Team Rinaldi comemora vitória no Goiano de Motocross

Piloto João Maurício Torres – Foto: Danilo Proto

 

Os pilotos do Team Rinaldi estiveram em ação neste final de semana, 5 e 6, representando a marca gaúcha no Goiano de Motocross e no Paranaense de Enduro de Regularidade.

Pelo Goiano de Motocross, os irmãos João Maurício e Gustavo Maurício Torres estiveram em Edéia para a disputa da 3a etapa do campeonato.

João Maurício foi o primeiro a entrar na pista para a disputa da categoria MX JR, utilizando os pneus Rinaldi RS 47. O piloto imprimiu um forte ritmo desde a largada e durante toda a corrida esteve brigando pela vitória, e no final, recebeu a bandeirada na terceira posição.

De volta a pista alguns minutos depois, João Maurício alinhou no gate da 65cc ao lado de Gustavo Maurício, ambos utilizando os pneus Rinaldi RMX 35. Em uma prova emocionante, os pilotos do Team Rinaldi travaram uma grande batalha que levantou o público na arquibancada e no final, João Maurício foi o grande vencedor, com Gustavo Maurício na 4a posição.

– Foi um excelente final de semana para nós. Nas duas baterias, subimos ao pódio, com destaque para a vitória do João Maurício na 65. Estes resultados mostram que os pilotos estão com bom ritmo e cada vez mais preparados para qualquer desafio, analisou Igor Torres, pai dos pilotos e chefe de equipe.

Piloto Emerson Loth – Foto: Ângelo Savastano

Emerson Loth esteve em Guarapuava para a disputa da 11ª e 12ª  etapas do Paranaense de Enduro de Regularidade, competição que também foi válida como 13ª e 14ª etapas do Sul-Brasileiro de Regularidade.

Líder da categoria Máster no Paranaense e vice-líder pelo Sul-Brasileiro, Bombadinho sofreu um acidente logo no início da corrida que comprometeu seu desempenho, ao chocar-se contra uma árvore.

Apesar do ocorrido, o piloto ainda continuou na prova mas em um ritmo bem abaixo do qual está acostumado a correr, apenas para concluir a prova e não abandoná-la.

– Mesmo com o rosto machucado e dores pelo corpo, optei por continuar pois senti que seria possível e assim, não fui desclassificado, o que seria ruim para o campeonato, explicou o piloto, que utilizou os pneus Rinaldi SH 31 na roda dianteira e RW 33 na traseira.