Aaron Plessinger, quinto vencedor da 250 Leste no AMA SX, ensina como ser um piloto alegre e vencedor

Yamaha
aaron_amasx
Aaron Plessinger em Indianápolis – Crédito: AMA SX

 

Mais de 100 familiares e fãs de Aaron Plessinger puderam comemorar no estádio a primeira vitória em sua carreira no último sábado, 9, durante a 13ª etapa do AMA Supercross 2016 – e quinta da categoria 250 Leste – em Indianápolis, Indiana.

O piloto da Yamalube Star Racing Yamaha cresceu nas proximidades de Ohio e foi praticamente criado dentro de uma pista off-road com vários pilotos em volta. Seu pai, por exemplo, é bicampeão do Grand Cross Country.

Vale ressaltar que até então, a categoria 250 Leste teve um vencedor diferente em cada etapa. Martin Davalos venceu a abertura, Jeremy Martin ficou com a vitória na segunda etapa, Justin Hill na terceira e Malcolm Stewart com a quarta. Plessinger completou o fluxo vencendo a quinta etapa, liderando a corrida toda à frente do líder do campeonato, Malcolm Stewart.

Plessinger ocupa a segunda colocação na classificação geral do campeonato, com 10 pontos de diferença do líder. Após a corrida em Indianápolis, o site norte-americano Racer X conversou com o atleta, que estava feliz não só pela vitória, mas porque ganhou alguns donuts no pódio. Confira!

 

Os vencedores agora estão recebendo donuts?
Aaron Plessinger: Sim! Eu amo donuts. Não ganhava um desse há muito tempo.

Conte um pouco sobre a sua noite.
Aaron Plessinger: Do início ao fim, foi uma corrida muito louca! Larguei na terceira posição e antes da chegada estava em primeiro. Malcolm Stewart estava bem atrás de mim e eu sabia que ia ser difícil, mas coloquei uma cabeça para baixo, acelerei e sabia que Indianápolis seria o lugar certo para vencer. Foi uma boa corrida, fiz o meu próprio traçado e permaneci constante e rápido o tempo todo.

O que há entre você e as corridas em Indiana?
Aaron Plessinger: Indiana é perto de casa. Gosto de estar perto. Amo isso! Sempre me sinto em casa quando estou vindo para cá. As vibrações e os fãs aqui são impressionantes.

Não tem nada com a pista? E a familiaridade do solo…
Aaron Plessinger: Ah, sim. Já corri muito aqui, não nesta pista, mas em Indiana. O solo é muito bom para mim porque é parecido com o do Cross Country. Amo pistas esburacadas e combinando com um pouco habilidade, você conquista a vitória (risos).

Provavelmente precisa de um pouco mais do que habilidade…
Aaron Plessinger: (Risos) Gosto de manter no pouco.

Com a lesão que você sofreu e o deslocamento para a categoria Leste, esperava uma vitória esse ano?
Aaron Plessinger: Sim, sabia que a vitória chegaria depois de Atlanta. Infelizmente fiquei doente e isso me brecou um pouco. Mas estou de volta e pronto para ganhar mais vezes.

Acho que ninguém te descartou, mas quando estávamos entrando na pista era Martin e Stewart apenas. E você conquistou a vitória. Você sentiu essa diferença? Como se estivessem te descartando?
Aaron Plessinger: Não. Realmente não presto atenção nisso, nessa coisa de publicidade. Gosto de ser o “azarão” e sabia que tinha chance de ganhar. Realmente sabia que estava aqui para vencer. Você precisa ter confiança.

Quão importante foi a Heat? Malcolm Stewart estava colado o tempo tempo em você. Te deixou confiante para o Main Event?
Aaron Plessinger: Com certeza. E pode ter deixado ele desanimado. Ele estava muito confiante que ia me passar, mas não deixei isso acontecer. Precisava mostrar a ele que tinha velocidade e resistência. Coloquei minha cabeça para baixo e acelerei.

Vocês estavam se divertindo muito após a corrida. Dançaram e agora você tem alguns donuts. É importante manter esse aspecto? É um trabalho, mas também é divertido, certo?
Aaron Plessinger: Sim. É melhor do que ficar sentado atrás de uma mesa. Isso mantém o sorriso no rosto todos os dias. Você apenas tem que se lembrar que é para de divertir e fazer isso por você e mais ninguém. Você tem que ter atitude também. Eu e Malcolm Stewart estamos sempre nos divertindo.

 

malcolm_aaron_amasx
“Eu e Malcolm Stewart estamos sempre nos divertindo” – Crédito: Simon Cudby
Yamaha