San Diego 1: resumo e resultados da segunda etapa do AMA Supercross 2016

Yamaha
dungey_amasx2016_
Dungey – Crédito: AMA SX

 

A segunda etapa do AMA Supercross 2016, realizada neste sábado, 16, viu o atual campeão da 450 ganhar a primeira corrida nesta temporada. Ryan Dungey, da Red Bull KTM, foi o mesmo piloto técnico e consistente de sempre, e assim venceu a batalha. De quebra, “The Diesel” assumiu a liderança do campeonato com dois pontos a mais que Jason Anderson, da Rockstar Energy Husqvarna.

Na 250 também foi o atual campeão que faturou a bateria final da noite. Cooper Webb, da Star Racing Yamaha, ganhou a prova depois de largar mal e fazer corrida de recuperação.

Confira abaixo os resultados e observações das corridas desta noite. E fique ligado que no próximo sábado, 23, rola a terceira etapa, novamente em Anaheim 😉

 

Classificação do campeonato

450 / duas etapas realizadas
450_classificacao

 

250 Oeste / duas etapas realizadas
250_classificacai_2016

 

 

 

450 – Main Event

Justin Brayton e Vince Friese largaram na frente. Dungey logo apareceu em terceiro, com Pourcel na cola.

Em três voltas de provas, Dungey já era líder e Chad Reed imprimia bom ritmo na segunda (!) colocação. Roczen também começava a mostrar suas garras na terceira colocação após uma largada apenas razoável, mas a tocada agressiva do alemão o fez cair na quinta volta.

Jason Anderson, vencedor da primeira etapa, apareceu entre os ponteiros depois da sétima volta. Fez ultrapassagens ousadas e recuperou muitas posições. Tomac fez corrida semelhante.

Anderson X Seely foi uma das melhores disputadas. Anderson deu um blockpass em Seely e ficou com a terceira colocação. No fim, surgiu a informação que Anderson teria sido penalizado por saltar durante a bandeira médica agitada, e teria caído para quinto, mas a classificação oficial mantém ele em terceiro na prova e em segundo no campeonato. Veja abaixo.

 

450_resultadosandioego_amasx2016

 

 

250 – Main Event

Apostando na curva por fora, Jordan Smith largou na frente seguido por Decotis, Osborne, Savatgy e Craig. Mas Decotis caiu ainda na primeira volta e perdeu muitas posições.

Copper Webb, assim como na classificatória, não saiu bem e precisou trabalhar para se aproximar dos ponteiros. Em quatro voltas, Webb já estava em quarto, tendo apenas Savatgy, Osborne e Smith a sua frente.

Na sétima volta, Osborne ultrapassou Smith e assumiu a liderança. No mesmo momento, Webb tomava a terceira colocação de Savatgy e partia para cima de Smith, a quem ultrapassaria na volta seguinte.

A “disputa” pela liderança aconteceu na 11ª volta, quando Webb chegou – e passou – Osborne para vencer a segunda corrida consecutiva neste ano. Duas voltas pro fim, Osborne ainda caiu sozinho e perdeu algumas posições.

 

250_main_sandiego_amasx2016

 

 

James “Bubba” Stewart fora de combate

jamesstewart_amasx

James Stewart anunciou na noite de sexta-feira que estaria presente na segunda etapa. E quando as ações iniciaram em San Diego, Bubba foi para os treinos, mas depois decidiu não correr. Uma semana antes, ele sofreu uma queda durante a primeira etapa e bateu a cabeça. Por precaução, resolveu tirar mais uma semana para se recuperar plenamente da concussão, apesar de ter passado em todos os testes médicos.

 

 

Classificatórias da 250

250 – Heat 1 / Top 9 passa para a final

Christian Craig, da Geico Honda, largou na frente. Savatgy, Mellross, Jordan Smith e Jimmy Decotis completavam o Top 5 após a primeira volta. Craig caiu sozinho na terceira volta e Joe Savatgy, da Monster Energy Pro Circuit Kawasaki, assumiu a ponta. Craig ainda conseguiu se manter entre os nove que passam direto para a final.

 

heat1_sandiego_amasx2016_250

 

 

250 – Heat 2 / Top 9 passa para a final

Colt Nichols, em seu segundo ano como profissional, saiu na frente na segunda classificatória da 250. Atrás dele, Osborne, Alberson, Oldemburg e Desprey fechavam o Top 5. Mas atrás, Cooper Webb batalhava para se recuperar de uma largada ruim, em que ficou preso num “bolo” e de uma “quase queda” na primeira volta. Mas o líder da categoria mostrou raça e terminou em quarto, indo direto para a Final. Osborne ultrapassou Nichols e ganhou a bateria.

 

heat2_250_amasx2016_sandiego

 

 

250 – LQC / Repescagem / apenas dois passam para a final

250_lcq_amasx2016_sandiego

 

 

Classificatórias da 450

450 – Heat 1 / Top 4 passa para a final

Justin Brayton puxava a fila na primeira volta, com Pourcel em segundo, seguido de Wilson, Nicoletti e Seely. Boas batalhas aconteceram neste Top 5, com Wilson ultrapassando Pourcel e Brayton para vencer sua segunda classificatória em sua carreira de 450. Mais atrás, Canard e Tomac apareceram muito rápidos, brigando pela última vaga que leva direto à final.

 

heat1_sandiego_amasx2016_250

 

 

450 – Heat 2 / Top 4 passa para a final

Ryan Dungey fez o holeshot trazendo Reed, Barcia e Roczen na carona. O ponto alto ficou pela disputa entre Barcia e Roczen, ambos de estilos arrojados, com Jason Anderson, vencedor da primeira etapa, BRIGANDO (e jogando Barcia para fora) para entrar no Top 4 que classifica direto para a final.

 

450_heat2_amasx_2016_sandiego

 

 

450 – Semi 1 / Top 5 passa para a final

Justin Bogle saiu na frente e venceu após cinco voltas de corrida. Pourcel e Millsaps fizeram boa corrida. Mas quem imprimiu um ritmo forte foi Justin Barcia, que ainda sente dores no dedo polegar de uma das mãos, e terminou em segundo.

 

450_semi1_sandiego_amasx2016

 

 

450 – Semi 2 / Top 5 passa para a final

Marvin Musquin largou em primeiro, liderou as duas primeiras voltas, e depois sofreu o ataque de Trey Canard, que tomou a dianteira e abriu. Logo atrás, Friese, personagem da semana passada, disputava a terceira colocação com Jake Weimer.

 

semi2_amasx_sandiego_450

 

450 / LCQ – somente os dois melhores passam para a final

lcq_450_sandiego_amasx2016

 

 

Resultados dos treinos

Os melhores da 250
250_treinos_sandiego_amasx2016

 

Os melhores da 450
450_treinos_sandiego_amasx2016

Yamaha