PRÉVIA: Rally Dakar 2019

Pablo Quintanilla e Andrew Short, as apostas da Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing para o Rally Dakar 2019

 

Em 2019 o Rally Dakar vai para a sua 41ª edição e será disputado exclusivamente no Peru, com largada e chegada em Lima, entre os dias 6 e 17 de janeiro.

Serão 10 etapas com um roteiro que, além de gigante, será exigente, com aproximadamente 70% de dunas de areia e a expectativa entre a maioria dos pilotos é de que seja uma das edições mais duras dos últimos anos.

 

Husqvarna pronta para a disputa

A equipe Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing, composta pelos pilotos Pablo Quintanilla e Andrew Short, está preparada para enfrentar este que é considerado o maior desafio off-road do mundo.

Bicampeão mundial de rally na modalidade cross country, Quintanilla irá para o Peru após uma temporada estelar em 2018.

Neste ano o chileno foi vice-campeão mundial de rally cross country e vai para o sétimo Dakar de sua carreira, mais uma vez em busca do lugar mais alto do pódio.

Já Andrew Short ganhou em 2018 uma valiosa experiência, na sua primeira temporada completa competindo em provas de rally e está empolgado com o segundo Dakar de sua carreira.

Buscando aproveitar a experiência adquirida, o norte-americano estará de olho num bom resultado no Peru.

 

Yamaha quer impressionar ainda mais em 2019

Já a equipe Yamalube Yamaha Rally vai apostar nos pilotos Adrien Van Beveren, Xavier de Soultrait e Rodney Faggotter.

A participação de Franco Caimi será decidida antes do início do evento no Peru.

Continuando sob a orientação do diretor de equipe Alexandre Kowalski, do gerente de equipe José Leloir e do gerente esportivo Jordi Arcarons, todos os pilotos querem aproveitar ao máximo esta experiência, enquanto desafiam os melhores pilotos de rally do mundo.

Líder da equipe por mais um ano, Adrien Van Beveren, que foi uma das revelações do Dakar 2018, está ansioso para impressionar mais uma vez e vai buscar a vitória a qualquer custo.

No auge da carreira, o francês está pronto para brigar pelo título nas dunas peruanas.

Revelação do Dakar 2018, francês Adrien Van Beveren está no auge da carreira e pronto para brigar pelo título na edição 2019

 

Outro francês da equipe é Xavier de Soultrait, que vai para o quinto Dakar de sua carreira.

Soultrait treinou duro para aprimorar suas habilidades de navegação e seu principal objetivo no Peru é conquistar um lugar no pódio.

Já o australiano Rodney Faggotter teve papel crucial para a Yamalube Yamaha Rally nas duas últimas edições do Dakar e permanece com a equipe na edição 2019.

No ano passado ele teve um desempenho extremamente consistente, que o fez terminar em 16º na geral.

O objetivo em 2019, claro, é melhorar ainda mais este resultado.

Já o argentino Franco Caimi está fazendo todo o possível para recuperar a condição física ideal, após a lesão sofrida num acidente durante o Rally do Marrocos deste ano.

Ele deve passar por exames médicos poucos dias antes do evento, para saber se estará ou não apto para correr.

 

KTM vai em busca do 18º título consecutivo

Fechando o hall de equipes favoritas ao título está a Red Bull KTM, também em fase final de preparação, com os pilotos Mathias Walkner, Toby Price, Sam Sunderland e Luciano Benavides.

A equipe está treinando em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, e conta com um esquadrão excepcionalmente forte, que inclui, entre seus quatro pilotos, três campeões das últimas três edições do evento (Toby Price em 2016, Sam Sunderland em 2017 e Mathias Walkner em 2018).

É claro que a equipe vai tentar buscar o seu 18º título consecutivo na categoria motos.

E a fase não poderia ser melhor.

Conforme citado acima, Walkner venceu o Dakar deste ano e Price acabou de ser coroado campeão mundial de rally cross country.

Todas as atenções agora se voltam para o Dakar 2019.

Edições 2016, 2017 e 2018 do Dakar foram vencidas por três dos quatro atuais pilotos da Red Bull KTM. Equipe aposta nesta formação forte para buscar o seu 18º título consecutivo na edição 2019