Presidente da CBM afirma que oito etapas do Brasileiro MX 2014 serão mantidas

Yamaha
treslagoas
Três Lagoas estrou no Brasileiro MX em 2013 – Foto: Mau Haas / BRMX

 

Nesta segunda-feira, 27, a CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) emitiu nota informando a transferência da abertura do Brasileiro de Motocross 2014 do Rio Grande do Sul para Mato Grosso do Sul. Porém, a nota não explicava se o estado gaúcho ficaria fora da competição ou estaria apenas no “modo de espera”.

O BRMX conversou com Firmo Alves, presidente da CBM, nesta terça-feira, 28, para esclarecer. O presidente da entidade deixou claro que deve manter as oito etapas da competição.

– A idéia é fazer oito etapas bem feitas. O Rio Grande do Sul ainda pode realizar uma etapa, e pode até ser em Carlos Barbosa. Mas precisamos ter todas as licensas na mão. Não podemos correr o risco de chegar na sexta-feira da prova e aparecer um fiscal impedindo a realização do evento. E se não for lá, pode ser em outra cidade. Mas quero manter as oito etapas – disse Firmo Alves.

O dirigente está em viagem, visitando as possíveis sedes de etapas do Brasileiro de Motocross 2014. Na manhã desta terça-feira, antes de falar com o BRMX, fechou com a cidade de Limeira, São Paulo, para receber a final da competição, prevista para o dia 14 de setembro.

– O estado de São Paulo precisa estar no calendário. Vamos usar a pista de Limeira, do lado do kartódromo, que poderá ser aproveitado para fazer um box asfaltado – adiantou, antes de dizer que segue em viagem para os outros estados previstos no calendário para sacramentar as negociações.

Fato é que o calendário completo ainda precisa ser confirmado. Por enquanto, há certeza que haverá etapa em Três Lagoas-MS e Limeira-SP, curiosamente a primeira e última rodadas. Falta o recheio.

>>> Relembre a avalição do BRMX sobre a etapa de Três Lagoas em 2013
>>> Confira as fotos da etapa de Trës Lagoas – 2013
>>> Fotos dos bastidores em Três Lagoas – 2013

 

:: Pista de Três Lagoas com Thales Vilardi

Yamaha