Mundial de Motocross 2019: resultados do GP da Rússia

Yamaha

O Mundial de Motocross voltou neste fim de semana, com a oitava rodada da temporada 2019, o GP da Rússia, disputado em Orlyonok.

Na principal categoria, a MXGP, mais uma vez deu Tim Gajser. O esloveno da equipe HRC Honda faturou mais uma etapa ao vencer novamente as duas baterias, além de se beneficiar do infortúnio de seu principal adversário, o italiano Antonio Cairoli, da Red Bull KTM, 12º colocado na primeira bateria e 4º na segunda, resultados que o deixaram apenas em 8º na soma das baterias.

Na classificação do campeonato, Gajser assumiu a liderança com 13 pontos de vantagem para Cairoli. O GP da Rússia também marcou a estreia do atual campeão da MXGP, o holandês Jeffrey Herlings, também da Red Bull KTM. Herlings foi o 4º colocado na primeira bateria e o 7º na segunda, ficando em 4º na soma das baterias.

 

Tim Gajser – Foto: mxgp.com

 

Na categoria MX2, segue o domínio do atual campeão, o espanhol Jorge Prado, da Red Bull KTM, que emplacou mais uma etapa com vitória nas duas baterias. No campeonato, a vantagem de Prado para o vice-líder Thomas Kjer Olsen é de 20 pontos.

 

Jorge Prado – Foto: mxgp.com

 

O brasileiro Gustavo Pessoa foi o 21º colocado na primeira bateria e o 25º na segunda, ficando em 26º na soma das baterias, sem somar pontos. Na classificação do campeonato o brasileiro ocupa o 29º lugar, com 20 pontos somados.

O Mundial de Motocross 2019 continua no próximo fim de semana, 15 e 16, com o GP da Letônia, nona rodada da temporada, que será disputado no arenoso circuito de Kegums.

 

Melhores Momentos

 

Soma das baterias MXGP

 

Soma das baterias MX2

 

Classificação MXGP

 

Classificação MX2

Yamaha