Balbi Junior pede agilidade no desfecho sobre a participação brasileira no Motocross das Nações 2012


Piloto mais experiente do provável time se diz em ‘sinuca de bico’ quando o assunto é MXoN 2012 – Foto: Mau Haas / BRMX

O principal piloto brasileiro convocado para o Motocross das Nações 2012, Balbi Junior, revelou ao BRMX que pediu à CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo – que a participação do Brasil na competição seja definida ainda nesta quarta-feira, 29.

Restam 30 dias para a abertura da principal competição do MX mundial, que acontecerá em Lommel, na Bélgica, e Balbi teme que o tempo fique curto demais para o Brasil fazer uma corrida no mínimo razoável.

O piloto minero aguarda a resposta dos demais pilotos convocados – Dudu Lima e Marcello “Ratinho” Lima –, que esperam pela viabilização de suas participações.

Balbi ganhou “carta branca” de seu maior patrocinador, a Pro Tork, e por isso já tem encaminhada a contratação de uma estrutura europeia para correr o Nações.

– Estou em uma sinuca de bico, com uma expectativa esquisita. Sei que o Gui (pai de Dudu e Ratinho e chefe da equipe EMG Racing Kawasaki Rinaldi) não tem culpa de nada, que ele está batalhando muito para viabilizar a ida dos dois pilotos, que a “batata assou” na mão dele. Mas esta demora em definir atrapalha o planejamento – declara Balbi.

– Os prazos estão vencendo. Eu tinha feito contato com duas estruturas. Uma delas já me avisou que não dá mais e o prazo da outra está esgotando, eles querem o pagamento. O prazo das inscrições também. Por isso falei com o Firmo (Alves, presidente da CBM) e pedi que fosse definido até hoje à noite. Eu preciso da resposta, se não vou abrir mão da minha vaga – avisa.

Balbi justifica sua preocupação com a ideia de que é necessário estar na Bélgica pelo menos dez dias antes do MXoN para treinar em condições semelhantes às que serão encontradas em Lommel.

– Se não for pra ser bem feito, eu não vou. Quero sair de Dourados (Mato Grosso do Sul, onde ocorre a última etapa do Brasileiro de MX no dia 9 de setembro) e ir direto para a Bélgica – planeja.

– Não seria prudente chegar lá na semana e correr naquela pista. Ela é muito diferente de tudo que um piloto já enfrentou. Já andei lá, e depois de duas ou três voltas estava ofegante. Exige muito. Não tem nada a ver com a areia de Aracaju, por exemplo – compara.

– Acredito que se formos na semana anterior à semana do Nações, a pista de Lommel ainda estará aberta para treinarmos nela, o que seria excelente. É necessário fazer acertos, principalmente de suspensão, para aquele terreno – ensina.

– Além disso tudo, é necessário ver hotel, passagem, e todas essas coisas, que com o passar dos dias mudam de preço, ficam mais difíceis de se conseguir – alerta.

O BRMX tenta contato com os irmão Lima há três dias, porém, até a publicação desta matéria, não obteve respostas. O presidente da CBM, Firmo Alves, acredita na participação brasileira.

– Acredito que vai dar certo, até porque alguns patrocinadores já sinalizaram positivamente. Mas eu não posso dar a resposta final. Vai depender deles. Acredito que logo saberemos – conta Firmo.

O Brasil no MXoN 2012
>>> CBM convoca pilotos brasileiros para o MX das Nações
>>> Honda e Pro Tork sinalizam positivamente sobre MXoN 2012
>>> Pilotos Honda estão fora do Motocross das Nações
>>> Jean Ramos e Dudu Lima são convocados para MXoN
>>> Jean Ramos, da Escuderia X Motos, está fora do MXoN
>>> Equipe EMG tenta viabilizar participação de Dudu e Ratinho no MXoN