Já começou a “Silly Season” do AMA Supercross e AMA Motocross 2020

Yamaha

Sequer caiu o gate para a primeira etapa do AMA Motocross 2019 e a chamada “Silly Season” (temporada das especulações) 2020 já começou.

E como tudo no esporte é baseado em meritocracia (será?), este período de negociações segue o mesmo padrão todos os anos: as coisas acontecem de cima para baixo, ou seja, os pilotos tops possuem a preferência nas negociações, são os primeiros na fila das oportunidades.

Uma vez que as equipes acertam a contratação (ou renovação) destes caras, chega a vez dos pilotos intermediários, que ficam com as vagas que sobraram. E por fim, os pilotos do último pelotão lutam, esperançosos, pelo que restou de vagas deixadas pelos pilotos intermediários!

Parece loucura, mas agora, apenas no mês de maio, a maioria dos pilotos tops já estão com o seu futuro definido para a próxima temporada, o que significa que neste exato momento são os pilotos intermediários que estão tentando garantir uma boa oportunidade para 2020.

O caso que melhor exemplifica esta situação é o da equipe oficial de fábrica HRC Honda. Na final do AMA Supercross 2019 em Las Vegas, Ken Roczen renovou com a equipe por três temporadas. Mas quem disse que Cole Seely também está com o seu futuro garantido? Será que Roczen terá um novo companheiro de equipe em 2020?

Vejamos a seguir mais algumas situações definidas (ou quase definidas):

 

Marvin Musquin

Cooper Webb tem contrato de dois anos com a Red Bull KTM. Mas o contrato de Marvin Musquin termina no final do AMA Motocross 2019. A julgar pelos comentários dos fãs em sites gringos e nas mídias sociais, parece que a expectativa é de que a equipe procure outro piloto para o seu lugar. E para complicar ainda mais a situação do francês, Webb acabou de ser campeão do AMA Supercross na categoria 450SX.

O que pode frustrar as expectativas da internet é que, mesmo que Musquin esteja sem conquistas de títulos na 450 (tanto no supercross como no motocross), as opções de um substituto a sua altura são praticamente inexistentes. Ou alguém saberia apontar um piloto do nível do francês para substituí-lo?

E a própria KTM sabe que as temporadas do AMA Supercross e AMA Motocross são longas, cheias de altos e baixos, tudo pode acontecer. Se algo de ruim acontecer com Webb e ele ficar fora da disputa pelo título, Musquin com certeza tem plenas condições de ser campeão.

Aliás, o próprio título de Webb no AMA Supercross deste ano exemplifica a inconsistência que os pilotos podem ter ao longo do campeonato. Alguém apostava nele no início da temporada?

– Estou trabalhando nisso (na renovação) e sei que tenho muito apoio da Red Bull KTM. Esse ano completo 10 temporadas de KTM. Então é algo muito especial e eu estou muito feliz. Estou ansioso pelo futuro. Eu realmente não me vejo em nenhuma outra equipe – disse Musquin em Las Vegas.

 

Marvin Musquin

 

Eli Tomac

Como era de se esperar, a Monster Energy Kawasaki anunciou nesta quarta-feira, 15, a renovação de contrato com Eli Tomac por várias temporadas.

– Estou entusiasmado em continuar o relacionamento com a Kawasaki. Sinto que temos uma excelente equipe, uma excelente moto KX450F e um objetivo comum de ganhar corridas e campeonatos. Estou ansioso para começar esta temporada do AMA Motocross em alta com a equipe – disse Tomac, no comunicado oficial.

 

Eli Tomac

 

Joey Savatgy e Adam Cianciarulo

Aqui está a panela de pressão da equipe. Savatgy tem contrato até o final desta temporada, mas seu desempenho surpreendente no AMA Supercross, logo em sua estreia na 450SX, podem ter lhe rendido vários créditos para uma possível renovação.

Bastaria apenas repetir o desempenho no AMA Motocross para que esta renovação de contrato se confirmasse. Mas veja bem, eu disse bastaria. Savatgy tem que conviver com a sombra de Adam Cianciarulo, que no ano que vem sobe para a categoria 450 e, conforme os cenários indicam, tem a preferência da equipe nesta situação.

Neste caso, Savatgy estaria fortemente cotado para ser o novo companheiro de Roczen na HRC Honda em 2020 (para onde iria Cole Seely?), embora muitos fãs da equipe sonhem em ver um “Dream Team” com Roczen e Cianciarulo a bordo da CRF450R.

Mas o mais provável é que Cianciarulo vista verde em 2020 e Savatgy vermelho.

 

Adam Cianciarulo
Yamaha