AMA SX 2019: o que esperar da 5ª etapa em San Diego

AMA Supercross desembarca em San Diego neste sábado, 2 de fevereiro, para a 5ª etapa da temporada 2019

 

O AMA Supercross desembarca neste sábado, 2 de fevereiro, em San Diego, para a 5ª etapa da temporada 2019 nas categorias 450SX e 250SX Costa Oeste.

As corridas iniciam à 1h da madrugada de domingo, 3, pelo horário de Brasília.

Será a despedida do campeonato da Califórnia, já que esta será a última corrida de 2019 no estado considerado a terra do motocross nos Estados Unidos.

A prova acontece no Petco Park, estádio localizado no coração de San Diego, bem no centro da cidade.

Os fãs podem caminhar até bares e restaurantes antes e depois das corridas, o que dá ao evento uma vibe diferente.

Existem alguns inconvenientes como estacionamento por exemplo, mas no geral, a localização é ótima.

 

Volta Virtual em San Diego

 

Perguntas que precisam de respostas

– Cooper Webb conquistou duas vitórias consecutivas. Ele será capaz de manter o mesmo ritmo e desempenho das duas últimas etapas?

– O que está acontecendo com Eli Tomac?

– Por que Ken Roczen parecia cansado no final do Main Event em Oakland?

– Até onde pode chegar o desempenho e os resultados de Chad Reed?

– Quantos pilotos terão chance de brigar pelo título na categoria 250SX Costa Oeste?

 

Eli Tomac ainda não foi o mesmo de 2017 e 2018. O que será que está acontecendo com ele?

 

Quem está quente

Na categoria 250SX Costa Oeste, Adam Cianciarulo se recuperou do 5º lugar em Anaheim 2 com vitória em Oakland.

Já Colt Nichols usou até aqui a consistência do pódio para se manter na liderança da classificação (venceu na abertura em Anaheim 1, depois foi 2º em Glendale e 3º em Anaheim 2 e Oakland).

E não podemos esquecer de Shane McElrath e do francês Dylan Ferrandis, respectivamente terceiro e quarto colocado na classificação (respectivamente quatro e cinco pontos atrás do líder. Cianciarulo está três pontos atrás de Nichols).

Já na 450SX, Cooper Webb nos ajudou a matar a saudades do desempenho que o consagrou com dois títulos na categoria 250SX Costa Oeste.

Ele venceu em Anaheim 2 e Oakland, assumindo a liderança do campeonato na classificação.

Seu companheiro de Red Bull KTM, o francês Marvin Musquin, ainda não venceu, mas foi o segundo colocado nas duas últimas etapas, com ritmo e desempenho suficientes para vencer as corridas.

 

Quem precisa esquentar

O Justin Hill da categoria 450SX ainda não nos fez lembrar aquele Justin Hill que foi campeão do AMA Supercross 2017 na categoria 250SX Costa Oeste, e, o que é mais preocupante, ele parece muito cansado no final das corridas.

As corridas têm sido difíceis até o momento, mas seguimos na torcida pelo brasileiro Enzo Lopes.

Obs: o clima na Califórnia sempre é imprevisível nessa época do ano, e, em caso de chuva, as corridas podem ser niveladas por baixo, o que altera toda a expectativa em torno de possíveis favoritos à vitória.

 

Justin Hill ainda não mostrou o mesmo desempenho que o consagrou na categoria 250SX Costa Oeste em 2017

 

Previsões corajosas

– Colt Nichols venceu a abertura em Anaheim 1 com lama, então, em caso de chuva, pode repetir a vitória com lama neste sábado em San Diego.

– Marvin Musquin deve conquistar sua primeira vitória da temporada.

– Chad Reed vai invocar todos os seus super poderes, já que San Diego, lama e Chad Reed são uma combinação difícil de enfrentar.