Paulo Alberto assume liderança do Arena Cross Brasil 2019 em Caraguatatuba, São Paulo

Paulo Alberto – Foto: Danyllo Proto

Paulo Alberto, da Yamaha Monster Energy Geração, assumiu a liderança do Arena Cross Brasil após a rodada deste sábado, 8, realizada em Caraguatatuba, São Paulo.

Em uma pista desafiadora, bastante técnica, o português ganhou as duas corridas da noite, somando 40 pontos. Como na etapa de abertura Paulo ainda estava lesionado, esta foi a primeira demonstração plena do tetracampeão nesta temporada do Arena.

Na categoria AX2, pilotando uma YZ250F, Fabio Santos conquistou o terceiro lugar no pódio da bateria única nesta noite após liderar grande parte da prova, mas uma queda lhe tirou a vitória.

 

Resultados de Caraguatatuba

 

Pró – pódio
1. Paulo Alberto / 1-1
2. Hector Assunção / 2-2
3. Jetro Salazar / 3-3
4. Humberto Martin / 5-4
5. Jean Ramos / 5-6

AX2 – pódio
1. Lucas Dunka
2. Leonardo Souza
3. Fabio Santos
4. Leonardo Cassarotti
5. Fredy Spagnol

A 3ª etapa do Arena Cross Brasil está prevista para agosto. O local da prova deve ser anunciado em breve pela organização.

 

Classificação do campeonato

 

Pró – Top 5
1. Paulo Alberto / 72 pontos
2. Hector Assunção / 68 pontos
3. Jetro Salazar / 64 pontos
4. Jean Ramos / 57 pontos
5. Humberto Martin / 46 pontos

AX2 – Top 5
1. Lucas Dunka / 40 pontos
2. Leonardo Souza / 32 pontos
3. Fabio Santos / 32 pontos
4. Leonardo Cassarotti / 26 pontos
5. Gabriel Andrigo / 19 pontos

 

Avaliações

 

Paulo Alberto #211

Categoria Pró
Moto YZ 450F

– Estou muito feliz por vencer as duas baterias. A pista estava bastante difícil, e muito erros aconteceram ao longo da prova. Eu consegui errar menos que meus adversários e vencer. Estou muito bem com a moto e com a equipe, só tenho a agradecer. Aproveito e mando um abraço também aos amigos e familiares que estão torcendo por mim.

 

Fabio Santos #4

Categoria AX2
Moto YZ250F

– Tinha tudo para ser um bom fim de semana. Fiz primeiro tempo no Treino Classificatório, fiz uma boa largada, liderei um bom tempo da corrida, mas infelizmente um retardatário acabou me atrapalhando e caí. Terminei em terceiro. Estou um pouco frustrado com o resultado porque tinha grandes chances de sair com a vitória. Agora é aproveitar esse descanso de uma semana para recuperar o joelho, que ainda está dolorido.