Segunda etapa do Arena Cross 2015 promete equilíbrio

arenacross_bertioa_mauhaas-12
Segunda etapa do Arena deverá reunir aproximadamente 120 pilotos Foto: Mau Haas/BRMX

 

Este fim de semana será marcado pela segunda etapa do Arena Cross 2015, que acontece no sábado, 23, em Jundiaí, São Paulo, na pista montada na Avenida Alexandre Ludke, próximo ao Paço Municipal. A expectativa é de que o evento reúna aproximadamente 120 pilotos nas cinco categorias e cerca de cinco mil pessoas nas arquibancadas.

>>> Confira a classificação do campeonato

Na temporada passada, o grande vencedor em Jundiaí foi o português Paulo Alberto, que de forma invicta levou o bicampeonato da MX2 naquele fim de semana. Foi também em Jundiaí que Paulo conquistou sua primeira vitória no Brasil, em 2013. Desde então, o piloto da equipe Honda conquistou todas as baterias que disputou na categoria MX2. Mas na temporada 2015 o atleta está na categoria Pró, a principal, e já começou bem, com a vitória na primeira etapa, em Bertioga, o que lhe assegurou a liderança do campeonato.

– Por todas essas conquistas, Jundiaí é bastante especial para mim. Quero muito estar 100% para fazer novamente ótimas corridas lá. Tenho cuidado do meu cotovelo direito que machuquei na segunda bateria no último fim de semana, em Limeira (na primeira etapa do Brasileiro de Motocross) – diz o piloto.

O espanhol Carlos Campano e o britânico Adam Chatfield, ambos ex-campeões, aparecem na cola, em segundo e terceiro, respectivamente. Campano quer a vitória para defender o número #1 na sua moto. Já o britânico comenta sobre sua expectativa para a próxima etapa.

– Estou bem empolgado, acho que a pista está bem feita, estamos bem treinados. A equipe está trabalhando muito bem, inclusive fizemos uma pista nova de Arena Cross no CT para que este ano possamos desenvolver ainda mais. E estou bem focado para conseguir esta vitória – conta Campano.

 


Relembre a vitória de Paulo Alberto na MX2 em 2014

 

– Estou pronto para estar novamente entre os mais velozes, especialmente no Top 3. Eu me sinto bem na moto, ainda mais com os novos acertos na suspensão, e estou muito confiante. O Arena Cross tem uma pista compacta e a corrida é curta, por isso uma boa largada será ainda mais importante – diz Chatfield.

O melhor brasileiro na primeira etapa foi Jean Ramos, que ficou com a quarta colocação, somando 28 pontos, e está à 13 do líder Paulo Alberto. Jean também tem boas lembranças de Jundiaí, já que venceu a etapa do ano passado na cidade paulista.

– Esta semana foi bem curta e tivemos pouco tempo para treinar. Voltamos para Curitiba (depois do Brasileiro de Motocross) e fizemos alguns ajustes na moto para o Arena. Nas duas primeiras etapas, tanto do Arena quanto do Brasileiro, não me soltei muito bem. Agora é trabalhar a confiança e conseguir um resultado melhor – comenta Jean Ramos.

 

MX2

DUDUlima_bertioga_mauhaas
Dudu Lima lidera a MX2 – Foto: Mau Haas / BRMX

 

O atual líder do campeonato, com 20 pontos, é Dudu Lima. Piloto da equipe EMG Kawasaki começou o ano com bons resultados, vencendo a abertura do Arena e uma bateria do Brasileiro de Motocross, na semana passada.

– Tenho me superado na pista e conseguido ótimos resultados, apesar das dificuldades. Espero ter um excelente desempenho em Jundiaí. Realizei treinos específicos para o Arena Cross e me sinto bem preparado para defender a liderança – afirma Dudu.

Na categoria MX2 um dos destaques é Caio Lopes, segundo colocado, que está confiante em um bom resultado. O atleta da equipe IMS Racing foi um dos mais rápidos em Bertioga e está com 17 pontos, a apenas três pontos do líder.

– Estou na disputa pela liderança e bastante confiante após as provas do Brasileiro, quando vi que estou com mais velocidade. Pela pista ser menor, o Arena Cross é mais estratégico e não permite erros. As voltas giram em torno de 30 segundos, ou seja, qualquer segundo perdido conta muito no final – alerta.

 

Categorias de base

rafabecker_mauhaas
Rafa Becker lidera a 50cc – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Na categoria Júnior, o vencedor da primeira etapa foi Muguinho Paz, da Yamaha, que disputou todas as curvas com Leonardo Cassarotti, da Honda, que ficou em segundo. Iuru Beltrão ficou em terceiro. Quem pode aparecer entre os primeiros nesta etapa de Jundiaí é Leonardo Almeida, que terminou a primeira etapa em quinto, mas venceu a abertura do Brasileiro MX e se credenciou a brigar pela ponta também no Arena.

Na 50cc, destaque para o catarinense Rafael Becker, vencedor da abertura do Arena, além de Garmichel Giehl, que foi o principal adversário de Rafinha em Bertioga. Na 65cc, Carlos Eduardo Pereira lidera, seguido de Marcello Leodorico e Carlos Eduardo Baltazar.

 

Transmissão ao vivo

A etapa tem transmissão ao vivo pelo BRMX a partir das 19h15 – clique aqui para acompanhar. Os canais Sportv 3 e Bandsports transmitem a partir das 21h.

 

:: Programação do evento

19h15 – Corrida da 50cc
19h35 – Corrida da 65cc
19h55 – Corrida da Júnior
20h33 – 1ª bateria da categoria Pró
21h03 – Corrida da MX2
21h33 – 2ª bateria da categoria Pró