AMA SX 2020: piloto francês sofreu grave acidente na rodada de Tampa

Yamaha
Brian Moreau, momento antes de acidentar-se no primeiro treino livre da sétima rodada do AMA Supercross 2020 em Tampa

 

A sétima rodada do AMA Supercross 2020, disputada no sábado, dia 15, em Tampa na Flórida, tinha tudo para ser inesquecível para o jovem francês Brian Moreau, de apenas 17 anos de idade, piloto da equipe Troy Lee Designs Red Bull KTM na categoria 250SX Costa Leste.

Ele estava fazendo sua estreia no AMA Supercross, mas sofreu um grave acidente na primeira sessão de treinos livres do sábado, o que resultou numa lesão ainda mais grave, que acaba colocando em dúvida o futuro de sua carreira no esporte.

Moreau caiu na última sessão de saltos. Sem conseguir sair da pista, foi socorrido pela equipe médica do circuito, e logo em seguida transportado de ambulância para um hospital próximo, onde foi internado e passou por uma cirurgia.

Na manhã do domingo, a família de Moreau divulgou uma nota (originalmente publicada em francês) explicando que ele havia sofrido uma fratura numa das vértebras cervicais (pescoço) e que a cirurgia foi feita logo na sua chegada ao hospital, para estabilizar a região fraturada (informações que foram confirmadas em nota divulgada pela KTM na segunda-feira, 17).

Moreau segue internado no hospital em Tampa, e vai permanecer na unidade de terapia intensiva até que toda a gravidade da lesão (principalmente se houve danos à medula espinhal) seja esclarecida nos próximos dias.

Moreau em ação no treino que quase lhe custou a vida

 

A atualização mais recente foi uma carta divulgada pelo pai do piloto nas mídias sociais, confira a tradução:

Gostaria de agradecer a todos por cuidarem de Brian. Antes de mais nada, gostaria de dizer que Mathilde Musquin tem sido incrível nesse momento tão difícil. Ela está gerenciando a situação com muito cuidado. Ela é o anjo da guarda de Brian. Marvin também está muito preocupado com ele. Foi vê-lo no hospital e deu muito apoio. Além disso, a equipe Troy Lee Designs Red Bull KTM também está nos dando muito apoio. Tyler Keefe, chefe da equipe, está junto com Brian o tempo todo. A mãe de Brian chegou em Tampa na noite de segunda-feira, junto com a irmã mais nova dele. Nosso filho está cercado por entes queridos. Sobre o hospital em que ele está internado, o pessoal da equipe médica foi muito atencioso desde sábado. Antes mesmo dele chegar ao hospital, os médicos já estavam esperando por ele, sabendo exatamente qual era a gravidade da sua lesão. Brian era prioridade para eles. Eles até limparam a sala de tomografia computadorizada para poder iniciar a cirurgia o mais rápido possível. Ele está acordado, mas ainda sem o movimento das pernas, embora tenha ganhado um pouco de sensibilidade nas costas em relação a ontem. Isso nos dá esperança. Todos nós estamos ao lado dele e acreditamos na recuperação dele.

Moreau mudou-se para os Estados Unidos durante a pré-temporada, mas já era considerado um piloto experiente no supercross europeu, sendo que nas últimas temporadas disputou o Mundial de Motocross na categoria MX2.

Seu bom desempenho no supercross europeu chamou a atenção da equipe Troy Lee Designs Red Bull KTM, que decidiu contratá-lo junto com outros dois novatos, Derek Drake e Pierce Brown.

Embora seja jovem (menor de idade inclusive), Moreau mudou-se sozinho para os Estados Unidos, sendo acolhido na casa do casal Marvin e Mathilde Musquin, que também são franceses.

Sequência de fotos mostram o socorro ao piloto na pista, logo após o acidente

 

 

Yamaha