Resultados da 1ª etapa do Brasileiro de Rally Baja e Rally Cross Country 2019

Yamaha
Rafael Espíndola venceu a categoria Super Production e também a Classificação Geral

 

O 2º Rally Minas Brasil abriu a temporada 2019 do Brasileiro de Rally Cross Country, Brasileiro de Rally Baja e Mineiro de Rally.

A prova foi realizada nos dias 16 e 17 de março, na cidade de Patos de Minas, Minas Gerais, e reuniu um grid de 107 veículos, entre motos, quadriciclos, UTVs e carros.

Organizado pela Rallymakers, o evento foi um grande sucesso e recebeu muitos elogios dos participantes.

Estiveram representados nesta competição, 12 Estados e 46 cidades.

O parque de apoio do 2º Rally Minas Brasil foi montado no Centro de Convenções e Eventos UNIPAM, onde a população teve livre acesso para visitar o evento e conhecer de perto a estrutura de um rali de abrangência nacional.

Após dois dias de disputas e 300 quilômetros percorridos, o piloto Rafael Espíndola, de Brusque, Santa Catarina, conquistou o primeiro lugar na classificação geral entre as Motos, e também, a primeira posição na categoria Super Production, no tempo total de 04h30min54seg.

– O Rally Minas Brasil foi surpreendente em todos os sentidos. A prova foi bem organizada, técnica, com visuais incríveis, atingi velocidade acima dos 150 km/h, que exigiu 100% de atenção dos pilotos. Foi minha primeira competição oficial com a Kawasaki KLX 450 R e estrear com uma dupla vitória, foi incrível – falou o piloto.

– Nunca havia participado do Rally Minas Brasil, mas com certeza voltarei nas próximas edições – completou Rafael.

O roteiro adentrou o município de Presidente Olegário, passando pelas regiões de Tiririca, do Facão, da Bananeira, do Pé do Morro, do Cruzeiro da Prata, de Boa Vista, do Piçarrão, de Vargem Grande e da Lobeira.

Apresentando de tudo um pouco, o trajeto passou por propriedades particulares de produção agrícola, serras e estradas vicinais.

Entre longas retas (por muitas vezes quebradas por curvas), os pilotos encararam erosões, pedras, trial, areia, lombadas (e saltos), travessia de rios, poças de lama (e barro), curvas em gancho e 90 graus, além de subidas e descidas.

Para o diretor executivo da Rallymakers, Fernando Bentivoglio, o 2º Rally Minas Brasil cumpriu o seu papel e foi digno de uma etapa de abertura de Brasileiro.

– Encerramos a competição com o sentimento de dever cumprido, e a escolha por Patos de Minas não poderia ter sido mais acertada. A região tem muitas trilhas e pudemos escolher as melhores. E ainda tivemos uma ajuda de São Pedro, que no segundo dia de rali mandou um pouco de chuva para transformar o terreno e proporcionar mais um tipo diferente de obstáculo aos competidores – disse Bentivoglio.

 

Classificação final da categoria Motos

1. Rafael Espíndola
2. Thiago Carnio
3. Rubens Neiton
4. Bruno Leles
5. Guilherme Bissotto
6. Aldo Rocha Junior
7. Marco Antonio Pereira
8. Cristhiano Pressi
9. Danilo Gomes
10. Cesar Bogo

Yamaha