David Millsaps fala sobre a vitória em Anaheim 1

Yamaha

Depois de surpreender a todos e vencer a etapa de abertura do AMA SX 2013, em Anaheim, no último sábado, 5, David Millsaps conversou com o pessoal da norte-americana RacerX.

O BRMX traz a seguir os melhores trechos desta entrevista. Para ler a original, em inglês, clique aqui.

Foi uma corrida e tanto…
David Millsaps:
Foi divertido, com certeza. Trey (Canard) e eu brigamos o tempo todo. Eu não abri vantagem e ele não deixou que eu fizesse isso. E quando ele me passou, eu fiquei muito frustrado. Mas me mantive lá. Encontrei bons traçados, que eu não estava utilizando antes, e assim consegui a ultrapassagem de volta. Foi legal.

Geralmente quando se perde a liderança, é definitivo. Você planejava buscar. Ainda tinha gás pra isso?
David Millsaps:
Sim. Pilotei na pressão na liderança por muito tempo. Fiquei um pouco nervoso, especialmente depois de fazer o holeshot e liderar a maioria das voltas. Tinha gás. Só tive que me acalmar, achar bons traçados e buscar a ultrapassagem.

Antes da corrida, as apostas eram todas em outros caras.
David Millsaps:
Eu não estava nas apostas, não estava na coletiva de imprensa, não estava em nenhum lugar. Fui deixado de lado. Acho que é porque todo mundo pensa que o time que estou agora é um “time B”, mas acho definitivamente que é “time A”, bom como qualquer outro, ou até melhor.

Você não ganhava uma corrida há três anos.
David Millsaps:
Foi um período difícil por causa das lesões. Perdi meu rim em 2010 e em 2011 machuquei meu joelho algumas vezes. Tive que ser operado nas duas pré-temporadas, o que prejudicou minhas temporadas. Na metade do verão passado, a Rockstar Energy Racing me contratou e pilotei muito desde então. Eles me deram um programa de treinos, e todo dia, mesmo “puto” com isso, eu treinei muito. Veio a recompensa.

Agora você não pode “deixar a peteca cair” na próxima semana. Terá que provar outra vez.
David Millsaps:
Provar novamente talvez seja a parte mais difícil. Vou fazer a mesma coisa: baixar a cabeça e treinar muito. É ainda mais motivador. Vou treinar mais, trabalhar mais duro, comer ainda mais saudável e ir para a corrida pensando no pódio.

Desde os primeiros treinos, você estava compenetrado e agressivo. É a moto? É você? É o time?
David Millsaps:
Tudo. O time é sensacional. Scott, da Showa, está preparando minha suspensão e eu não tenho como agradecê-lo tanto. O time tem sido positivo, confiante, solidário e tem me levado para a direção certa. O mesmo com Yogi (ex-piloto, Ezra Lusk, que tem sido uma espécie de treinador). Ele sempre acreditou em mim, nunca desistiu de mim. E todos esses caras estava aqui, na minha primeira vitória com o novo time, inclusive meu filho Dane.

É o primeiro supercross que ele foi, certo?
David Millsaps:
Certo. Primeira vez que ele foi, eu ganhei.

Nos anos anteriores existia um papo de que você estava perdendo peso antes das temporadas, e agora você parece em forma. O que aconteceu?
David Millsaps:
Apenas comendo certo, treinando certo. Pete, meu personal trainer, tem me ajudado muito. E Ezra me cobra muito. Todo dia ele fala: “você deveria estar naquela moto!”. Todo mundo falando isso a toda hora, motiva.

Yamaha