AMA SX 2019: o que esperar da 15ª etapa em Denver

AMA Supercross volta para Denver, no Colorado, após 23 anos – Foto: Rich Shepherd

 

Neste sábado, 13, o AMA Supercross desembarca no Colorado. O campeonato volta para Denver, capital do Estado, após 23 anos, já que a última vez que a cidade havia sediado uma rodada da competição foi na temporada de 1996. A 15ª etapa da temporada 2019 será disputada dentro do Broncos Stadium. Sim, o nome é esse mesmo, já que o local é a casa do Denver Broncos, time de futebol americano do Colorado.

As corridas em Denver começam as 20h36 pelo Horário Oficial de Brasília (confira no final da reportagem a programação completa). Será a última etapa do campeonato antes da famosa “folga” na semana que vem, devido ao feriado de Páscoa.

Mas antes de falarmos das expectativas para as corridas deste sábado, que tal relembrarmos como foi a 14ª etapa em Nashville no sábado passado? Confira a seguir as análises sempre precisas do piloto Leandro Silva.

 

Review AMA Supercross 250 Round 14 Nashville

 

Review AMA Supercross 450 Round 14 Nashville

 

Volta Virtual em Denver

 

Perguntas que precisam ser respondidas

– A equipe oficial Monster Energy Yamaha vai conseguir quebrar a sequência de resultados ruins que teve nas últimas etapas? Aliás, Aaron Plessinger, lesionado, está sendo substituído por Josh Grant, e Justin Barcia anunciou esta semana que vai ficar fora das três últimas etapas para se recuperar de uma lesão no ombro e estar 100% para o AMA Motocross 2019.

– Em Denver volta o campeonato da Costa Oeste na categoria 250SX. Apenas cinco pontos separam Adam Cianciarulo e Dylan Ferrandis. Quem levará a melhor neste sábado?

– Eli Tomac, que é natural do Colorado, pela primeira vez vai disputar uma etapa do AMA Supercross em casa. Estimulo para mais uma vitória?

– Com 21 pontos de vantagem para Tomac e Marvin Musquin, podemos dizer que Cooper Webb está com uma mão na taça na categoria 450SX? Ou algum dos seus adversários será capaz de reverter essa situação na briga pelo título?

– Ken Roczen poderá conquistar em Denver a sua primeira vitória em 2019?

– O quão grave é a lesão no ombro sofrida por Joey Savatgy? O melhor estreante da 450SX em 2019 vai estar na pista em Denver? Ou vai ficar fora?

 

Joey Savatgy – Foto: Rich Shepherd

 

Quem está quente

– Em Nashville, Tomac conquistou sua quarta vitória na temporada, após uma classificação muito difícil para o Main Event (com direito a vitória na repescagem). Em Denver, conforme dissemos acima, ele vai correr em casa.

– O 8º lugar está longe de ser o resultado que os fãs de Roczen esperam dele, mas o seu desempenho foi fantástico durante todo o dia e toda a noite em Nashville.

– Uma das surpresas desta temporada, Blake Baggett foi o segundo colocado, terminando na frente do líder da 450SX na classificação, Webb.

 

Blake Baggett – Foto: Rich Shepherd

 

Quem esfriou

– Embora a etapa deste sábado seja válida pela Costa Oeste na 250SX, Austin Forkner, que lidera a Costa Leste, lesionou o joelho em Nashville e suas reais condições para as duas últimas etapas devem ser divulgadas nos próximos dias.

– Marvin Musquin continua andando muito bem, mas desperdiçou pontos valiosos nas últimas etapas.

– Josh Grant precisa conquistar resultados muito melhores se quiser dar a equipe oficial Monster Energy Yamaha um final de temporada mais digno. E daqui para frente ele será a única esperança do time, já que Justin Barcia vai perder as últimas três rodadas para se recuperar de uma lesão no ombro e estar pronto para o AMA Motocross 2019.

– Conforme comentado acima, Savatgy caiu quando estava em segundo em Nashville, machucou o ombro e virou dúvida para Denver.

– Idem Justin Hill, que abandonou o Main Event em Nashville com uma lesão nas costas.

 

Justin Barcia – Foto: Rich Shepherd

 

Previsões corajosas

– Tomac vence a 450SX em Denver. Webb termina em 3º ou 4º, fazendo a diferença entre os dois cair de 21 para 16 ou 14 pontos.

– Mesmo com dores nas costas, Justin Hill vai para as corridas no sacrifício, usando um colete ou uma cinta especial (ou ambos).

 

Enzo Lopes confirmado em Denver

E para fechar com chave de ouro, a melhor notícia sobre o AMA Supercross em Denver é o retorno do brasileiro Enzo Lopes na categoria 250 SX Costa Oeste. Enzo havia caído nos treinos da etapa de Houston, machucando o ombro e o pulso e colocando em dúvida sua participação nesta etapa. Mas, conforme as últimas postagens feitas em seu Instagram, ele está recuperado, treinando e pronto para as corridas.

 

Enzo Lopes – Foto: Arquivo Pessoal

 

Programação da etapa

Horários de Brasília

13h30 – Início dos treinos livres
14h35 – Início dos treinos classificatórios
16h45 – Segunda parte dos treinos classificatórios

20h36 / 250SX Heat 1 – 6 minutos + 1 volta – 20 pilotos (1 – 9 vão para a final)
20h48 / 250SX Heat 2 – 6 minutos + 1 volta – 20 pilotos (1 – 9 vão para a final)

21h05 / 450SX Heat 1 – 6 minutos + 1 volta – 20 pilotos (1 – 9 vão para a final)
21h21 / 450SX Heat 2 – 6 minutos + 1 volta – 20 pilotos (1 – 9 vão para a final)

21h49 / 250SX Repescagem (LCQ) – 5 minutos + 1 volta – 22 pilotos (1 – 4 vão para a final).

22h03 / 450SX Repescagem (LCQ) – 5 minutos + 1 volta – 22 pilotos (1 – 4 vão para a final).

22h22 / Main Event 250SX – 15 minutos + 1 volta – 22 pilotos.
22h59 / Main Event 450SX – 20 minutos + 1 volta – 22 pilotos.

 

Bolão BRMX

Ah, e claro, faça sua aposta no Bolão BRMX desta etapa.