Resultados da final do Catarinense de MX 2018 em Indaial

Yamaha
Indaial sediou simultaneamente as finais do Catarinense de Motocross e Velocross 2018 – Foto: Tiago Racecross

 

Pela primeira vez na história do motociclismo catarinense, uma etapa do estadual de motocross e do estadual de velocross foram realizadas simultaneamente, reunindo os pilotos das duas modalidades, num final de semana de muita adrenalina e diversão.

A cidade de Indaial recebeu no último fim de semana, 10 e 11, mais de 300 pilotos, vindos de quatro estados diferentes, para correr a final da temporada 2018 dos dois campeonatos.

No velocross, a prova também foi válida como etapa da Copa Contestado.

As corridas foram disputadas no Parque Municipal Jorge Hardt.

A maior emoção do evento foi a despedida de Milton Becker, o Chumbinho.

O piloto com maior número de títulos nacionais fez sua prova de despedida, emocionando os amigos e fãs que compareceram para prestigiar a última corrida da lenda do motociclismo.

Becker havia anunciado sua despedida das pistas na última etapa do Brasileiro de Motocross 2018, em Fagundes Varela, no Rio Grande do Sul, dia 4.

Prova marcou a despedida oficial de Milton Chumbinho Becker – Foto: Tiago Racecross

 

No motocross, Fabio Santos, piloto da Yamaha Monster Energy Geração, sagrou-se campeão de três categorias – MX1, MX2 e Elite MX.

Fabinho ainda fez um belo duelo com seu companheiro de equipe, Jean Ramos, que ficou com a vitória na corrida da Elite MX e MX1, que largaram juntas.

Fabinho Santos sagrou-se campeão em três categorias: MX1, MX2 e Elite MX

 

Jean Ramos ainda briga pelo título do Arena Cross Brasil, que deve ter a data e local de sua rodada final anunciadas em breve pela organização.

Disputa entre Jean Ramos e Fabinho Santos – Foto: Tiago Racecross

 

– Encerro o ano muito satisfeito com mais estes três títulos do Catarinense de Motocross 2018. Foi uma temporada muito boa, apesar de alguns problemas que enfrentei em algumas corridas. Mas vencer os obstáculos me fez sair ainda mais fortalecido, e fez também os títulos valerem ainda mais. Campeão brasileiro e campeão das três principais categorias no Catarinense. Estou muito feliz – afirmou Fabinho.

– Ainda estou no processo de recuperação do ombro, mas consegui uma boa largada na bateria da Elite. O Fabinho me pressionou um pouco no começo, mas acabou caindo, e eu tentei me soltar. Estava tenso e nervoso com a pista, tinha treinado pouco nela por causa da chuva e para poupar o ombro. Os retardatários me atrapalharam um pouco, o Fabinho chegou, mas consegui segurar e vencer. Feliz em terminar o campeonato com vitória. Este ano sofri bastante com problemas pessoais, falta de concentração, mas termino o ano com duas boas corridas. E ainda tem a última do Arena, depois é pensar em 2019 – afirmou Jean Ramos.

 

Resultados

MX Elite

1) Jean Ramos

2) Fabio Santos

3) Rafael Faria

4) Alex Cavalca

5) Gabriel Andrigo

 

MX1

1) Jean Ramos

2) Fabio Santos

3) Alex Cavalca

4) Romulo Nora Chiarani

5) Paulo Krutzsch Jr

 

MX2

1) Fabio Santos

2) Rafael Faria

3) Murilo Lima França

4) Denilson de Souza

5) Edu Gustavo Isensee

 

MX3

1) Jhonatan Batista

2) Alex Cavalca

3) Richard Berois

4) Erivelto Nicoladelli

5) Lawrence Tasca

 

MX4

1) Milton Becker

2) Erivelto Nicoladelli

3) Richard Berois

4) Anisio Clasen

5) Vanderley Batista

 

MX5

1) Ricardo Kamencic

2) Claiton Luiz Detoni

 

Intermediária MX1

1) Markolf Berchtold

2) Charles Baron

3) Osmair Cipriani

4) Romulo Nora Chiarani

5) Alexandro Carvalho

 

Intermediária MX2

1) Murilo Lima França

2) Bruno Felipe Hodecker

3) Olivio Gabriel dos Santos

4) Hiago Zeferino Bon

5) Gabriel Bohrer Andrigo

 

Nacional

1) Rafael Faria

2) Murilo Lima França

3) Emerson Natalino Maciel Pereira

4) Regis Zonta

 

Junior

1) Gabriel Vinicius dos Santos Mielke

2) Gabriel Andrigo

3) Ivo Petras Kurahashi Konell

4) Vitor Hugo Jarosczevski de Borba

5) Herick Fernandes Reis

 

65cc

1) Rafael Becker

2) Vitor Hugo Jarosczevski de Borba

3) Garmichel Giehl

4) Raul Miranda

5) Joaquim Atanasio Dias

 

55cc

1) Eduardo dos Santos Mielke

2) Joaquim Atanasio Dias

3) Angelo Gabriel Gonçalves

4) Nikolas Tapari Roque de Lima

5) Felipe Martini Tasca

Yamaha