Taddy Blazusiak pode conquistar título do Mundial de Super Enduro na etapa brasileira, neste sábado

blasuziak_superenduro
Taddy Blasuziak – Foto: KTM Images

 

Faltam poucas horas para o início da etapa semifinal do Mundial de Super Enduro que será realizada no ginásio Mineirinho, em Belo Horizonte, Minas Gerais, neste sábado, 28. Pelo segundo ano consecutivo, o local irá receber o fãs para acompanhar conhecidos nomes do motociclismo internacional, como o do polonês Taddy Blazusiak e dos britânicos Jonny Walker e Paul Bolton, que estiveram presentes na coletiva, realizada na noite de quinta-feira, 26.

Jornalistas e convidados tiveram a oportunidade de se reunir com os pilotos e organizadores. Todos acompanharam as expectativas dos atletas para o final de semana, que poderá ter o polonês levantando a taça com uma etapa de antecedência. Blazusiak venceu a última etapa realizada em Guadalajara, no México, e aumentou para 46 pontos a diferença do segundo colocado na tabela de classificação, o britânico David Knight. Apesar da vantagem, ele sabe que não irá encontrar pista fácil na capital mineira, mas espera um bom resultado e quem sabe se sagrar campeão.

– Estou um pouco ansioso para a prova e a possibilidade de conquistar o hexacampeonato não me preocupa, pois é uma pressão normal. Minha estratégia é ser consistente e irei administrar a vantagem, vou acelerar sem me preocupar com excessos – disse durante a coletiva.

Terceiro colocado na competição, Walker se inspira na experiência do concorrente para fazer uma grande apresentação.

– Acima de tudo, é uma questão de experiência, quanto mais tempo tiver, mais perto do Taddy iremos chegar. No sábado quero fazer uma prova para agradar e levantar o público no Brasil – contou.

Pela primeira vez em terras brasileiras, Paul Bolton não havia planejado estar entre os dez pilotos mais bem colocados. Ele chega a semifinal na sexta posição e já foi conferir a pista montada no Mineirinho.

– Gostei muito da pista, uma das mais preparadas do Mundial, espero dar trabalho aos meus concorrentes – adiantou Paul.

 

Super Enduro Brasil
Apresentação dos pilotos brasileiros da equipe Orange BH KTM – Foto: Fred Mancini / Y.Sports

 

Também participou da coletiva o piloto americano Ian Blythe. Em Belo Horizonte ele irá representar a Orange BH KTM Racing. Contratado como uma das atrações da temporada, ele irá aumentar o nível brasileiro.

– Não sou especialista em Super Enduro, vou aproveitar a oportunidade para me divertir ao lado de grandes pilotos – comentou Blythe.

Além dele, o evento desta quinta teve a apresentação dos pilotos brasileiros, companheiros de Ian na equipe Orange BH KTM. Jomar Grecco, Luis Felipe Braga, Bruno Crivilin e Rigor Rico conversaram com a imprensa e demonstraram muita vontade de começar a disputa pela temporada 2015.

Para Sebastião Lago Júnior, diretor da Quanta Sports e organizador do evento no Brasil, o Mundial de Super Enduro representa e consolida o sucesso do ano passado, mas aponta os desafios enfrentados.

– Trazer pilotos desse nível para o Brasil é uma honra. Enfrentamos muitas dificuldades, mas sempre querendo aprimorar. Vamos torcer para que seja uma prova de alto nível e que ajude os pilotos nacionais a elevarem e aprimorarem tecnicamente. Vamos fazer do evento um sucesso – disse Lago.

 

:: Ingressos

Os ingressos para assistir ao espetáculo ainda estão à venda no site oficial do evento www.mundialdesuperenduro.com.br. No sábado as bilheteria estarão abertas na parte da manha. O primeiro treino livre será aberto ao público e começa as 13h, com cronometrados às 15 e as corridas a partir das 19h. Crianças até 10 anos, acompanhada do responsável, não pagam ingresso. Maiores de 60 anos e estudantes pagam meia entrada na arquibancada. Pilotos filiados da Federação de Motociclismo do Estado de Minas Gerais (FMEMG) têm 30% de desconto em todos os setores.

 

:: Programação

Módulo 1 – treinos (abertos ao público)
13h – Prestige b (exceto grading list) – treino livre (16 pilotos), 6’ + treino de largada
13h12 – Juniors – treino livre (16 pilotos), 6’ + treino de largada
13h24 – 1ª treino livre para Prestige a (grading list+ wild card) (total 11 pilotos) 6’
13h35 – Nacional – treino livre – 6’
13h45 – recuperação da pista

Módulo 2
15h – Prestige b (exceto grading list) treino cronometrado, 6’
15h12 – Juniors treino cronometrado, 6’
15h24 – 2º treino livre Prestige a 6’ + treino de largada
15h36 – Prestige b bateria classificatória (16 pilotos ) 3 classificam – 6’ + 1 volta
15h50 – 15’ de intervalo (recuperação da pista)
16h05 – Prestige b last – chance heat (12 pilotos – 2 classificam), 6’ + 1 volta
16h20 – Nacional – treino cronometrado 6’
16h35 – Prestige treino cronometrado (16 riders), 6’
16h50 – Nacional – corrida classificatória, 5’ + 1 volta
17h – fim dos treinos e classificatórias
Intervalo – atrações externas

Main event – finais
19h – apresentação dos pilotos “grading list” + 2 “stars”
19h15 – intervalo
19h25 – Prestige super pole (8 pilotos)
19h40 – Juniors 1ª final – 6’ + 1 volta
19h55 – Prestige 1ª final – 6’ + 1 volta
20h10 – 1ª bateria Nacional – 5’ + 1 volta
20h20 – intervalo
20h35 – 2ª final Junior (ordem invertida) 6’ + 1 volta
20h50 – 2ª final Prestige (ordem invertida) -6’ +1 volta
21h05 – Miss Superenduro
21h20 – final nacional ( 5’ +1 volta) + pódio national
21h35 – 3ª final Junior – 6’ + 1 volta
21h45 – pódio Junior
21h50 – 3ª final Prestige – 6’ + 1 volta
22h05 – Pódio Prestige