Nova Bréscia, no Rio Grande do Sul, recebe a 2ª etapa do Brasileiro de Enduro FIM 2019

Com previsão de piso molhado e escorregadio, campeonato reúne a elite da modalidade neste final de semana, 6 e 7 de abril, na cidade da Serra Gaúcha – Foto: Rogério Leite

 

Após cinco anos fora do calendário, a cidade de Nova Bréscia, no Rio Grande do Sul, está de volta ao Brasileiro de Enduro FIM. O charmoso município da Serra Gaúcha possui pouco mais de três mil habitantes e recebe a elite da modalidade neste final de semana, 6 e 7 de abril, para a segunda rodada da temporada 2019.

A expectativa é de que os pilotos enfrentem terreno molhado e escorregadio, repleto de pedras e raízes. A base do evento será na Praça da Matriz, no centro da cidade, onde o público terá acesso livre para ver de perto os pilotos, equipes e motocicletas.

– Toda a estrutura será montada no centro de Nova Bréscia e a prova será no entorno da cidade. As especiais ficam bem próximas da base do evento, sendo que a primeira fica a apenas 100 metros, para que o público possa acompanhar os pilotos em ação – revela Ricardo Zambiasi, o “Sekinha”, diretor do Mentirosos Motoclube, organizador local da prova.

Os pilotos completarão três voltas por dia em um percurso de 40 km, com três trechos cronometrados (especiais) em cada volta. No sábado, a prova também será válida pelo Gaúcho de Enduro FIM 2019.

– As especiais são bem abertas e diversificadas, no estilo das trilhas da região. Em algumas delas usaremos parte do percurso de 2014. Procuramos fazer uma prova bem divertida, para os pilotos finalizarem sem problemas, mas à medida que as motos vão passando devem começar a aparecer as raízes e pedras – explica Sekinha.

A primeira especial, o Enduro Teste Honda, terá 4,2 km e fica a apenas 100 metros da base, em um percurso bem completo, alternando trechos com pedras, plantação de eucaliptos, circuito de curvas e mata fechada. A segunda especial, o Enduro Teste Yamaha, será a mais longa e terá 7,2 km, sendo 90% em plantação de eucaliptos em trechos rápidos e com descidas com pedras. Já o Enduro Teste Husqvarna, com 1,5 km, passa por mata fechada, por uma pista de veloterra e finaliza em uma plantação de eucaliptos.

 

Destaques

Na prova de abertura do Brasileiro de Enduro FIM 2019, realizada nos dias 16 e 17 de março em Itapema, Santa Catarina, o gaúcho Gustavo Pellin (equipe Power Husky) saiu na frente nas categorias E3 e Enduro GP, que reúne os mais rápidos da competição.

Os outros líderes do campeonato são Júlio Ferreira (categoria E1 – Edgers Racing), o francês Romain Dumontier (categoria E2 – Yamaha O2BH Racing), Patrik Capila (categoria EJ – Yamaha O2BH Racing), Nielsen Bueno (categoria E35 – Power Husky), José Mário da Fonseca (categoria E40), Maurício Fernandes (categoria E45 – Power Husky), Marcos Benvenutti (categoria E50 – Sócramento), Flávio Volpi (categoria E4 230 – DNA/Moto Litoral) e Juliano Wilgen (categoria EA).

O Brasileiro de Enduro FIM 2019 é patrocinado por Yamaha, Honda e IMS e tem apoio de MXF, Parts 57, Fotop, Motul, Jeri Adventure Ride, Husqvarna, Power Husky, BMP, Airoh, Tech Ride, Edgers, MR Pro Braces, BMS Racing, KTM Sacramento, Race Tech, Motorex, Sig Visual e Borilli.

 

Programação*

5 de abril (sexta-feira)

Das 16h30 às 20h – Secretaria de prova no saguão da Prefeitura Municipal
18h30 – Briefing da prova na base do evento/paddock

 

6 de abril (sábado)

Das 7h às 9h45 – Vistorias técnicas e condução das motos ao Parque Fechado
10h – Largada dos dois primeiros pilotos
16h – Previsão de chegada dos primeiros pilotos / Pré-finish
16h20 – Condução das motos ao Parque Fechado
20h – Divulgação dos resultados no Restaurante Bresciense (centro da cidade)

 

7 de abril (domingo)

8h – Largada dos dois primeiros pilotos
14h – Previsão de chegada dos primeiros pilotos
16h – Divulgação dos resultados e premiação

* A programação está sujeita a alterações.