Resultados do Rally dos Sertões 2016 – Etapa 2

caselani_donicastilho
Gregório Caselani – Doni Castilho

 

Após duas etapas e muita poeira, Jean Azevedo, da Honda, lidera o Rally dos Sertões 2016 nas motos. Nesta segunda-feira, 5, foi realizada a Etapa 2, entre as cidades goianas de Padre Bernardo e Cavalcante.

Os competidores percorreram 418,3 quilômetros (374,8 quilômetros cronometrados). Gregorio Caselani, da Honda, foi o primeiro, seguido por Jean Azevedo (Honda) e Ricardo Martins, da Yamaha. Ao concluir a prova, Gregorio destacou o duelo com o companheiro de equipe Jean Azevedo.

– Foi um início de especial muito travado. Os primeiros 80 quilômetros foram só de trilhas. Consegui imprimir um ritmo muito bom, passei o Jean e abri. Mas depois, entre os quilômetros 120 e 150, cometi alguns erros e ele acabou me passando. Na sequência, eu cheguei nele de novo, mas não consegui ultrapassar. Após o abastecimento, a especial tornou-se muito rápida. No quilômetro 250 eu passei por ele e fomos assim até o final – detalhou o gaúcho.

Tunico Maciel, que estava em segundo na classificação, tomou um tombo nesta segunda-feira e não completou a prova. Ricardo Martins se beneficiou e subiu para o terceiro posto.

– Hoje (segunda-feira) foi um dia típico de Sertões, bem difícil, com muita pedra, rios, dia que exigiu bastante técnica. No início, passei um pouco de trabalho com a navegação, mas da metade em diante eu coloquei a cabeça no lugar, resolvi deixar estes problemas pra trás, e fui em frente. Deu certo. Cumpri o objetivo de terminar entre os cinco primeiros. Amanhã (terça-feira) tem mais – comentou Martins.


 

Etapa 3

Até Posse, os pilotos vão enfrentar 643,48 quilômetros, sendo 376,41 cronometrados. Depois de um deslocamento inicial de 23 quilômetros, eles vão iniciar uma especial (contra o relógio) muito técnica.

No início haverá estradas sinuosas, com muitas erosões e depressões. A prova prossegue por uma região montanhosa, com muitas subidas e descidas fortes e com trechos de trial. A rota se mantém  sinuosa por estradas menores e com velocidade média. Mais à frente, prossegue por estradas de alta velocidade.

O roteiro alterna pontos de média e alta velocidade, com muita navegação até o último trecho, em que o ritmo aumenta novamente e segue assim até o final. O piso predominante é o de cascalho. Porém, com muitas pedras, estradas de piçarra e pequenos trechos de areia.

 

Resultados do Rally dos Sertões 2016

Etapa 2 (extra-oficial)
1. Gregório Caselani – 05:06:34.6
2. Jean Azevedo – 05:09:19.9
3. Ricardo Martins – 05:10:59.1
4. Ramon Sacilotti – 05:18:28.2
5. Eduardo Shiga – 05:21:49.2

Acumulado (extra-oficial)
1. Jean Azevedo – 06:48:33
2. Gregório Caselani – 06:48:16
3. Ricardo Martins – 06:51:33
4. Ramon Sacilotti – 06:56:52
5. Zé Hélio – 07:06:52