Dez pilotos que vão sacudir o Red Bull Minas Riders 2017

Yamaha

Por Tiago Mendonça – RedBull.com

Em maio, os melhores pilotos de enduro extremo estarão no Brasil prontos para encarar a segunda edição do Red Bull Minas Riders.

Serão cinco dias de evento off-road, no meio do mato, passando por obstáculos naturais praticamente intransponíveis, em desafios que podem passar de 100 km de extensão.

>>> Clique, responda e concorra a prêmios!

Embora qualquer apaixonado por trilhas possa testar seus limites no evento (as categorias são divididas para diferentes níveis de experiência e possuem trajetos distintos), existe uma classe específica onde o objetivo é jogar todo mundo nas piores pirambeiras mesmo.

Estamos falando da categoria Gold, destinada à elite do Hard Enduro mundial. Lá, a criança chora e a mãe não ouve.

Alguns são nomes extremamente respeitados no exterior, como o espanhol Alfredo Gomez, atual campeão do Red Bull Minas Riders, ou o britânico Graham Jarvis, verdadeira lenda do esporte, estão confirmados. Mas, outras feras também virão.

Fique de olho nesta lista:

 

1 :: Alfredo Gomez

Dispensa apresentações para os fãs de Hard Enduro. Alfredo começou nas motos de trial, onde foi campeão mundial por duas vezes (em 2007 e 2011), sempre na categoria Júnior. O salto para o enduro aconteceu em 2012.

Garantiu a medalha de prata nos X-Games de Munique, em 2013. No ano passado, foi o vencedor da primeira edição do Red Bull Minas Riders.

Alfredo Gomez esteve no Brasil recentemente para ministrar um curso de pilotagem. Confira mais detalhes nesta reportagem do Bandsports.

 

 

 

2 :: Graham Jarvis

Minas Riders 2017
Aos 41 anos, Jarvis ainda é o cara © Fabio Piva/Red Bull Content Pool

 

Quando criança, costumava ver vídeos de pilotos de trial para aprender as técnicas utilizadas por eles. Garante que faz isso ainda hoje, para aprender o máximo possível. Jarvis foi o melhor piloto da temporada passada, conquistando três vitórias importantíssimas no Red Bull Hare Scramble, no Red Bull Romaniacs e no Motul Roof of Africa.

 

3 :: Bruno Crivilin

Crivilin não tem medo de cara feia © Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool

 

Das poucas certezas que envolviam a primeira edição do Red Bull Minas Riders: nenhum brasileiro conseguiria completar a prova na categoria Gold. Simplesmente pelo alto nível de exigência e pela pouca experiência dos pilotos locais neste tipo de competição. Mas Bruno Crivilin resolveu desafiar esse descrédito.

Não só se inscreveu na categoria Gold como também conseguiu completar a prova, em um esforço sobre-humano ao lado de outro brasileiro, Gustavo Pellin. Missão cumprida. Para este ano, já escolado, Crivilin optou novamente pela classe mais complicada do Red Bull Minas Riders.

– Quero que seja mais difícil do que no ano passado – afirma.

 

 

4 :: Philipp Scholz

Sai da frente! Aí vem Philipp Scholz © Fabio Piva/Red Bull Content Pool

 

O alemão Philipp Scholz vem ao Brasil pela segunda vez consecutiva. No ano passado, ele perdeu o pódio para o britânico Paul Bolton por apenas 40 segundos. Incentivo extra para que ele esteja ainda mais forte na edição de 2017.

É um nome que certamente pode ser inserido entre os favoritos.

 

 

5 :: Cody Webb

Embora as principais conquistas do norte-americano Cody Webb no enduro extremo para motos tenham sido obtidas dentro dos Estados Unidos, estrelas como Graham Jarvis e Alfredo Gomez já o colocam como um adversário de altíssimo nível.

Considerado um especialista no AMA EnduroCross Championship e nos X Games, Cody está começando a chamar a atenção também no Hard Enduro. Será a primeira participação dele no Red Bull Minas Riders.

 

 

6 :: Didier Goirand

Didier Goirand

 

O mexicano Didier Goirand é mais um estreante no Red Bull Minas Riders.

Porém, carrega a experiência de quem já disputou provas igualmente brutais, caso do Red Bull Romaniacs, que traz semelhanças com a etapa brasileira em termos de desafios e formato (os dois eventos são promovidos pelo austríaco Martin Freinademetz).

 

 

7 :: Rigor Rico

Rigor Rico passou poucas e boas, mas venceu © Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool

 

No ano passado, a classe Silver teve um show do piloto brasileiro Rigor Rico. Ele esteve imbatível ao longo dos quatro dias e venceu correndo pertinho de casa. Rigor é mineiro da cidade de Barão de Cocais, cerca de 90 km distante de Belo Horizonte. O domínio foi tão grande que assim que ele cruzou o pórtico de chegada já estava decidido a se inscrever na categoria Gold em 2017. Será o maior desafio da carreira dele. Mas pelo que mostrou no ano passado, Rigor está pronto para a briga.

 

 

8 :: Wade Young

Olho nesse moleque © Cameron Baird/Red Bull Content Pool

 

Wade Young ganhou destaque internacional em 2012, tornando-se o mais jovem campeão do Roof of Africa, um dos enduros mais difíceis do planeta. Na época, tinha apenas 16 anos de idade. Não foi um resultado isolado. Agora, mais maduro e dono do mesmo talento que o levou a alcançar essa façanha, Young faz sua estreia no Red Bull Minas Riders.

 

 

9 :: Paul Bolton

Paul Bolton é uma das maiores figuras do ambiente do Hard Enduro. Além de extremamente rápido nas trilhas, é um cara bem humorado e protagoniza momentos divertidos como no vídeo acima, quando narrou uma volta pela pista do prólogo do Red Bull Minas Riders enquanto guiava. Ao final da competição, Bolton subiu no pódio em terceiro lugar.

 

 

10 :: Lars Enöckl

Tudo bem aí, Lars? © Marcelo Maragni/Red Bull Content Pool

 

Esse cara tem uma história incrível. Lars Enöckl largou uma carreira bastante promissora no esqui para virar piloto de Hard Enduro. E a prova de que fez a escolha certa veio no ano passado, durante o Red Bull Sea to Sky, na Turquia. Foi a primeira vitória do piloto austríaco, não por coincidência em uma prova duríssima.

 

>>> Clique aqui para participar do Minas Riders

Yamaha