Paulinho Stedile apresenta melhoras e pode sair da UTI nesta quarta-feira

paulinhostedile_cesararaujo
Paulinho deve sair da UTI nesta quarta-feira – Foto: Cesar Araujo / Pro Tork

 

O piloto Paulinho Stedile, 35 anos, começa a apresentar melhoras no seu quadro clínico depois de sofrer um grave acidente na última quinta-feira, 30, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba, Paraná. Stedile segue internado na UTI do Hospital Angelina Caron, mas retomou a consciência nesta terça-feira, 5, pouco mais de 72 horas depois do acidente.

Ainda um pouco tonto e “perdido”, perguntava onde estava e o que havia acontecido, segundo informou sua irmã, Silmara Stedile, em entrevista ao BRMX. O piloto sofreu lesões no pulmão e alguns “arranhões” na cabeça, o que deixou todos muito preocupados. Porém, ele se recupera bem, com evolução excelente e até surpreendente.

– Ele lesionou o pulmão, que foi a parte mais gravemente ferida, mas já está controlado depois de ser drenado. Ele ainda sente algumas dores, mas não é nada de grave, porém exige tempo para estar de fato 100%, e tem alguns arranhões na cabeça. O corpo vem respondendo bem ao processo de recuperação. O que mais preocupava era a parte neurológica, mas agora ele acordou e então isso tranquilizou a todos. A pancada na cabeça não afetou a memória dele em nada, de acordo com os últimos exames. E também não quebrou nenhuma parte do corpo – disse Silmara.

A irmã do atleta fez questão de agradecer a Juliano Ramos, da JMR Escola de Pilotos, e os pilotos Edinei Bueno e Pepê Bueno, colega na equipe Pro Tork, que estavam com Paulinho no momento do acidente, e que prestaram os primeiros socorros e o encaminharam até o hospital.

– Eu agradeço muito aos meninos que estavam com o Paulinho no momento em que tudo aconteceu, como o Juliano, que o socorreu e prestou os primeiros socorros e logo em seguida encaminhou ele ao hospital, tudo bem rapidamente. É um ponto importante que devemos reconhecer – agradeceu.

Segundo Silmara, se Paulinho continuar evoluindo desta forma, deve deixar a UTI nesta quarta-feira, 6, mas ainda não há previsão de alta.