Resultados dos brasileiros no Ricky Carmichael Daytona Supercross Amador 2015

Yamaha
ramylleralves_minios
Ramyller Alves – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Os Estados Unidos são repletos de competições amadoras de motocross e supercross. Loretta Lynn’s, Mini O’s e Ricky Carmichael Daytona SX Amador são as principais. Com grandes estruturas e organizações nem um pouco amadoras, os eventos são direcionados a pilotos de todas as idades e níveis técnicos, partindo das categorias de 50cc até veteranos de 450 e 250.

É nestas competições também que estão os pilotos em transição do amador para o profissional. Eles se encontram nas categorias 250 A e B, 450 A e B, e nas Schoolboy 1 e 2, grande parte já com estrutura de fábrica, inseridos em times da KTM, Suzuki, Kawasaki, Yamaha e Honda. Por estarem recheadas de pilotos nestas condições, podemos dizer que estas categorias perdem a característica de “amadoras”, e o termo “semi-profissionais” encaixa melhor.

A cada ano que passa, mais brasileiros têm participado destes eventos. Nos dias 8 e 9 deste mês, oito atletas do Brasil estiveram no evento organizado por Ricky Carmichael na pista de Daytona, a mesma que sediou a décima etapa do AMA Supercross no dia 7.

Levando em consideração o nível técnico das categorias, o melhor brasileiro foi Ramyller Alves, que conquistou o quinto lugar na Schoolboy 2, uma categoria para motos de 250cc quatro-tempos, e também fez uma boa classificatória na 450B, mas acabou caindo na final e teve seu resultado no Main Event prejudicado.  Ramyller é filho de mineiros que moram nos Estados Unidos há muitos anos e, aos 16 anos, tem se destacado cada vez mais na “Terra do Tio Sam”.

Enzo Lopes encarou as categorias 250 B e Schoolboy 2. Seu melhor desempenho foi o nono lugar na 250 B, uma categoria muito forte, vencida por Austin Forkner, piloto que deve aparecer em breve entre os profissionais. O piloto explicou que se sentiu bem no segundo dia, mas que fez largadas ruins porque pegou gates ruins depois ir mal nas classificatórias no primeiro dia de treinos e corridas classificatórias.

Os demais brasileiros, que correram em categorias “mais amadoras”, conquistaram melhores colocações no pódio. O paulista Deninho Alves foi campeão da categoria 250 C e vice-campeão na 450 C, da qual outro brasileiro, o paranaense Diego Tavares, saiu com o título pelo segundo ano consecutivo, desta vez após uma bela disputa com o conterrâneo Deninho. Por fim, Jânio Rezende, de Goiás, conquistou o vice-campeonato na categoria Vet B/C 30+, para veteranos acima de 30 anos. Mas teve mais!

 

diegotavares
Diego Tavares comemora o bi na 450 C – Foto: Divulgação

 

 

Confira os resultados dos brasileiros no Ricky Carmichael Daytona Supercross Amador 2015

Ramyller Alves
450B / 21º lugar
Schooboy 2 (13-16 anos) / 5º lugar

Enzo Lopes
250B / 9º lugar
Schooboy 2 (13-16 anos) / 15º lugar

Deninho Alves
250C (17+) / 1º lugar
450C (21+) / 2º lugar

Diego Tavares
450C (21+) / 1º lugar
250C (17+) / 5º lugar

Jânio Rezende
Vet B/C (30+) / 2º lugar
Senior B/C (40+) / 3º lugar

Marcelo Felipe Souza
250C (17+) / 7º lugar
450C (14-20) / 12º lugar

Gabe Gutierres
Super-Mini (12-16 anos) / 20º lugar

João Pedro Rezende
250 C (12-16 anos) / 18º lugar

 

Nomes que se destacaram

Além de olhar para os brasileiros, é sempre interessante ver os nomes que se destacam nas principais categorias destas competições, pois são eles que brilharão no AMA Motocross/Spercross nos em breve. Separamos uma lista com 12 nomes de atletas que “circularam” no TOP 3 das categorias 250 A e B, 450 A e B, e Schoolboy 1 e 2.

:: Olho neles
Austin Forkner (Kawasaki – #214)
Chase Bell (Kawasaki – #235)
Darian Sanayei (Kawsaki – #457)
Mitchell Harrison (Kawasaki – #229)
Tristan Charboneau (Honda – #216)
Daniel Baker (KTM – #44)
Lorenzo Locurcio (Yamaha #83)
John White (Yamaha – #663)
Max Markolf (KTM #827)
Joey Crown (Kawasaki – #35)
Mitchell Falk (KTM – #612)
Challen Tennant (KTM #71)

 

:: Vídeo mostra Ramyller Alves disputando as primeiras colocações na bateria classificatória da 450 B

 

:: Lance espetacular na categoria 450 Pro

Yamaha