KTM renova contrato de Roger De Coster até 2016

Yamaha

O pentacampeão mundial de motocross Roger De Coster renovou contrato como chefe da equipe KTM nos Estados Unidos para mais três temporadas (2014, 2015 e 2016).

Contratado em 2011 pelo também ex-piloto Pit Beirer (hoje “chefão” da KTM Motorsports), De Coster tratou de, em 2012, contratar Ryan Dungey e levar seu “protegido” ao título do AMA Motocross (além de vitórias no SX), fazendo história para a marca alaranjada nos Estados Unidos.

– Roger tinha contrato válido (até final de 2013), mas era desejo de ambas as partes renová-lo antes do fim, para termos estabilidade. Os contratos dos outros membros da equipe também foram estendidos, bem como a parte de estrutura, oficinas e caminhões – diz Beirer.

– O trabalho continua. (Na KTM) É fácil de fazer as coisas, as decisões são tomadas de forma rápida e eu posso ter grande influência sobre a equipe e a moto. O nosso objetivo é lutar pelo título no supercross e no motocross – afirma De Coster.

De Coster encerrou sua carreira profissional de piloto em 1980, no GP de Luxemburgo, com vitória. É considerado, dentro da KTM, o responsável por influenciar na pilotagem “redonda” dos pilotos, além de ditar o ritmo dos treinos em alto nível.

Agora, tente imaginar algo ao menos parecido no Brasil. Contrato renovado antes de terminar? Equipe com planejamento de três anos? Parece piada.


:: Vídeo da FIM mostra imagens de De Coster


Yamaha