Resultados dos brasileiros no Ricky Carmichael Amateur Daytona Supercross 2019

Renato “Muguinho” Paz disputou a categoria 250A – Foto: David Lando

 

Terminou nesta terça-feira, 12, a edição 2019 do Ricky Carmichael Amateur Daytona Supercross, e, junto com ela, a participação dos pilotos brasileiros no evento (sete, conforme citado aqui em reportagem anterior).

Renato Paz, o “Muguinho”, finalizou em 11º na categoria 250A.

– Tive um bom fim de semana em Daytona, foi minha primeira vez correndo um nacional na categoria 250A. Fiz uma ótima largada, dentro do top 5, consegui andar metade da prova no pelotão da frente, mas outro piloto acabou caindo na minha costas e perdi algumas posições. Também acabei cometendo alguns erros durante a prova que me impediram de conseguir um resultado melhor. Sabia que poderia brigar lá na frente, mas estou feliz com o resultado e por terminar inteiro. Acabei finalizando na 11° posição. Agora é hora de voltar para casa, corrigir os erros e continuar no trabalho duro porque logo logo começam as classificatórias para o Loretta Lynn 2019. Quero agradecer a todos que me mandaram mensagem de apoio e que torceram por mim, vamos continuar lutando. Obrigado Brasil! – disse Muguinho.

Gabriel Andrigo fez 9º na 250 Jr, 11º na 450 Limited, 20º na 250 Limited e 16º na 250B.

Já Augusto Kosiak foi 12º na 250C e 9º na 250 Jr.

– Na primeira bateria não fiz uma boa largada, saí em 30º, mas consegui terminar em 12°. Na segunda tive uma largada excelente, conquistando o holeshot, mas infelizmente cometi alguns erros e sai fora da pista, terminando em 9°. Estou muito feliz pelo resultado e agora é trabalhar para as próximas corridas que virão em breve – disse Augusto.

Augusto Kosiak fazendo o holeshot em Daytona – Foto: Arquivo Pessoal

 

Luiz Fernando Tonini ficou em 22º na 450 Limited.

Luiz Fernando Tonini a caminho da pista em Daytona – Foto: Arquivo Pessoal

 

– Assim acabou meu RCSX em Daytona. Estava na frente na minha classificatória, saltei curto em uma sessão de ritmo e caí, acabei perdendo os sentidos por um momento e tirei o ombro do lugar. Tentei tudo que pude, mas a dor venceu dessa vez. Obrigado a todos pelo apoio, eu vou voltar ainda mais forte. Ps. É difícil digitar com a minha mão esquerda (risos) – escreveu Marcelinho Felipe no Instagram, justificando o abandono precoce nas categorias College Boy e 450.

Assim terminou o Ricky Carmichael Amateur Daytona Supercross 2019 para o brasileiro Marcelinho Felipe – Foto: Arquivo Pessoal

 

Entre as crianças, Kevyn de Pinho foi o 7º colocado na 65cc.

Seu irmão, Kayky de Pinho, acabou abandonando a 50cc, sem conseguir completar.