Cole Seely anuncia sua aposentadoria das corridas

Yamaha
Cole Seely

 

Após 11 temporadas profissionais, Cole Seely tomou a decisão de se aposentar. O piloto da equipe HRC Honda anunciou oficialmente a sua retirada das corridas profissionais nesta quinta-feira, 1º de agosto, através de uma nota oficial da equipe. O piloto de 29 anos disputou 16 rodadas do AMA Supercross 2019, conquistando três vitórias em Heat Races (classificatórias) e terminando em 7º na classificação da categoria 450.

No AMA Motocross 2019, fez 14º, 10º e 11º respectivamente nas três primeiras rodadas do campeonato, até que sofreu uma lesão no ombro durante os treinos da quarta rodada em High Point, que o tirou do campeonato. Foi sua primeira lesão desde a rodada de Tampa do AMA Supercross 2018, quando errou uma sessão de encaixes e sofreu uma fratura na pelve e no cóccix.

– Esses dois últimos anos foram muito difíceis”. A lesão do ano passado foi grave e muito difícil para mim, tanto mental quanto fisicamente. Eu lutei muito para voltar nesta temporada, mas foi muito mais desafiador do que eu esperava. Agora, com esta recente lesão no ombro, é apenas mais um revés. Esta decisão definitivamente não foi fácil, mas acho que é a escolha certa. Fico grato por ter tido a oportunidade de fazer algo que eu amava desde criança. Sou grato pelo apoio dos meus fãs e muitos patrocinadores ao longo dos anos. Eu gostaria de agradecer especialmente à Honda, que esteve junto de mim durante toda a minha carreira, me apoiando nos altos e baixos. Fico grato por ter sido parceiro de uma marca tão grande. Estou ansioso para este próximo capítulo e para ver onde o futuro me levará – disse Seely, no comunicado oficial da equipe.

Seely se tornou profissional em 2009, estreando na rodada de Phoenix do AMA Supercross daquele ano, onde terminou em 11º lugar na região Oeste da categoria 250SX. Em 2011, venceu seu primeiro Main Event, em Los Angeles, além da rodada em Seattle. Seu melhor desempenho foi na temporada 2014, quando terminou em 2º na região Oeste da categoria 250SX. Ele venceu cinco Main Events do AMA Supercross nesta mesma categoria, antes de subir para a 450SX.

Em 2015, Seely disputou sua primeira temporada completa na 450SX, vencendo seu primeiro e único Main Event em Houston. Ele terminou em 3º no campeonato daquele ano, seu melhor desempenho na 450SX. Após sua primeira temporada completa nesta categoria, recebeu o prêmio de estreante do ano da 450SX em 2015.

No AMA Motocross, seu melhor resultado numa rodada e numa temporada foi em 2017: 3º em Unadilla e 5º na classificação final do campeonato. Também em 2017, foi membro da equipe dos Estados Unidos no Motocross das Nações.

Yamaha