Caboclo louco, incrível Hulk e as Tartarugas Ninjas de Daytona

Yamaha

topoblogcaboclo

Buenas! Buenas! Faz tempo muito tempo que eu estou longe de casa! Assim canta Belchior. Assim digo eu depois de ficar ausente por algumas semanas. Mas, vamos lá!

Daytona detona na azeitona do óleo de mamona da kawaka e das kawakinhas!

Mas primeiro… o que dizer do moleque Mike Alessi? Ah Lelessi lessi leke! Chegou chegando no Tickle na oitava etapa, e em Daytona caiu na primeira curva e ficou por ali mesmo. Ainda acredito na regra do aqui se faz, aqui se paga. Ou seria aqui se derruba, aqui se cai!

Se ele estivesse na tropa de elite do MX, levaria uns safanões, seria chamado de moleque, e ouviria um “pede pra cair”!


E o Bubba? Azaradessi ele, hein? Tava botando fé nele nesse ano, mas pelo jeito, a coisa anda tão ruim no seu horóscopo haha, que nem eu tentando usar do meu poderoso pé-frio no Bolão BRMX, não apostando nele, na esperança de que vencesse algumas, não vai pra frente.

No resto do tempo, quando não se desconcentra e erra, tem azar. Nessa etapa o azar dele tem nome: Mike Alessi. Azaressi o do Bubba de ficar perto do Strikeressi.

Enquanto isso, na sala de justiça! Ah, não era bem na sala de justiça, mas na pista, bródi do Bubba, MALcolm Stewart, até que estava indo BEMcolm, até que não aguentou a pedreira do alemão da KTM 94 e depois acabou indo parar na Barcia.

Isso mesmo! Não foi dentro da bacia, mas foi em cima do Barcia.

Se existisse premiação para capotes de duplas, certamente Justin Barcia e Malcolm Stewart venceriam, pois a queda foi até bonita de ver, dada a simetria de movimentos, ainda que desengonçados, como todo tombo. A sincronia era tanta, que até na hora de levantar os dois pareciam ter combinado os movimentos.

Suas máquinas, no entanto, não pareciam se entender, mais parecendo que a moto do Malcolm, fervendo de calor, e no ardor do momento, queria montar na do Barcia. Ou será que a Honda do Bubba’s Bródi tava mesmo era com sede e quis beber a Caninha 51 do adversário? Se liga, Petrobrás! Vai pro AMA SX que os motores, pelo jeito, estão querendo álcool!

Resultado disso tudo? “Bubbinha” terá que pagar uma multa de 5 mil dólares à AMA (Associação Americana de Motociclistas) por ter empurrado Barcia depois do tombo!

Quê que é isso! É azar desses Stewart! O BRMX bem que poderia mandar um sal grosso pra família toda!

No mais, Dungey não se cagungey dessa vez. Acho que andou lendo o BRMX e criou sangue nos zóio e foi pra cima! Ou só quis evitar areia neles e achou por bem não ficar na roda de ninguém. Quando vi o numeral 15 lá na frente pensei “caraça! O Elton Becker tá mandando ver no AMA SX!”. Mas era Dean Wilson. O Senhor Wilson perdeu a posição para Dungey, o Pimentinha! haha

Mas Dungerous Dungey não conseguiu amedrontar Roczen, que, zen como sempre não se desconcentrou e foi pedreira de encarar. Manteve a segunda colocação – na etapa, pois na classificação geral, seu colega da KTM 5 ainda está na vice-liderança.

E o Villopoto? Posso dizer que está mais tênis pé do que nunca! Não deu chance nem para o medo do perigoso Dungey, nem entrou na onda zen Rock n Roll do alemão. Até caiu um tombinho, mas parece ter sido só pra não esquecer de lembrar que no SX, o chão é o limite! Resultado: Primeirão, pra alegria do Bolão!

Na 250 as Kawasaki saíram que saíram kawando tudo e daytonando a areia da pista! Cianciarulo, Baggett e Davalos pularam na ponta e a brincadeira foi interna da equipe, que apenas alternou as posições, que parecem ter sido organizadas em ordem alfabética: B, C, D.

Ver a Kawa #4 na primeira posição me fez lembrar dos tempos do Carmichael, guardadas as devidas e enormes proporções.

Fiquei pensando mesmo foi no numeral 12, James Decotis, que, apesar do nome, não mostrou muita coisa…

Fato é que alguns personagens sairiam felizes de Daytona, afinal a noite foi verde. Imagino a felicidade do Hulk, do Lanterna Verde, Besouro Verde, Arqueiro Verde, Mestre Yoda, Tartarugas Ninja e o Power Ranger Verde. Sem contar o Shrek, Blanka, O Máscara, O Grinch e o João, aquele do pé-de-feijão. Que festa teria feito essa turma!

Realmente, Daytona Detona!

Abraço e até a próxima!

Caboclo

Yamaha