Jean Ramos conta detalhes da corrida em Anaheim 1

Yamaha

:: Veja como será a pista em Phoenix, no próximo sábado, 12

Dois dias após fazer uma estreia de alto nível para um brasileiro no AMA Supercross, Jean Ramos respondeu a três perguntas do BRMX falando deste primeiro desafio nas Terras do Tio Sam.

Apenas uma semana separa uma etapa da outra e Jean precisa fazer uma análise rápida do que aconteceu em Anaheim para estar melhor em Phoenix, Arizona, no dia 12.

Restam cinco rodadas para o brasileiro nos Estados Unidos, e o objetivo segue: estar em todos os Main Events e ser, o mais breve possível, um dos 15 melhores da classe 250SX.

Leia o que disse o curitibano!

BRMX: Jean, gostaria que você contasse com detalhes como foram os 20 segundos de fama, quando você estava no pelotão de frente, brigando com os caras…
Jean Ramos: Foi demais! Me veio um filme na cabeça. Lembrei da abertura do ano passado, só que desta vez, falei pra mim mesmo que não iria cair na primeira curva. Quando vi, estava na quarta posição. E depois de uma sequência, era o segundo por alguns metros. A maior dificuldade foi manter a concentração, pois sabia que havia um pelotão atrás de mim querendo o meu lugar. Só fui saber a proporção que minha corrida tinha tido na TV, depois. Foi muito bacana.

BRMX: E aquelas duas posições no final da classificatória. Como conseguiu? De onde vieram tantas forças?
Jean Ramos:
Eu não sabia qual era a minha posição, já que muitos pilotos haviam passado. Mas não esqueci que andei entre os top 5, então sabia que faltava duas voltas e puxei o ritmo. Acertei duas voltas perfeitas. Na última, meu irmão me avisou que o nono colocado estava dois segundos na minha frente. Me concentrei ao máximo e dei tudo de mim. No final da volta já estava colado nele. Tentei um block pass, mas não deu certo, e na outra curva dei um X e saí na frente. Já estávamos próximos da chegada e eu sabia que a vaga era minha. Foi só correr pro abraço.

BRMX: Qual será o foco da preparação para a segunda etapa? O que você sentiu que precisa melhorar?
Jean Ramos:
Preciso evoluir minha velocidade nas primeiras voltas, pois aqui é muito puxado o começo de prova. E (preciso melhorar) um pouco a parte física. Muitas coisas estão bem melhores do que o ano passado. A estrutura que tenho graças a Escuderia X Motos e meus patrocinadores está excelente, mas não posso perder o foco, pois cada minuto aqui é muito disputado. Não quero perder nenhum Main Event até San Diego. A ideia é continuar treinando voltas rápidas e muita largada.

:: Veja o vídeo que mostra toda corrida de Jean (cortesia Jefferson Coelhinho)

:: Para ver Jean no topo, passe até 6min45s e assista!

Yamaha