Prévia: Monster Energy Cup 2018

Quem vence o Monster Energy Cup 2018?!

 

Na noite deste sábado, 13, acontece no Sam Boyd Stadium, em Las Vegas, a edição 2018 do Monster Energy Cup, evento cujo o prêmio pago ao vencedor pode chegar a 1 milhão de dólares (caso o mesmo vença as três baterias) e que serve de prévia para a temporada 2019 do AMA Supercross (inclusive com alguns pilotos estreando por suas novas equipes, com seus novos números, conforme o ranking da AMA).

Confira a seguir tudo que você precisa saber sobre esta “charmosa” corrida.

 

Transmissão ao vivo

A transmissão ao vivo será somente online e segue as mesmas regras das transmissões das etapas do AMA Supercross (infelizmente não existe transmissão no Brasil via TV, seja por canais pagos ou por assinatura).

Para assistir online as corridas do Monster Energy Cup 2018 você precisa ter um cartão de crédito, se cadastrar no link https://www.supercrosslive.tv/2018-monster-energy-cup (pode ser com o seu perfil do Facebook) e pagar uma taxa de 29,99 dólares (aproximadamente 113 reais).

A transmissão começa a partir das 22h30 pelo Horário Oficial de Brasília.

 

Formato da disputa

Esta será a 8ª edição do Monster Energy Cup, mas, caso você não esteja familiarizado com o formato de disputa das corridas, relaxa que a gente explica.

São quatro sessões de treinos classificatórios (com os pilotos divididos em grupo A e grupo B), onde os 18 mais rápidos se classificam direto para as finais.

As quatro vagas restantes são determinadas numa repescagem de cinco voltas (Last Chance Qualifier – LCQ).

Os 22 pilotos classificados irão disputar três Main Events de 10 voltas cada um.

O resultado final é a soma destes três Main Events.

Se o campeão vencer as três baterias, ele leva para casa o cobiçado prêmio de 1 milhão de dólares.

Isso aconteceu apenas duas vezes: na primeira edição, em 2011, com Ryan Villopoto, e no ano passado, com Marvin Musquin.

Caso não vença as três baterias, o prêmio do campeão despenca para 100 mil dólares.

Além do troféu, será que o vencedor de 2018 levará para casa a cobiçada maleta com 1 milhão de dólares?

Joker Lane

Outra peculiaridade do Monster Energy Cup está na pista, cujo o traçado é idealizado pela lenda Ricky Carmichael.

Além de impor aos pilotos um circuito mais longo que os do AMA Supercross, misturando trechos de supercross e motocross, existe a famosa Joker Lane, trecho alternativo sem saída, onde, pelas regras do evento, cada piloto obrigatoriamente deve passar pelo menos uma vez em cada Main Event.

O objetivo é um só: criar confusão entre os pilotos, estimular as estratégias de cada um durante as corridas e colocar fogo nas disputas.

 

Volta Virtual na pista do Monster Energy Cup 2018

 

Enzo Lopes fora

Infelizmente o brasileiro Enzo Lopes está fora do Monster Energy Cup 2018.

Em contato com o BRMX a assessoria de Enzo informou que ele não conseguiu treinar para o evento como gostaria e, portanto, a equipe JGR Suzuki optou por preservá-lo.

Enzo Lopes está fora do Monster Energy Cup 2018

 

Show de freestyle com Fred Kyrillos

Se Enzo está fora, Fred Kyrillos está confirmado no Monster Energy Cup.

Sim, o paulista do Freestyle Motocross será o único brasileiro no evento e irá fazer apresentações de FMX nos bastidores, durante a Pit Party.

Fred Kyrillos irá fazer apresentações de Freesytle Motocross nos bastidores, durante a Pit Party

 

Motivos para assistir o Monster Energy Cup 2018

Mesmo com a ausência do brasileiro Enzo Lopes, bons motivos não irão faltar para assistir o Monster Energy Cup 2018. Confira a seguir.

