Romain Febvre vence pela sexta vez na temporada e coloca mão na taça do Mundial de Motocross 2015

FebvreSat_MXGP_15_LOM_2015
Febvre está com uma mão na taça – Crédito: MXGP

 

A 15ª das 18 etapas do Mundial de Motocross 2015 aconteceu neste domingo, 23, em Mantova, na Itália (esta rodada estava marcada, no calendário prévio da Youthstream, para acontecer no Brasil, mas foi cancelada pelos organizadores brasileiros, por falta de verba, em fevereiro).

O francês Romain Febvre, da Yamaha, venceu as duas baterias e se colocou mais próximo do título inédito em sua carreira. Estreante na categoria MXGP, o piloto de 23 anos pode ser campeão na próxima etapa, que acontece na Holanda, dia 30 de agosto. Com 101 pontos a mais que o vice-líder, Gautier Paulin (Honda), se Febvre mantiver esta vantagem após o GP de Assen daqui a uma semana, será campeão por antecipação.

>>> Veja todos os vídeos da rodada!

Febvre tem 11 vitórias em baterias, seis em etapas e esteve no pódio das últimas dez rodadas. Venceu na areia, no chão duro, na lama, largando na frente ou vindo de trás. Se confirmar o título, traz para a Yamaha um troféu que a fábrica azul não conquistava desde 2009 (quando ganhou com Tony Cairoli).

Enquanto isso, na MX2 a briga pelo troféu fica mais interessante a cada rodada. O britânico Max Anstie (Kawasaki) vem numa crescente interessante, com três vitórias nos últimos quatro GPs e se credencia a entrar na disputa com o letão Pauls Jonass (KTM) e o esloveno Tim Gajser (Honda). Jonass lidera com quatro pontos de vantagem sobre Gajser e 38 pontos a mais que Anstie. Neste domingo, Anstie faturou as duas baterias, enquanto Gajser fez 3-2 e Jonass fez 2-3 nas baterias.

 

:: Melhores momentos da 15ª etapa

 

 

 

Resultados

MXGP – soma das baterias
mxgp_15etapa_mantova

 

MX2 – soma das baterias
mx2_15etapa_mantova

 

 

Classificação do campeonato

MXGP
mxgp_class_15etapas

 

MX2
mx2_class_15etapas