Jean Ramos está fora da etapa de Salt Lake City do AMA SX 2018

Jean Ramos voltaria a competir no AMA SX neste sábado – Foto: NXT Perf

 

Jean Ramos comunicou nesta quinta-feira, 26, que está fora da 16ª etapa do AMA Supercross 2018, em Salt Lake City, que acontece neste sábado, 28.

O brasileiro está nos Estados Unidos e pretendia correr esta rodada, mas um tombo forte na segunda-feira, 23, causou uma concussão e o atleta está inapto a voltar.

– Apaguei por algum tempo. Lembro de como eu caí e porquê, mas não lembro muita parte depois, de quanto tempo fiquei apagado, como voltei pro carro. Minha cabeça ainda dói quando faço alguns movimentos. Por questão de saúde, estou abortando. Já tive uma concussão (em Extrema em 2016) e sei que não posso brincar com minha cabeça – disse Jean Ramos.

 

🤷🏼‍♂️ – Out for Salt Lake City 💔

A post shared by Jean Ramos (@jean.ramos10) on

 

O BRMX conversou com Jean sobre outros detalhes. Confira!

 

Como foi a volta aos treinos de Supercross?

A volta foi bem bacana. Logo no primeiro dia me senti à vontade na pista, já estava saltando tudo e me sentindo solto. Até me surpreendi!

 

A pista de Salt Lake prevê duas sessões de costelas. É nesta parte que se separam homens de meninos? Por que as costelas são tão difíceis? Você está adaptado a elas?

Depois que treinei na pista oficial da Yamaha, me ajudou bastante nesse quesito. As costelas com certeza são um diferencial tanto no tempo quanto na parte física. Quanto melhor você passar, menos vai cansar. E supercross aqui cansa e muito!

 

Depois desta etapa, você volta imediatamente para o Brasil? Chega e vai direto pra Alfenas?

Isso. Volto na segunda e chego terça no Brasil. Treino na quarta e quinta vou pra Alfenas. Vai ser bem corrido, mas todo esforço vale a pena!

 

Conversei com o Blake Wharton depois do anúncio do Enzo na Suzuki e ele comentou: “agora precisamos achar uma equipe para o Ramos”. Vocês têm conversado aí? Como vai ser enfrentar ele novamente depois daquela rápida passagem dele pelo Brasil?

Depois que ele fechou com a equipe ibCorp temos conversado bastante pelo Instagram. Treinamos alguns dias na pista juntos, pude aprender algumas coisas com ele, ele tem me dado alguns toques bacanas, mas como não vou para Salt Lake…

 

Falando em Enzo, gostaria de saber a tua opinião sobre este momento em que vimos um piloto brasileiro alcançar uma vaga em uma equipe de fábrica aí nos EUA. Você, mais do que todos nós, sabe o quanto uma oportunidade destas é rara.

Eu fiquei muito feliz por ele. Antes de surgir os rumores, já havia perguntado se tinha aparecido alguma chance pois ele estava muito rápido e ganhou o California Classic, e quando tudo começou, fui falar com ele e ele começou a rir, e pediu desculpas que não podia ter falado antes. Claro que queríamos um contrato pra dois anos, mas acredito que ele está bem preparado e vai ter bons resultados, e vão prolongar o contrato dele pela temporada toda. Estou torcendo para que tudo dê certo e ele consiga deslanchar aqui na América! Go Enzo 🇧🇷!