Stefan Everts comenta sua posição de chefe na Suzuki e suas expectativas para o Mundial de Motocross 2016

Yamaha
blogstefanevertsnew

Everts está de volta a marca onde faturou seu primeiro título – Crédito: Suzuki Racing

 

Nesta semana, a Suzuki divulgou um texto do chefe da equipe Stefan Everts. Ele fala sobre o time, a pré-temporada e a abertura do Mundial de Motocross 2016, que acontecerá no Catar, em 27 de fevereiro. Everts comenta ainda sobre a volta para a marca amarela, na qual ganhou o primeiro de seus dez títulos mundiais, e o quanto esta decisão mudou sua vida.

Confira!

“Os últimos dois meses têm sido loucos. Minha vida mudou completamente, mas não me arrependo da decisão. Continuo muito contente e motivado e tudo está se encaixando em seu devido lugar. O que tornou o processo mais difícil é o começo precoce da temporada, isso nos deixa sob pressão. Por conta do clima em nossa região, fomos treinar na Espanha e na França. Estamos participando de algumas provas de pré-temporada para poder ajustar as RM-Z 450 e as RM-Z 250. A logística entre as provas para despachar as motos também nos toma tempo. Tantas coisas para fazer em um curto período de tempo, deixa tudo tenso e atribulado. Felizmente temos uma excelente e experiente equipe, e chegaremos lá.

Fiquei por muito tempo longe de casa para juntar e treinar os pilotos da equipe. Fomos para o MX Park Red Sand, na Espanha, por algumas semanas em janeiro. O time está muito feliz com os treinos, assim como eu, pois eles estão colaborando entre eles e dividindo conhecimento. Me deixa feliz ver esse espírito de equipe e ver que um ajuda o outro a elevar o nível de pilotagem.

A velocidade de Kevin (Strijbos) têm sido excelente nesse inverno. Sua confiança cresceu nos últimos meses e ele está feliz e satisfeito com sua RM-Z 450. O mesmo têm acontecido com o Ben Townley, que teve uma terapia de choque com a pista de areia da Bélgica, mas a sua melhora nos últimos dois dias foi muito grande. Estou muito contente de ser o “capitão” desses dois caras no meu primeiro ano de chefia na equipe Suzuki.

Os meninos dizem que o tempo passa rápido quando estamos nos divertindo e isso é realmente verdade. Nossa primeira prova como equipe já aconteceu, fomos para Hawkstone (Inglaterra) no último fim de semana e foi um bom teste para a equipe. Mesmo tendo alguns problemas técnicos com Kevin, aprendemos muito com a forma de pilotagem dos dois pilotos. Ambos são muito diferentes. Pela primeira vez vimos as diferenças de regulagem necessária nas motos dos dois. Foram informações definitivamente valiosas. Townley estava veloz e andando com os ponteiros, mas sua preparação física precisa ser trabalhada. Tenho certeza que nas próximas semanas isso será conquistado.

Nossa última parada antes da abertura do Mundial vai ser em Valence (França), será nosso último “ensaio”. Teremos também o prazer de receber Yamaguchi San, da Suzuki Japão, nessa prova. Ele, em conjunto com sua equipe, irá refinar os ajustes da moto para atingir o melhor ajuste possível. Aguardamos um milagre climático para que o sol apareça, mas estamos preparados para qualquer situação.

Pessoalmente estou muito empolgado com a etapa do Catar, a abertura é sempre especial. A família toda reunida, novos equipamentos, novos ajustes e no Catar, correr sob a luz da lua, em si é especial. Essas características adicionam um charme extra para as imagens e para TV. Fora isso fizemos algumas mudanças visuais e estou muito satisfeito com o resultado, basta olhar para ver a diferença.

Confira as fotos da equipe em Hawkstone!

 

hawkstoneben-townley6 hawkstonekevin-strijbos12 hawkstonekevin-strijbos15

Yamaha