Yamaha amplia vantagem na liderança após etapa 5

Ao passar da metade do rally, Adrien Metge vence novamente e amplia a vantagem na liderança.

A Etapa 5 do Sertões 2021 – primeira parte da Etapa Maratona – foi disputada nesta quarta-feira (18/08), entre as cidades de São Raimundo Nonato (PI) e Xique-Xique (BA). E continua da mesma forma que começou o rally, com Adrien Metge, da Yamaha IMS Rally Team sendo o mais rápido entre todos nas motos. O piloto finalizou a Etapa 5 com o tempo de 4h39min, ampliando ainda mais a vantagem na liderança da competição, que agora passa de dez minutos para o segundo colocado.

Atual campeão do Sertões, o catarinense Ricardo Martins se despede da chance de defender o título. O piloto vinha fazendo uma corrida consistente e nesta etapa acabou acertando uma pedra escondida na areia. Foi socorrido e diagnosticado com duas costelas quebradas, mas está bem e na torcida pelos companheiros de equipe.

Túlio Malta também teve problemas. O mineiro estava liderando a especial na categoria Moto2 e os resultados até a terceira parcial o colocavam na liderança do rally. Mas no trecho final, acabou colidindo com uma vaca e perdeu algum tempo pra voltar à competição. Ainda assim, finalizou a prova na segunda colocação e está na vice-liderança na categoria, faltando ainda quatro etapas para o final.

O catarinense Gabriel Bruning estava fazendo uma bela prova de recuperação nesta etapa, mas parou pra prestar socorro ao companheiro Ricardo Martins. Luciano Gomes, venceu mais uma etapa do Sertões e segue invicto na competição. Foi o mais rápido desde o início e não conhece outra posição que não a de líder.

Nesta quinta-feira os pilotos fazem a segunda perna da Etapa Maratona, na qual não é possível receber auxílio externo, somente os próprios pilotos podem dar manutenção em suas motocicletas. Largam de Xique-Xique, na Bahia, com destino a Petrolina, Pernambuco. Mais 476 quilômetros, sendo 328 deles de Especial Cronometrada.

Classificação Motos – Acumulado
*Resultados extra-oficiais

Geral
1º) Adrien Metge – Yamaha IMS Rally Team – WR450F – 19h54m00s
2º) Jean Azevedo – 20h04m37s
3º) Bissinho Zavatti – 20h16m29s
4º) Túlio Malta – Yamaha IMS Rally Team – WR450F – 20h23m35s
5º) Gregório Caselani – 20h42m11s
7º) Luciano Gomes – bLU cRU IMS Rally Team – WR450F – 21h26m28s

Moto1
1º) Adrien Metge – Yamaha IMS Rally Team – WR450F – 19h54m00s
2º) Jean Azevedo – 20h04m37s
3º) Gregório Caselani – 20h42m11s

Moto2
1º) Bissinho Zavatti – 20h16m29s
2º) Túlio Malta – Yamaha IMS Rally Team – WR450F – 20h23m35s
3º) Vitor Siqueira  – 22h01m37s

MOV (Over)
1º) Luciano Gomes – bLU cRU IMS Rally Team – WR450F – 21h26m28s

2º) Leandro Mokfa – 22h34m17s
3º) Alberto Cunha – 23h08m45s
4º) Moara Sacilotti – YZ450FX – 23h11m50s
Resultado Etapa 5 – Motos
*Resultados extra-oficiais

Geral
1º) Adrien Metge – Yamaha IMS Rally Team – WR450F – 04h30m38s
2º) Jean Azevedo – 04h40m38s
3º) Gregório Caselani – 04h42m21s
4º) Bissinho Zavatti – 04h45m33s
5º) Túlio Malta – Yamaha IMS Rally Team – WR450F – 04h51m00s
12º) Luciano Gomes – bLU cRU IMS Rally Team – WR450F – 04h59m51s

Moto1
1º) Adrien Metge – Yamaha IMS Rally Team – WR450F – 04h30m38s
2º) Jean Azevedo – 04h40m38s
3º) Gregório Caselani – 04h42m21s

