RESUMÃO: o sábado da segunda etapa da Copa Minas de Motocross 2015

Gustavo_pessoa_MXJR
Gustavo Pessoa – Foto: Jefferson Coelhinho Fraga

 

O primeiro dia de provas da segunda etapa da Copa Pro Tork Minas Gerais de Motocross foi marcado pelas disputas nas categorias Intermediária, Nacional, MX4, MXF, 50cc e Júnior. Em todas as corridas houve pegas que motivaram os pilotos e levantaram o público nas arquibancadas.

A prova que abriu o dia já mostrou que os pilotos estavam dispostos a “brigar” por melhores posições a cada volta. Apesar dos três primeiros colocados da Intermediária terem mantido os seus lugares durante toda a corrida, a tarefa não foi nada fácil. No final, o primeiro lugar ficou com o piloto Diogo Somenzar, seguido por Reginaldo Ribei e Rodrigo Marçal.

As mulheres entraram na pista logo em seguida e o ritmo foi o mesmo. O grito da torcida embalou a briga entre Mariana Balbi e Stefany Serrão, que garantiram o primeiro e segundo lugar, respectivamente. A piloto mineira Larissa Dallo chegou a ficar em segundo durante as primeiras voltas, mas acabou a corrida em quinto lugar.

Já na categoria MX4, a disputa foi entre o quarto, quinto e sexto colocados. Os três pilotos estavam próximos durante todo o percurso e a definição das posições só se confirmou com a bandeirada final. Hudson Olegário, Yuri Moreira e Marcos Antônio cruzaram a linha de chegada exatamente nessa ordem. Na ponta, a diferença de tempo entre os atletas foi maior. William Guimarães, que largou bem, manteve a dianteira até o final. Walter Sérgio Tardin e Vagner Lachi ficaram em segundo e terceiro lugar.

Os pequenos da categoria 50cc também fizeram bonito. A briga foi entre os pilotos mineiros Bruno Ferreira e Gustavo Abrahão. Bruno fez o melhor tempo no treino classificatório, mas largou mal e terminou a prova atrás de Gustavo (segundo colocado no treino), que dominou a prova e venceu com folga.

Na categoria Nacional, uma das mais disputadas do dia, os pilotos Ismael Rojas, Gabriel Montagner e Arthur Gás protagonizaram um espetáculo a parte. Os três batalharam pelas primeiras posições curva a curva. Arthur, um dos favoritos da prova, foi surpreendido ao perceber que sua moto havia se partido ao meio e foi obrigado a abandonar a corrida. Nas últimas voltas, Ismael assumiu a ponta e cruzou a linha de chegada em primeiro, deixando Gabriel em segundo.

A prova que encerrou o dia manteve o mesmo clima das demais. Enzo Lopes, Gustavo Pessoa e Pepê Bueno mantiveram o público ligado até o final para ver quem ficaria com o lugar mais alto do pódio da categoria Júnior. Enzo liderou a prova durante as primeiras voltas, mas caiu e a moto apagou. Ainda assim, se recuperou e terminou a corrida em terceiro lugar. Com diferença de dois segundos, Gustavo passou em primeiro e Pepê ficou com a segunda colocação.

Neste domingo, 26, quem entra na pista são as feras da MX1, MX2, MX3, 85cc, 65cc e Super Final. Os treinos livres e classificatórios estão programados para começarem às 8h, e as corridas às 12h45.

Após todas as provas será realizado o sorteio de uma moto 0Km. Para participar é preciso levar 1Kg de alimento não perecível e trocar por um cupom na entrada do evento. As pessoas que não tiverem a oportunidade de comparecer à pista poderão conferir tudo em tempo real CLICANDO AQUI.

 

Resultados

50cc
1º # 22 GUSTAVO ABRAHÃO
2º # 34 BRUNO FERREIRA
3º # 166 MARINO FERNANDES
4º # 55 GUSTAVO RODRIGUES
5 º # 800 JOSÉ ARANTES

 

Intermediária

1º # 88 DIOGO MALHEIRO
2º # 411 REGINALDO RIBEIRO
3º # 128 RODRIGO MARÇAL
4 º # 585 THIAGO FARIAS
5º # 35 LEONARDO LIMA

 

Júnior

1º # 891 GUSTAVO PESSOA
2º # 7 PEPÊ BUENO
3º # 16 ENZO LOPES
4º # 945 LEONARDO DE SOUZA
5º # 61 FREDERICO SPAGNOL

 

MX4

1º # 21 WILLIAN GUIMARÃES
2º # 125 WALTER TARDIN
3º # 731 VAGNER LACHI
4º # 75 HUDSON OLEGÁRIO
5º # 17 YURI MOREIRA

 

MXF

1º # 81 MARIANA BALBI
2º # 29 STEFANY SERRÃO
3º # 222 MARCÉLY CAZZADI
4º # 2 LAYS CAZZADINI
5º # 22 LARISSA DALLÓ

 

Nacional

1º # 127 ISMAEL ROJAS
2º # 303 GABRIEL MONTAGNER
3º # 411 MAICON ROSA
4º # 629 BRUNO VINÍCIUS
5º # 35 LEONARDO LIMA

 

O GP cidade de Ibirité tem o patrocínio da Pro Tork. Co-patrocínio X11, Scud, Ingá, Motul, Vitiss Cosméticos, Ampla Yamaha, Skull Racing, Edgers Racing e Arcata. Apoio Prefeitura de Ibirité, TV Globo Minas, 98fm, jornais O Tempo e Super Notícia. Supervisão da Federação de Motociclismo do Estado de Minas Gerais e organização do Moto Clube Cassios Racing.