O que esperar da quinta etapa do AMA Supercross 2013, em Anaheim, neste sábado, 2

Yamaha

Ryan Villopoto, o favorito na 450 – Foto: Feld Motorsports

Chegamos a quinta etapa do AMA Supercross 2013 e parece questão de tempo para Ryan Villopoto assumir a liderança da 450 que é, surpreendentemente, de Davi Millsaps desde a primeira rodada.

RV2 venceu as duas etapas anteriores e parece ter recuperado o foco e a consistência que lhe faltaram em Anaheim 1. A pergunta “alguém poderá superar o piloto da Monster Energy Kawasaki?” voltou às rodas de bate-papo.

Neste sábado, 2 de fevereiro, o “circo” volta ao Angel Stadium, em Anaheim, local da primeira e terceira etapas. O estádio é como se fosse a “casa do AMA SX” e marca a penúltima corrida na Costa Oeste antes de partir para oito finais de semana na Costa Leste.

>>> Faça sua aposta no Bolão BRMX!
>>> Clique aqui para assistir treinos e corridas! – A transmissão dos treinos inicia às 20h. As corridas classificatórias começas à 1h30 da madrugada de domingo, 3, ambos pelo horário de Brasília.

Falando em conferência Leste e Oeste, a categoria 250 ganhou emoção com a vitória e liderança do alemão Ken Roczen, conquistadas há uma semana em Oakland. Eli Tomac, até então favorito ao título, precisa (e vai) correr atrás do prejuízo.

Para os brasileiros Jean Ramos e Balbi Junior será mais uma noite de batalha em busca do Main Event. Jean, aliás, só tem mais duas oportunidades antes que encerre sua participação no AMA desta temporada (a previsão é correr as seis etapas iniciais da 250). Balbi quer melhorar nos treinos cronometrados, para poder fazer melhores largadas e assim ter mais chances de estar entre os 20 que se classificam ao Main Event da 450.

– Os mais rápidos largam por dentro e acabam pulando na frente. Tenho que garantir uma posição melhor na largada para não ficar embolado. Foi o que aconteceu na última disputa, quando acabei caindo – disse através da assessoria de impresa durante a semana.

:: Veja como será a pista de A3

:: Curtas

– Jake Weimer está de volta após ficar fora da etapa anterior, em Oakland, por causa de uma pneumonia.

– Josh Hill estava programando sua volta em Anaheim 3 após sofrer lesão na etapa de abertura. Porém, sua mão machucada ainda não está 100% curada a ponto de competir. Talvez na próxima semana ele estará de volta.

:: Classificação

450SX
1) Davi Millsaps (Suzuki) – 85 pontos
2. Trey Canard (Honda) – 78
3) Ryan Villopoto (Kawasaki) – 77
4) Ryan Dungey (KTM) – 68
5) Chad Reed (Honda) – 65
6) Andrew Short (Honda) – 56
7) Jake Weimer (Kawasaki) – 47
8) Justin Brayton (Yamaha) – 42
9) Justin Barcia (Honda) – 41
10) Matt Goerke (Honda) – 39
11) James Stewart (Suzuki) – 38
12) Josh Grant (Yamaha) – 37
13) Broc Tickle (Suzuki) – 35
14) Kyle Chisholm (Yamaha) – 30
15) Mike Alessi (Suzuki) – 25
16) Vince Friese (Honda) – 24
17) Weston Peick (Suzuki) – 22
18) Kevin Windham (Honda) – 21
19) Matt Lemoine (Kawasaki) – 16
20) Jimmy Albertson (Honda) – 12

250SX
1) Ken Roczen (KTM) – 91
2) Cole Seely (Honda) – 80
3) Eli Tomac (Honda) – 76
4) Zach Osborne (Honda) – 58
5) Jason Anderson (Suzuki) – 52
6) Kyle Cunningham (Yamaha) – 49
7) Martin Davalos (Kawasaki) – 48
8) Christian Craig (Honda) – 47
9) Malcolm Stewart (KTM) – 45
10) Tyla Rattray (Kawasaki) – 45
11) Jessy Nelson (Honda) – 38
12) Joey Savatgy (KTM) – 38
13) Ryan Sipes (Suzuki) – 31
14) Austin Politelli (Honda) – 26
15) Max Anstie (Suzuki) – 26
16) Travis Baker (Yamaha) – 23
17) Jake Canada (Honda) – 21
18) Michael Leib (Honda) -16
19) Josh Cachia (KTM) – 12
20) Jean Ramos (Kawasaki) – 10

Yamaha