VÍDEO: Fabio Santos na abertura do Brasileiro de Motocross 2017

Fabinho fez 2-4 nas baterias e garantiu a quarta colocação geral. O paulista sofreu tombo forte na primeira volta de corrida, logo após largar em primeiro, e machucou o ombro. Fez uma bela recuperação e chegou em segundo. Mas, o ombro dolorido prejudicou sua performance na prova definitiva.

Domingo difícil. Na primeira bateria, consegui largar na frente, mas na segunda curva, um piloto me jogou pra fora da pista e aí demorei muito pra voltar. Saí de 40º e terminei em 2º, mas estava sentindo muita dor no ombro. Fui pra segunda bateria depois do corpo esfriar e larguei com muitas dores. Saí em 4º e o máximo que consegui fazer foi manter esta posição até o final. Dias melhores estão por vim, mal posso esperar para tomar o number plate vermelho (de líder) de volta na próxima etapa! disse Fabinho.