 

Tomac e Barcia em ação

O Monster Energy Cup será a primeira corrida oficial de Eli Tomac e Justin Barcia após a perda do título do Motocross das Nações 2018 em casa.

O quanto eles serão capazes de esquecer esse resultado frustrante e focar no prêmio milionário do Monster Energy Cup?

O quanto a frustração do Motocross das Nações pode afetar o desempenho deles?

Teremos todas essas respostas neste sábado.

 

Musquin em ação

Marvin Musquin é o atual campeão do Monster Energy Cup e, ao lado de Ryan Villopoto, é o único que já conquistou o desejado prêmio de 1 milhão de dólares, vencendo as três baterias do evento.

Que o prêmio de 1 milhão de dólares deixa qualquer piloto com sangue nos olhos, não resta a menor dúvida.

Mas todos nós lembramos o quanto Musquin ficou indignado com a sua não convocação para o Motocross das Nações deste ano.

O quanto essa indignação vai lhe deixar com mais sangue nos olhos e, o quanto ele será capaz de transformar essa indignação em desempenho, só saberemos neste sábado.

 

Estreia de Savatgy na 450

Joey Savatgy fará sua estreia na categoria 450 com a equipe oficial Monster Energy Kawasaki.

Savatgy teve uma carreira de destaque na categoria 250 (mesmo sem conquistar nenhum título) e, toda vez que um “ex-piloto” da categoria 250 estreia na 450, essa estreia sempre é cheia de expectativas.

Será que ele vai surpreender?

Olho vivo em Savatgy!

Kawasaki KX450F 2019 de Joey Savatgy, pronta para estrear no Monster Energy Cup 2018

 

Webb de equipe nova

Cooper Webb vai estrear pela equipe oficial Red Bull KTM neste sábado, no Monster Energy Cup.

Após desfrutar de uma carreira de sucesso na categoria 250, com a equipe Star Racing Yamaha (com dois títulos no AMA Supercross 250SX Costa Oeste e um título no AMA Motocross 250), Webb não conseguiu ter o mesmo desempenho na 450, com a equipe oficial Monster Energy Yamaha.

O Monster Energy Cup será sua corrida de estreia com a equipe oficial Red Bull KTM.

Será que veremos o desempenho do Webb dos velhos tempos da 250?

Cooper Webb e a Red Bull KTM. Pronto para reviver os velhos tempos da categoria 250?

 

Malcom Stewart confirmado

Se James Stewart ainda deixa seus fãs apreensivos com um possível retorno às competições (ou uma aposentadoria oficialmente não anunciada), ao menos o membro mais novo da família segue na ativa.

Malcom Stewart estará em ação com a equipe Smartop Bullfrog Spas MotoConcepts Honda.

Ele já estreou pela nova equipe no Supercross de Montreal, no Canadá, onde venceu as três baterias.

Malcom será a família Stewart no Monster Energy Cup 2018 neste sábado

 

Chad Reed com a JGR Suzuki

Chad Reed disputou a final do AMA Motocross 2018 em Ironman com a JGR Suzuki e surpreendeu ao finalizar no top 10 da categoria 450.

Reed e JGR não possuem nada oficialmente assinado para a temporada 2019, mas desde então ele vem treinando com a equipe e as corridas deste sábado no Monster Energy Cup podem ser um divisor de águas no futuro da carreira do veterano, que sempre está disposto a nos surpreender.

 

Villopoto está de volta

Aposentado desde 2015, Ryan Villopoto confirmou que irá disputar o Monster Energy Cup 2018, a bordo da nova Yamaha YZ450F 2019.

O tetracampeão do AMA Supercross venceu a primeira edição do evento em 2011, levando para casa o prêmio de 1 milhão de dólares, ao vencer as três baterias.

Villopoto garante que está apenas querendo se divertir, mas sua presença é fogo no circo com certeza!

Ryan Villopoto, vencedor do Monster Energy Cup 2011. Vem outra maleta de 1 milhão de dólares em 2018, agora com a Yamaha?