111 pontos

Classificação completa AQUI.

Lites Leste
1) Justin Barcia – 210 pontos
2) Ken Roczen – 165 pontos
3) Blake Wharton – 158 pontos
4) Blake Baggett – 148 pontos
5) Darryn Durham – 143 pontos

Classificação completa AQUI.

Dungey fatura quarta do ano na Supercross Class

Piloto da Red Bull KTM fez história para a marca no circuito do supercross estadunidense – Foto: Frank Hoppen / KTM Images

Mike Alessi fez o “milésimo” holeshot do ano e Ryan Dungey conquistou a quarta vitória da temporada na noite deste sábado.

Em poucas curvas do Main Event da Supercross Class, Dungey tomou a dianteira de Mike Alessi para vencer com facilidade.

Jake Waimer fez uma boa corrida, largando no segundo pelotão para terminar em quarto, protagonizando uma interessante disputa com David Millsaps, que terminou em segundo, e Justin Brayton, que acabou em terceiro.

Com as ausências de Bubba Stewart, Ryan Villopoto, Chad Reed e Trey Canard, as provas finais perderam um pouco de brilho, mas mostraram que Dungey está recuperado e é o grande favorito para levar o Motocross.

Resultado

1) Ryan Dungey
2) David Millsaps
3) Justin Brayton
4) Jake Weimer
5) Josh Grant

Resultado completo AQUI.

Classificação final do campeonato

SX Class
1) Ryan Villopoto – 323 pontos
2) David Millsaps – 266 pontos
3) Ryan Dungey – 257 pontos
4) Justin Brayton – 257 pontos
5) Jake Weimer – 229 pontos

Classificação completa AQUI.