BRMX Tips para a 11ª etapa do AMA SX’14, em Detroit

Greektown_Ford Field_Vito Palmisano
Ford Field Stadium é o local da corrida neste sábado – Foto: Divulgação

 

BRMX Tips apresenta abaixo os detalhes para a 11ª etapa do AMA Supercross 2014, que acontece neste sábado, 15, em Detroit, Michigan.

A rodada marca também a quinta etapa da Costa Leste na 250 e a volta da cidade ao circuito, já que Detroit não recebia uma prova do campeonato desde 2008.

>>> Faça sua aposta no Bolão BRMX!

Acompanhe!

 

Transmissão em VT

Sem dar muitas explicações, a organização do campeonato anunciou que as provas de Detroit NÃO serão transmitidas ao vivo, mas em VT.

Por isso, a transmissão começará apenas à meia-noite e meia de sábado para domingo pelo horário de Brasília. Os treinos sim, estes serão ao vivo na internet. Eles começam às 15h pelo horário brasileiro.

As provas começam às 20h30, portanto, quando a transmissão começar à meia-noite e meia, você provavelmente já saberá os resultados.

>>> Acesse aqui para ver os treinos ao vivo e o VT das corridas!
>>> Veja a classificação do campeonato!

:: Mapa virtual da pista

 

Terreno desconhecido

Um ponto interessante a ser observado. Há seis anos Detroit não recebe corrida, então o terreno pode ser diferente de qualquer coisa que os pilotos esperam. Um chão mais macio ou mais duro pode fazer toda diferença em qualquer corrida de motocross/supercross. Aquele que se adaptar mais rápido, levará vantagem.

 

Eli Tomac fora de novo

Eli Tomac em pré-temporada

O piloto da Honda está fora de mais uma etapa por causa da lesão no ombro. Durante os treinos em Daytona, Tomac caiu e agravou a lesão sofrida na primeira etapa do campeonato. Não tem previsão de retorno.

 

LaMay de volta

Após sofreu várias lesões antes da abertura do campeonato, Ben LaMay é um dos pilotos confirmados para Detroit. Ele fará sua estreia na temporada, correndo pela Yamaha CycleTrader Rock River (a mesma de Kyle Chisholm) na 450. Chisholm, por outro lado, fica fora de mais esta depois da sua queda na semana que antecedeu Daytona.

 

250 da Kawasaki

SXonline - Daytona (1)
Cianciarulo segue líder – Foto: Feld Motorsports

 

Daytona marcou a metade da competição na Costa Leste. Até agora, somente Justin Bogle (GEICO Honda) foi capaz de tirar um piloto da Pro Circuit Kawasaki do pódio, e fez isso duas vezes, em Atlanta e em Indianápolis. Talvez seja ele o único capaz de vencer uma corrida além do trio Cianciarulo, Davalos e Baggett. Mesmo sem fazer as “melhores largadas do mundo”, Bogle esteve no TOP5 em todas as quatro etapas da categoria. Será que está chegando a hora dele?

 

450 em aberto

06032014-ktm-cudby (1)
Largada da 450 – Foto: Cudby KTM Images

 

Veja que interessante: as quatro etapas da Costa Leste tiveram vencedores diferentes. Desde Arlington, no Texas, James “Bubba” Stewart, Ken Roczen, Ryan Dungey e Ryan Villopoto vencerem, cada um, nesta ordem, uma etapa. Esta ordem é também a mesma dos quatro primeiros, de trás para frente. Bubba é o quarto no campeonato, Roczen o terceiro, Dungey o segundo e Villlopoto o primeiro.

Bubba talvez já esteja fora da briga pelo título, principalmente pelos vacilos em Indianápolis e Daytona. Agora ele está mais de 50 pontos atrás de Villopoto, o que quer dizer que para se IGUALAR ao atual campeão, precisaria vencer duas e RV ficar fora de duas. Mas Roczen e Dungey ainda podem roubar a cena.