Após 3 cirurgias, Weston Peick retorna aos EUA (atualizado)

Peick sofreu múltiplas fraturas no rosto

 

Atualização (2 e 4 dezembro)

Nesta semana Weston Peick compartilhou em seu Instagram notícias sobre as fraturas que teve no rosto, após grave acidente sofrido durante o Supercross de Paris 2018.

De acordo com a postagem, Peick já consegue ficar de pé, caminhar sozinho e pegou um avião de volta para os Estados Unidos nesta terça-feira, 4 de dezembro.

Numa nova postagem, ele aparece no aeroporto, ao lado de seus pais e sua noiva.

Embora seja uma atualização pequena, é muito bom ver Peick conseguindo se recuperar de um acidente tão grave.

As fotos a seguir foram postadas pelo próprio piloto em seu Instagram.

Seu rosto, completamente desfigurado, dá uma noção da gravidade do acidente.

 

 

 

 

 

 

 

Peick no aeroporto, ao lado de seus pais e de sua noiva

Atualização (25 de novembro)

Neste domingo, 25, a Road 2 Recovery divulgou mais informações sobre o estado de saúde de Peick.

De acordo com a nota, na noite do último sábado, 24, ele foi submetido a uma segunda cirurgia, que durou sete horas, para tratar múltiplas fraturas faciais.

Segundo os médicos, esta segunda cirurgia foi um sucesso e atualmente ele está se recuperando no Hôpital Pitié-Salpêtrière, em Paris.

A expectativa é de que os médicos removam o tubo de traqueostomia já nesta terça-feira, 27.

Peick deve receber alta na sexta, 30.

De acordo com os cirurgiões, o dano que ele sofreu no olho direito exigirá tratamento de um especialista e ele precisará de outra cirurgia, menos invasiva, no nariz, quando o inchaço diminuir.

 

Entenda o ocorrido (publicado no dia 22 de novembro)

Weston Peick, da JGR Yoshimura Suzuki, está atualmente em um hospital local na França depois de um sério acidente sofrido no último Main Event da segunda noite do Supercross de Paris 2018.

Peick colidiu com Dylan Ferrandis, caiu e foi acertado em cheio por Cedric Soubeyras.

Ele foi levado para o hospital na mesma noite.

Segundo informações do site Transworld Motocross, o estado de saúde de Peick é estável e ele não sofreu nenhum dano cerebral.

Segundo o relatório médico, ele sofreu numerosos ferimentos faciais e na boca.

Ele passou por uma cirurgia facial no decorrer desta semana e não há previsão de alta do hospital, embora os médicos estejam otimistas.

Kelly, a noiva de Weston, compartilhou em seu Instagram mais detalhes sobre os ferimentos sofridos por ele.

De acordo com a postagem, Peick teve “nada menos” que dez fraturas faciais significativas.

Ela escreveu que ele passou por sua primeira cirurgia para reconstruir sua mandíbula, para poder respirar pelo pescoço.

– Foi feito um corte extensivo na cirurgia e, toda vez que ele acorda do coma induzido, sente uma tremenda dor. Ele está tão inchado e machucado que seu rosto está irreconhecível. A recuperação será longa e dolorosa.

A Road 2 Recovery, entidade sem fins lucrativos que arrecada fundos para ajudar atletas do motocross na recuperação de acidentes graves, em seu relatório pedindo doações para Peick, divulgou novos detalhes.

De acordo com a nota, a primeira bem-sucedida cirurgia serviu para corrigir múltiplas fraturas no nariz, olhos e outras fraturas faciais, incluindo duas fraturas na mandíbula, além de uma luxação dupla num osso da mandíbula.

Os médicos confirmaram que Peick não sofreu nenhum dano cerebral ou espinhal e espera-se que ele se recupere totalmente.

Ainda de acordo com a nota, os médicos estão avaliando seu estado e iniciando a segunda fase de seu tratamento para determinar quando será feita a próxima cirurgia.