Yamaha Racing Brasil contrata helicóptero médico para final do Brasileiro de Motocross 2020

Transporte aeromédico chegou a Apiaí às 7h30 deste sábado, 28, e atende todos os requisitos para um socorro em caso de acidente

 

Depois de um imbróglio envolvendo a segurança dos pilotos na sexta-feira, 28, a Yamaha Racing Brasil decidiu contratar um helicóptero médico para colocar à disposição da rodada final do Brasileiro de Motocross 2020.

Os pilotos passaram a semana exigindo um resgate aeromédico em Apiaí por conta da falta de um hospital capaz de atender acidentes graves na cidade, e da distância de Apiaí de grandes centros (cerca de 3h de Curitiba/PR ou Sorocaba/SP). Na sexta-feira, quando deveria ter acontecido as primeiras corridas do evento, o helicóptero prometido pelos organizadores chegou apenas por volta das 16h30, e ainda assim era uma aeronave incapaz – segundo o Doutor Sergio Cestaro Grizende “Osso”, médico da CBM – de fazer um atendimento adequado em caso de acidente grave.

Por fim, a Yamaha tomou a frente da situação e contratou um helicóptero para sábado e domingo, possibilitando a realização do evento.

 

NOTA OFICIAL YAMAHA

Pensando na segurança dos pilotos e no bem do esporte, a Yamaha Racing Brasil contratou um helicóptero médico para atender a última rodada do Brasileiro de Motocross 2020, que acontece em Apiaí, São Paulo, nos dias 27, 28 e 29 de novembro.

O transporte aeromédico de plantão se faz necessário porque a cidade-sede do evento está localizada em uma região de difícil acesso, no Vale da Ribeira, próxima à divisa dos estados de São Paulo e Paraná. Uma remoção médica de carro demoraria cerca de três horas até um hospital capacitado para fazer um atendimento em caso de lesão grave.

Sem medir esforços, a Yamaha Racing Brasil pensou na segurança dos pilotos de todas as equipes para tornar possível a realização da rodada final do campeonato nacional de 2020. A segurança dos atletas está em primeiro lugar.

Yamaha Racing Brasil
28 de novembro de 2020