Caboclo Louco dá a dica! Assista a quinta etapa do AMA Supercross neste sábado, 31

Yamaha

topoblogcaboclo

NOTA DA REDAÇÃO: as viagens do Caboclo relembram como foi a quarta etapa do AMA SX, e chegam nesta sexta-feira para convidar você para assistir ao AMA Supercross neste sábado, 31, ao vivo! Acesse ESTE LINK e veja treinos e corridas a partir das 18h50!

>>> Assista ao AMA SX ao vivo!
>>> Veja a classificação do campeonato!

 

Ministério do Recalque adverte: o texto abaixo serve para rir 😀

predador_caboc

 

Que etapa! Que etapa! Era o que pensava em voz alta enquanto assistia às baterias de Oakland, no fim de semana passado. Estava pensando em deixar para abrir esta boca que só fala besteira depois da próxima etapa (que acontece neste sábado, 31), mas o final de semana foi tão espetacular que merece um comentário especial, ainda que rapidinho.

Rapidinho mesmo está a CONEXÃO do Cooper Webb, que de cooper pouco tem. Tá mais para Usaim Bolt, com banda larga e muitos MB haha. Não venceu a etapa, mas se observar, era o cara mais rápido na pista, ficando para trás (segundo lugar seria para trás?) por contratempos com adversários.

Tyler Bowers e ele se encrencaram de novo, e Tyler saiu balançando a cabeça. Não sei se tonto do choque de capacetes ou se pensando “que porcaria, foi sem querer…”

Não sei não, mas na destrambelhada opinião deste que vos fala, este será o ano em que Webb encontrará o céu na 250, numa versão SX da Skynet e, a não ser que venha algum vingador do futuro, está um passo a frente dos demais.

Webb passou o salto da chegada e, nos boxes, era visível sua frustração. Será que, pensando na vitória, que poderia ser sua, estava tocando em sua cabeça a música tema do Exterminador do Futuro, com axl gritando “you could be mine”, e slash moendo a guitarra?

Nunca saberemos. Mas não se pode duvidar.

 

E o Malcolm, com seu cabelo de Predador, não teve piedade dos adversários! Andou muito! Acelerou demais! Sentou a Pua, como dizia o lema dos soldados brasileiros na Segunda Guerra Mundial! Sábado passado, certamente deixou orgulhoso seu irmão, e andou veloz como o Bubba, mas sem errar.

Juro que pensei em apostar nele no Bolão. Para o bem dele, não apostei. Sou reconhecidamente pé frio. Ano passado até havia uma espécie de apostas-pé-frio-zicadoras de minha parte, mesmo que involuntárias.

malcolm_predador
Predalcolm ou Malcolmdor?

 

Terá sido este o motivo do erro do Roczen? Vendo a etapa, na hora que ele foi beijar o guidão, pensei “hmm, ziquei o cara”. Mas além de pensar nisso, o que me ocupou boa parte dos processadores neuro-cerebrais foi imaginar o que ele estava olhando / procurando e para onde estava direcionando seu pensamento quando, no meio do salto em que caiu, ficou olhando meio para baixo, meio par a trás.

Na hora, pareceu que ele estava pensando algo como “onde estou? Já foi o triplo?”, ou “de onde eu saí mesmo?” e quando olha para frente se depara com a recepção do triplo bem na sua frente, inevitável. Nesta hora será que pensou “é, tinha mais um pedaço do triplo”?

Fato é que caiu feio e não se machucou sério porque… não sei o porquê, mas mostrou que é de PEDRA mesmo, o tal Roczen (haha), pois ficou ali se contorcendo de dor por uns instantes, mas voltou à pista e terminou em 16º, marcando 5 preciosos pontos.

Mas além da pontuação, há uma vitória moral, creio, que mostra para os adversários: não vai ser fácil dinamitar Roczen, que nesta etapa está mais para Rock que para Barbie!

A photo posted by Ken Roczen (@kenroczen94) on

 

E, com o perdão do trocadalho, Canard estava voando mais que CANARINHO e derreteu o queijo CHEDDAR Reed, que terminou em terceiro, andando muito bem também. Errou em um salto, e perdeu a posição para Dungey, que vinha forte, mas sem arriscar. Se deu bem.

Falando em Dungey, ele poderia ser o Ryan “Beirada” Dungey, pois é assim que ele alimenta sua pontuação: vindo pelas beiradas, e chegando ao centro. Terminou em segundo, mas seu numeral terá fundo vermelho na próxima etapa! “Dungerous!”, devem pensar os adversários…

Baggett.. nem sei o que dizer! Casca grossa e miolo mole, esta baguete? O resultado, com ele na 7º colocação, com numeral 4, colocou duas referências numéricas de grandes pilotos na sequência. Será que isto pode inspirá-lo a arriscar como o #7 Bubba e fazer mais justiça ao #4 que leva estampado em sua moto? Espero que sim.

O que mais para dizer desta etapa, mais eletrizante que Itaipu? Melhor que dizer, seria rever as baterias das finais! Que Etapa! Que Etapa!
E que venha a próxima corrida, para vermos a chapa esquentar ainda mais! Agora me veio à mente a seguinte questão filosófica: neste esporte, seria bom ou ruim ser pipoqueiro? Afinal, pipocas saltam muito! Hahaha depois desta, melhor parar por aqui mesmo.

Grande Abraço!

Caboclo.

 

O Bonus Track é sério desta vez. Assista a próxima etapa nas janelas abaixo!

:: Treinos a partir das 18h50

 

:: Corridas a partir da 1h da madrugada

Yamaha