AMA Supercross 2020 começa neste sábado em Anaheim 1

Yamaha
Quem começará a temporada 2020 do AMA Supercross na frente?!

 

Tá chegando a hora! Começa neste sábado, 4, a temporada 2020 do AMA Supercross, com a tradicional rodada de abertura no Angel Stadium em Anaheim.

Como sempre, muita expectativa em torno deste início de campeonato. Como será a disputa entre os favoritos da categoria 450SX? Eli Tomac, Jason Anderson e Ken Roczen serão páreos para o atual campeão Cooper Webb?

O que esperar do estreante Adam Cianciarulo? Como será o desempenho de Chad Reed na sua última temporada antes da aposentadoria (conforme anunciado por ele mesmo nas mídias sociais)?

E o que esperar da categoria 250SX, que começa com a disputa da região Oeste? Sem Adam Cianciarulo, quem será o principal adversário do atual campeão, o francês Dylan Ferrandis?

A seguir, separamos algumas informações importantes para quem quiser acompanhar neste sábado as corridas do melhor campeonato de supercross do mundo.

 

Como assistir

Os fãs brasileiros podem comprar a transmissão oficial do AMA Supercross 2020 para assistir no computador, tablet, celular ou smartv.

Para adquirir, basta ter um cartão de crédito. É simples, rápido, e você pode comprar toda a temporada completa ou, a cada sábado, comprar de forma avulsa a rodada que está sendo disputada.

O preço da temporada completa é 129,99 dólares. Se você for comprar de forma avulsa, cada rodada custa 29,99 dólares.

>>> Clique neste link para ir à página de compra!

Após escolher temporada completa ou rodada avulsa, clique em “BUY NOW”. Você será redirecionado para uma nova página, onde irá fazer o seu cadastro no sistema, com nome completo, endereço de e-mail. Também é necessário criar uma senha.

Com tudo preenchido, clique em “SUBSCRIBE NOW”. Na última página é necessário preencher seu endereço residencial e as informações do seu cartão de crédito. Clique novamente em “SUBSCRIBE NOW” e pronto! Você já pode assistir as corridas.

 

Programação

Com o fim do Horário Brasileiro de Verão, todas as rodadas do AMA Supercross 2020 irão começar uma hora mais cedo em relação ao horário do ano passado.

Um incentivo a mais para quem gosta de passar as madrugadas acordado assistindo as corridas, especialmente nestas primeiras rodadas, onde a diferença para o fuso horário local de Anaheim, por exemplo, é de 5 horas!

Confira a seguir a programação completa para esta rodada de abertura segundo o Horário Oficial de Brasília:

 

23h30 – Cerimônia de Abertura

0h05 – 250SX Costa Oeste Heat 1 (6 minutos + 1 volta, 20 pilotos, os 9 primeiros avançam direto para a final)

0h19 – 250SX Costa Oeste Heat 2 (6 minutos + 1 volta, 20 pilotos, os 9 primeiros avançam direto para a final)

0h33 – 450SX Heat 1 (6 minutos + 1 volta, 20 pilotos, os 9 primeiros avançam direto para a final)

0h47 – 450SX Heat 2 (6 minutos + 1 volta, 20 pilotos, os 9 primeiros avançam direto para a final)

0h55 – Intervalo para manutenção da pista.

1h10 – 250SX Costa Oeste Last Chance Qualifier (Repescagem, 5 minutos + 1 volta, 22 pilotos, os 4 primeiros se classificam para a final)

1h23 – 450SX Last Chance Qualifier (Repescagem, 5 minutos + 1 volta, 22 pilotos, os 4 primeiros se classificam para a final)

1h52 – 250SX Costa Oeste Main Event (15 minutos + 1 volta, 22 pilotos no gate)

2h27 – 450SX Main Event (20 minutos + 1 volta, 22 pilotos no gate).

 

Brasil na pista

A abertura do AMA Supercross 2020 terá a participação do brasileiro Hector Assunção. O piloto de 27 anos da equipe Honda Racing, atual campeão do Arena Cross, vai encarar pela primeira vez a principal competição do mundo na modalidade.

O objetivo é fazer uma pré-temporada de alto nível para as competições no Brasil. Além da rodada de abertura, ele correrá a terceira etapa no dia 18, também em Anaheim, e a quarta rodada, no dia 25, em Glendale, no Arizona. Para isso, Assunção partiu para a Califórnia há dez dias para treinar nas pistas da região. Porém, as chuvas atrapalharam um pouco os planos.

– Fiz apenas três treinos em pista de supercross. É muito pouco para o AMA Supercross, já que é tudo muito diferente do que a gente tem no Brasil – explica. Ele competirá na categoria 450SX.

Entre todos os grandes desafios, Assunção destaca as seções de costelas.

– São muito maiores do que estamos acostumados. Senti que a cada dia consegui evoluir um pouquinho. Aproveitei os treinos junto com outros pilotos, que também vão andar no AMA Supercross na minha categoria, para comparar os tempos e foram muito boas essas experiências – ressalta. Hector vai acelerar a nova CRF 450R 2020.

 

Brasileiro Hector Assunção estreia neste sábado no AMA Supercross, na categoria 450SX

 

Ele terá oportunidade de competir ao lado dos melhores pilotos da modalidade, entre eles o alemão Ken Roczen, da equipe HRC Honda.

– A expectativa é ótima. Para esta primeira etapa, a ideia é conhecer tudo e ver como funciona. Depois, terei 15 dias para treinar e analisar quais as metas para a terceira e a quarta etapa – finaliza.

Além de Hector Assunção, o Brasil também estará representado por Enzo Lopes no AMA Supercross 2020. Enzo, que competirá de Yamaha YZ250F pela equipe CTR Motorsports Team, irá disputar a região Leste da categoria 250SX, que começa na 7ª rodada do campeonato em Tampa, na Flórida, no dia 15 de fevereiro.

 

Enzo Lopes será o Brasil na categoria 250SX Costa Oeste do AMA Supercross 2020, a partir do dia 15 de fevereiro

 

Pilotos lesionados

Max Anstie – Vai perder grande parte da temporada após passar por uma cirurgia para corrigir uma grave lesão no tornozelo.

 

Marvin Musquin – Musquin vai perder toda a temporada 2020 do AMA Supercross após passar por cirurgia para corrigir uma lesão no joelho, sofrida durante a pré-temporada.

 

Joey Savatgy – Outro que vai perder boa parte da temporada por causa de lesão. Fraturou o calcanhar durante uma rodada do Australiano de Supercross. Será substituído na JGR Suzuki por Fredrik Noren.

 

Dean Wilson – Único dos lesionados na categoria 450SX que confirmou que estará na disputa das corridas em Anaheim 1 neste sábado. Apesar de ter deslocado o quadril no Monster Energy Cup 2019, se recuperou e, conforme suas últimas postagens nas mídias sociais, já retomou os treinos com moto.

 

Jeremy Martin – Recém recuperado de uma lesão nas costas, irá disputar a região Leste da categoria 250SX após um longo período afastado das corridas.

 

Colt Nichols – Sofreu uma lesão no ombro. Espera estar plenamente recuperado para a abertura da região Leste da categoria 250SX em Tampa.

 

Chase Sexton – Passou por cirurgia para corrigir uma fratura na clavícula, sofrida durante a pré-temporada. Ao que tudo indica, deve estar 100% para a abertura da região Leste da categoria 250SX.

 

Chase Sexton, atual campeão da categoria 250SX Costa Leste, ainda se recupera de uma fratura na clavícula

Yamaha