AMA Supercross 2020: Austin Forkner penalizado em Anaheim 1

Yamaha
Austin Forkner

 

Durante o Main Event da categoria 250SX Costa Oeste na abertura do AMA Supercross 2020 em Anaheim 1 no sábado, 4, Austin Forkner, da equipe Monster Energy Pro Circuit Kawasaki, fez o holeshot e saiu na frente, mas logo foi ultrapassado por Justin Cooper. Forkner rapidamente recuperou a liderança, mas a disputa permaneceu firme entre os dois.

Em determinado momento, o piloto da Kawasaki cometeu um pequeno erro numa sequência de saltos encaixados e acabou aterrissando em cima de um dos blocos de espuma que fazem a marcação da pista.

Forkner conseguiu evitar o tombo e, com a moto ligeiramente virada para trás, atravessou para a sessão seguinte da pista. Mesmo com esse pequeno corte de caminho, ele acabou perdendo a liderança para Cooper (confira a seguir a partir de 1 minuto e 3 segundos do vídeo).

 

 

– Naquele momento em que evitei o tombo, a moto acelerou para o lado esquerdo. Fiquei com receio de voltar na contramão ou perder muito tempo virando para o outro lado. Era uma sessão rápida e estava no início da corrida, todos andando muito próximos. Atravessei de forma segura para o outro lado. Nessas situações, é difícil saber a coisa certa a fazer. Foi apenas uma decisão rápida e penso que tomei a decisão certa – disse Forkner, logo após a corrida.

Forkner finalizou em terceiro, mas a direção de prova entendeu que ele cortou caminho e decidiu penalizá-lo, o que o fez cair para o 5º lugar. Com isso, Christian Craig passou do 4º para o 3º lugar e Michael Mosiman passou de 5º para 4º (confira aqui os resultados da abertura do campeonato em Anaheim 1).

Após a penalização, Forkner divulgou as palavras a seguir numa nota oficial de sua equipe para a imprensa:

– Foi uma decisão tomada numa fração de segundos e decidi que aquilo era o mais seguro a se fazer naquele momento. É sempre essa orientação que recebemos da organização nestas situações, voltar para a pista em segurança e, como a minha moto estava levemente virada para trás e para o lado esquerdo, achei que isso era o mais seguro a se fazer naquele momento. Não ganhei nenhuma posição, mas é uma pena que eles tenham analisado de outra forma. Consegui manter um bom ritmo e sigo motivado para as corridas do próximo fim de semana.

Yamaha