Moto2
1º) Bissinho Zavatti – 04h45m33s
2º) Túlio Malta – Yamaha IMS Rally Team – WR450F – 04h51m00s
3º) Rafael Milan – 05h07m35s

MOV (Over)
1º) Luciano Gomes – bLU cRU IMS Rally Team – WR450F – 04h59m51s

2º) Leandro Mokfa – 04h54m29s
3º) Alberto Cunha – 05h06m41s
5º) Moara Sacilotti – YZ450FX – 05h16m48s

Carbono Neutro

Seguindo os passos da Yamalube R3 bLU cRU Cup, que inovou no Brasil ao neutralizar o carbono emitido para a realização do campeonato, o Sertões 2021 também será sustentável. Toda emissão de carbono gerada pelas equipes desde o deslocamento até o encerramento serão neutralizadas com parceria com a Moss.Earth. Assim, a emissão de carbono da Yamaha IMS Rally Team também será neutralizada, ampliando nosso compromisso com uma forma mais sustentável de competir.

 

Programação

19/8, 7h – Etapa 6, Velho Chico – Xique-Xique (BA) a Petrolina (PE)
*Fim da Etapa Maratona

DI – 0 Km
TE – 328,35 Km
DF – 147,89 Km
TOTAL: 476,25 Km

20/8, 7h – Etapa 7, LampiãoPetrolina (PE) a Delmiro Gouveia (AL)
DI – 138,84 Km
TE – 239,98 Km
DF – 62,29 Km
TOTAL: 441,12 Km

21/8, 7h – Etapa 8, Alagoas – Delmiro Gouveia (AL) a Arapiraca (AL)
DI – 9,14 Km
TE – 152,28 Km
DF – 87,04 Km
TOTAL: 248,47 Km

22/8, 7h – Etapa 9, Sertão virou MarArapiraca (AL) a Tamandaré (PE)
DI – 193,47 Km
TE – 132,47 Km
DF – 18,05 KM
TOTAL: 344,00 Km
Chegada Promocional: 11h
Premiação: 18h30

TOTAL: 3.626,67 Km
TOTAL DAS ESPECIAIS: 2.213,37 Km

 


RICARDO MARTINS
Moto 1 – Yamaha WR450F

“Eu vinha fazendo uma boa especial hoje, bem perto do tempo do Adrien, que estava liderando. Estava bem concentrado, acelerando bastante, em um ritmo muito bom. Infelizmente acabei acertando uma pedra que me arremessou da moto. Recebi ajuda de outros pilotos, meus companheiros de rally, que chamaram o resgate. Quero fazer um agradecimento especial ao Vitor Siqueira, Gregório Caselani e ao Gabriel Bruning, que pararam e ficaram comigo, providenciando o resgate. Sofri duas fraturas nas costelas, mas estou me sentindo bem. Mas rally é assim mesmo, agora vamos focar na recuperação e ficar na torcida pelo time.”

 


ADRIEN METGE
Moto 1 – Yamaha WR450F

“A etapa de hoje teve um começo de terra e depois, uns 70 quilômetros, de muita areia. Mas muito bom, estava abrindo a especial, fiz uma boa navegação, alguns erros pequenos, mas pouca coisa. Andei em um ritmo bom, a moto funcionou muito bem. É Etapa Maratona, a moto já está no parque fechado, só troquei o filtro de ar, a moto está perfeita. Amanhã tem a segunda etapa da Maratona, com muita areia também.”

 


TÚLIO MALTA
Moto 2 – Yamaha WR450F

“Hoje foi o primeiro dia da Etapa Maratona, onde a gente não tem ajuda mecânica externa. Foi um dia com muita, muita areia! Acho que foi uma das especiais que mais teve areia no sertões até hoje. Infelizmente na segunda metade da especial eu me acidentei, acabei colidindo com uma vaca. Mas consegui arrumar a moto e finalizar a especial, perdendo poucos, mas preciosos minutos.”