Rally Dakar 2020 terá inédito roteiro na Arábia Saudita

Apresentação do roteiro do Rally Dakar 2020 em Paris

 

Os detalhes do roteiro do Rally Dakar 2020 foram revelados no Instituto do Mundo Arábe, em Paris. Em 2020 o maior rali do mundo sai da América do Sul e desembarca na Ásia, mais precisamente na Arábia Saudita, no Oriente Médio. A prova foi carinhosamente batizada de “Capítulo III”, já que esta é a terceira vez na história que o Dakar muda de continente

Ao todo os pilotos enfrentarão 12 etapas, percorrendo uma distância total próxima dos 7.900 km, com mais de 5 mil km de especiais cronometradas, com a primeira metade da prova levando os pilotos por um labirinto de trechos onde as habilidades de navegação serão testadas, antes da segunda metade, quando o rali mergulha de vezes nas dunas da Arábia Saudita.

 

Etapa Super Maratona

As etapas maratona, onde não é permitida a assistência noturna das equipes, fazem parte do Dakar já há algum tempo, mas em 2020 a novidade é a etapa Super Maratona, que servirá para nivelar as disputas entre profissionais e amadores.

Ao chegaram no acampamento na cidade de Neom, onde termina a segunda etapa, os pilotos terão apenas 10 minutos para reparos mecânicos.

 

 

Roteiro

O Dakar 2020 começa no dia 5 de janeiro, largando em Jeddah, segunda maior cidade do país. Ao todo serão 12 etapas até a chegada em Qiddivah.

Antes do descanso, que acontece no dia 11 de janeiro em Riyadh, os pilotos terão o primeiro gostinho das desafiadoras dunas da Arábia Saudita, além da chance de se preparar para o que a segunda metade reserva, os famosos “bairros vazios”, cidades fantasmas no meio do deserto.

 

 

Estes locais ficam no extremo sul da Arábia Saudita, e são praticamente desabitados, exceto por um punhado de aldeias e oásis, além de dunas com mais de 250 metros de altura, uma após a outra.

A organização afirma que a navegação será fundamental durante as três últimas etapas. Já a etapa maratona será realizada entre as etapas 10 e 11, dando à última parte do rali uma dificuldade extra.

Confira a seguir os detalhes do roteiro.

 

1ª etapa: Jeddah – Al Wajh (5 de janeiro)

Cronometrado: 319 km

Deslocamento: 433 km

Total: 752 km

Assistência mecânica: km 639

 

2ª etapa: Al Wajh – Neom (6 de janeiro)

Cronometrado: 367 km

Deslocamento: 34 km

Total: 401 km

Assistência mecânica: km 239

 

3ª etapa: Neom – Neom (7 de janeiro)

Cronometrado: 404 km

Deslocamento: 84 km

Total: 489 km

Assistência mecânica: etapa Super Maratona

 

4ª etapa Neom – Al Ula (8 de janeiro)

Cronometrado: 453 km

Deslocamento: 223 km

Total: 676 km

Assistência mecânica: km 500

 

5ª etapa: Al Ula – Há’il (9 de janeiro)

Cronometrado: 353 km

Deslocamento: 210 km

Total: 563 km

Assistência mecânica: km 442

 

6ª etapa: Há’il – Riyadh (10 de janeiro)

Cronometrado: 478 km

Deslocamento: 352 km

Total: 830 km

Assistência mecânica: km 619

 

11 de janeiro: dia de descanso em Riyadh

 

7ª etapa: Riyadh – Wadi Al-Dawasir (12 de janeiro)

Cronometrado: 546 km

Deslocamento: 195 km

Total: 741 km

Assistência mecânica: km 741

 

8ª etapa: Wadi Al-Dawasir – Wadi Al-Dawasir (13 de janeiro)

Cronometrado: 474 km

Deslocamento: 240 km

Total: 713 km

Assistência mecânica: etapa Maratona

 

9ª etapa: Wadi Al-Dawasir – Haradh (14 de janeiro)

Cronometrado: 415 km

Deslocamento: 476 km

Total: 891 km

Assistência mecânica: km 737

 

10ª etapa: Haradh – Shubaytah (15 de janeiro)

Cronometrado: 534 km

Deslocamento: 74 km

Total: 608 km

Assistência mecânica: etapa Maratona

 

11ª etapa: Shubaytah – Haradh (16 de janeiro)

Cronometrado: 379 km

Deslocamento: 365 km

Total: 744 km

Assistência mecânica: etapa Maratona

 

12ª etapa: Haradh – Qiddiyah (17 de janeiro)

Cronometrado: 374 km

Deslocamento: 73 km

Total: 447 km

Assistência mecânica: km 341

 

Total cronometrado: 5.097 km

Total deslocamento: 2.759 km

Total: 7.856 km

Total assistência mecânica: 4.267 km