Jeffrey Herlings segue no Mundial de Motocross em 2019

Os que sonhavam ver Jeffrey Herlings no AMA Motocross terão que esperar mais um pouco

 

Jeffrey Herlings permanecerá no Mundial de Motocross em 2019.

Pelo menos é o que garante o site holandês nos.nl.

Segundo notícia postada esta semana no referido site, Herlings teve uma reunião com a KTM na Áustria, nesta quarta-feira, 20, onde foi tomada a decisão de mantê-lo na Europa este ano.

– No contrato de Jeffrey está incluído apenas o Mundial de Motocross. Disputar o AMA Motocross foi um desejo, uma ideia, no entanto, a KTM já tem dois ótimos pilotos lá, Cooper Webb e Marvin Musquin. Um terceiro piloto causaria uma rivalidade desnecessária. Preferimos vê-lo ao lado de Tony Cairoli no Mundial. Conhecemos o ímpeto de Jeffrey e não queremos correr riscos. Ele cometeu erros no passado e achamos que devemos protegê-lo contra ele mesmo – disse o diretor esportivo da Red Bull KTM, o ex-piloto belga Joel Smets.

Depois que Herlings perdeu a rodada de abertura do campeonato na Argentina por causa de uma lesão no pé, sofrida durante um treino de pré-temporada em janeiro, começaram a circular rumores de que ele poderia disputar o AMA Motocross 2019 (relembre aqui).

Na próxima segunda-feira, 25, Herlings viajará para a Bélgica, para fazer radiografias em seu pé.

De acordo com Smets, a expectativa é de que ele retome os treinos com moto em abril, mas uma data certa do seu retorno ao campeonato segue descartada por enquanto.

O GP da Inglaterra em Matterley Basin, segunda rodada do Mundial de Motocross 2019, acontece neste fim de semana, 23 e 24.