Resultados da 11ª etapa do AMA Motocross 2019 em Budds Creek

Yamaha

Chegando em seus momentos decisivos, neste sábado, 17, foi disputada a 11ª e penúltima rodada da temporada 2019 do AMA Motocross. E finalizadas as corridas em Budds Creek, um campeão foi conhecido de forma antecipada. O outro será coroado na rodada final em Indiana.

Na categoria 450, Eli Tomac, da equipe Monster Energy Kawasaki, faturou o tricampeonato consecutivo com uma rodada de antecedência, ao vencer as duas baterias. O pódio foi completado por Jason Anderson, da Rockstar Energy Husqvarna, em 2º, e pelo francês Marvin Musquin, da Red Bull KTM, em 3º.

No campeonato, 50 pontos separam Tomac de Musquin, exatamente a soma de duas vitórias. Para ser campeão (o que no momento não é mais possível) o francês da KTM, além de ter que vencer as duas baterias e torcer para que Tomac sequer somasse um único ponto, ainda teria que superar o piloto da Kawasaki no primeiro critério de desempate, que é o número de vitórias (algo impossível também). Por isso, Tomac saiu de Budds Creek como campeão.

 

2017, 2018, 2019… alguém será capaz de parar Eli Tomac na categoria 450 do AMA Motocross?

 

E o que dizer do surpreendente resultado da categoria 250? Alguém apostava numa vitória de Shane McElrath, da KTM (apenas 8º na classificação do campeonato)? Pouco provável. E ele venceu as duas baterias, deixando o líder do campeonato, Adam Cianciarulo, da equipe Monster Energy Pro Circuit Kawasaki, em 2º.

 

Alguém aí apostava em vitória de Shane McElrath na categoria 250?

 

Justin Cooper, da Yamaha, completou o pódio em 3º. No campeonato, Cianciarulo e o francês Dylan Ferrandis, da Yamaha (4º colocado em Budds Creek) vão para a rodada final, em Indiana, separados por 30 pontos.

 

Dylan Ferrandis (34) e Adam Cianciarulo (92). Quem ficará com o título da 250 na rodada final?

 

Budds Creek também marcou o retorno do brasileiro Enzo Lopes as corridas, após recuperar-se de uma lesão no escafoide, sofrida no AMA Supercross 2019. Também foi a estreia do brasileiro no AMA Motocross 2019, já que ele garantiu que disputaria as duas últimas rodadas do campeonato.

Enzo fez 17º na primeira bateria e 18º na segunda, somando 5 pontos e terminando em 18º na soma geral das baterias. A temporada 2019 do AMA Motocross termina no próximo sábado, 24, com a 12ª rodada, O Ironman Raceway, a ser disputado em Crawfordsville, no estado de Indiana.

 

Melhores Momentos

 

Soma das baterias 450

  1. Eli Tomac (Kawasaki) 1-1
  2. Jason Anderson (Husqvarna) 4-2
  3. Marvin Musquin (KTM) 3-3
  4. Ken Roczen (Honda) 2-7
  5. Zach Osborne (Husqvarna) 5-4
  6. Justin Barcia (Yamaha) 6-5
  7. Dean Wilson (Husqvarna) 8-6
  8. Aaron Plessinger (Yamaha) 9-9
  9. Benny Bloss (KTM) 7-11
  10. Kyle Cunningham (Honda) 11-8

 

Soma das baterias 250

  1. Shane McElrath (KTM) 1-1
  2. Adam Cianciarulo (Kawasaki) 2-5
  3. Justin Cooper (Yamaha) 6-2
  4. Dylan Ferrandis (Yamaha) 4-4
  5. RJ Hampshire (Honda) 3-8
  6. Cameron McAdoo (KTM) 8-9
  7. Chase Sexton (Honda) 12-6
  8. Ty Masterpool (Yamaha) 7-11
  9. Alex Martin (Suzuki) 18-3
  10. Michael Mosiman (Husqvarna) 5-14

 

Classificação 450

  1. Eli Tomac – 476 Pts (Campeão)
  2. Marvin Musquin – 426 Pts
  3. Ken Roczen – 421 Pts
  4. Jason Anderson – 376 Pts
  5. Zach Osborne – 365 Pts
  6. Cooper Webb – 324 Pts
  7. Justin Barcia – 283 Pts
  8. Fredrik Noren – 218 Pts
  9. Justin Bogle – 210 Pts
  10. Blake Baggett – 175 Pts

 

Classificação 250

  1. Adam Cianciarulo – 479 Pts
  2. Dylan Ferrandis – 449 Pts
  3. Justin Cooper – 419 Pts
  4. RJ Hampshire – 310 Pts
  5. Colt Nichols – 292 Pts
  6. Chase Sexton – 278 Pts
  7. Alex Martin – 277 Pts
  8. Shane McElrath – 260 Pts
  9. Michael Mosiman – 258 Pts
  10. Hunter Lawrence – 252 Pts
Yamaha