Mundial de MX 2020: IceOne Rockstar Energy Husqvarna impressiona com nova estrutura

Estrutura da equipe IceOne Rockstar Energy Husqvarna impressionou nos dois primeiros GPs da temporada

 

Reportagem originalmente publicada na revista MXGP Magazine. Clique aqui para ver.

Ano novo, visual novo. Foi exatamente essa impressão que a equipe oficial de fábrica IceOne Rockstar Energy Husqvarna Factory MXGP Team deixou na rodada de abertura do Mundial de Motocross 2020, o GP da Grã Bretanha, disputado em Matterley Basin no dia 1º de março, antes da pandemia do coronavírus que assola o mundo todo.

 

Apresentando uma área de oficina totalmente branca (cor das motos e da equipe), que abriga as máquinas Husqvarna dos pilotos Arminas Jasikonis e Pauls Jonass –  provavelmente uma das oficinas mais limpas já vistas no paddock – junto com uma pequena área de hospitalidade reservada para amigos, familiares e outros convidados.

 

As janelas que se estendem do chão ao teto na frente e nas laterais do edifício não apenas deixam entrar luz extra, mas fazem a área parecer ainda melhor (todos sabemos o que dizem, uma boa iluminação é fundamental), e também oferece aos fãs uma visão ainda mais detalhada de todo o trabalho da equipe enquanto se preparam para um fim de semana de corridas.

 

Em comparação com as equipes tradicionais, essa estrutura “inovadora” da Husqvarna é algo bastante novo no paddock, visto somente nos GPs da Fórmula 1, o que rapidamente chamou a atenção de todos que por ali circulavam.

 

– Estávamos com essa ideia em mente faz tempo. Queríamos encontrar uma maneira de aumentar e melhorar nossa infraestrutura. A ideia principal é ganhar tempo na montagem e desmontagem, além de adaptar a temperatura ambiente (com ar condicionado) de acordo com as condições climáticas de cada GP – explica o finlandês Antti Pyrhönen, chefe da equipe.

 

Questionado se a equipe continuará usando esta mesma estrutura nos próximos GPs, Pyrhönen respondeu:

– Com certeza. Todos que trabalham na equipe ficaram muito satisfeitos com ela, e se meus funcionários estão felizes, então eu também estou. A reação dos fãs, patrocinadores e imprensa em geral também foi muito positiva, temos acompanhado nas redes sociais o quanto eles ficaram animados.

 

Sobre a agilidade ao montar e desmontar a estrutura, Pyrhönen complementa:

– Na quinta-feira precisamos de apenas três pessoas para realizar a montagem, e no domingo, após o término das corridas, uma pessoa sozinha consegue desmontar tudo. Isso é muito importante porque reitero, ganhamos tempo em todas as outras atividades do fim de semana, especialmente na oficina.

 

Embora seja uma equipe relativamente nova no Mundial de Motocross (estreou na temporada 2013), a IceOne Rockstar Energy Husqvarna Factory MXGP Team quer deixar sua marca não apenas no paddock mas também dentro das pistas.

 

Para isso, conta com Arminas Jasikonis, talento em ascensão do motocross da Lituânia, e o letão Pauls Jonass, ex-campeão mundial da categoria MX2. Além da chefia de Pyrhönen, a equipe conta com o também finlandês Kimi Räikkönen, piloto de F1, como sócio.

Jasikonis teve um início de temporada melhor que seu companheiro de equipe. Em dois GPs (Grã Bretanha e Holanda) somou 53 pontos e ocupa o 7º lugar na classificação da categoria MXGP.

Arminas Jasikonis

 

Jonass, entretanto, espera ter melhor sorte no retorno do campeonato, já que somou apenas 9 pontos em dois GPs e é apenas o 13º na classificação desta mesma categoria.

Pauls Jonass