Mundial de Enduro 2020: Bruno Crivilin volta ao pódio no GP da Itália

Bruno Crivilin (à direita) no pódio do GP da Itália, no Mundial de Enduro 2020 – Foto: Janjão Santiago/Mundo Press

 

Bruno Crivilin voltou ao pódio do Mundial de Enduro 2020 neste domingo, 27, no segundo dia de disputas do GP da Itália, em Espoleto. Além de vencer uma especial (trecho cronometrado), o piloto brasileiro conquistou o terceiro lugar na categoria J1 (até 23 anos e com motos até 250cc). Assim, ele repete o desempenho histórico obtido na segunda etapa do GP da França, que abriu a temporada da principal competição da modalidade. Os resultados consistentes com a motocicleta Honda CRF 250RX confirmaram Crivilin em quarto lugar na briga pelo título mundial da J1.

O caminho até o pódio não foi nada fácil em solo italiano. Depois de finalizar o primeiro dia em quarto lugar da J1, Crivilin enfrentou a segunda etapa debaixo de chuva, que ficou mais forte ainda na metade final da prova. O capixaba de Aracruz completou três voltas em um circuito de 68 quilômetros, divididos em três especiais, mais técnicas a cada passagem por conta da lama.

Ele conquistou a vitória no Extreme Teste da primeira volta e, com o pódio, sentiu outra vez o sabor de dever cumprido. Na classificação geral da Júnior, incluindo pilotos de até 23 anos que competem no Mundial com motocicletas acima de 250cc, Crivilin alcançou a sua melhor posição da temporada: o sexto lugar.

Foto: Janjão Santiago/Mundo Press

 

– Estou no pódio da J1 de novo, muito feliz pelo desempenho e pela torcida de todos do Brasil, muito obrigado – agradeceu Crivilin. Ele analisa que a chance de subir mais alto no pódio da J1 está próxima.

– A segunda etapa do GP da Itália foi ainda mais dura, competimos mais de sete horas debaixo de chuva e frio, foi muito desgastante. Briguei pela vitória da J1 quase o dia todo, cometi erros na segunda volta que fizeram a diferença, mas foi um ótimo resultado. Já estou pensando na próxima corrida – finalizou.

O próximo desafio da temporada é o GP de Portugal, de 6 a 8 de novembro, válido como a penúltima rodada do Mundial de Enduro 2020. Bicampeão brasileiro nas categorias Enduro GP (geral) e E1, Crivilin tem base na Itália e integra a equipe S2 Motorsport durante a competição – ao lado do italiano Alex Salvini, campeão mundial da modalidade, que disputa a classe E2.

Foto: Janjão Santiago/Mundo Press

 

Resultados

2ª etapa (27/9)

 

J1

1º Ruy Barbosa #114 (CHI)

2º Roni Kytonen #191 (FIN) – Honda – RedMoto World Enduro

3º Bruno Crivilin #199 (BRA) – Honda – S2 Motorsport – CRF 250RX

4º Antoine Criq #108 (FRA)

5º Lorenzo Macoritto #195 (ITA)

 

Geral Júnior

1º Hamish MacDonald #276 (NZL)

2º Wil Ruprecht #217 (AUS)

3º Theophile Espinasse #207 (FRA)

4º Ruy Barbosa #114 (CHI)

5º Roni Kytonen #191 (FIN) – Honda – RedMoto World Enduro

6º Bruno Crivilin #199 (BRA) – Honda – S2 Motorsport – CRF 250RX

 

1ª etapa (26/9)

 

J1

1º Roni Kytonen #191 (FIN) – Honda – RedMoto World Enduro

2º Tomas Pau #106 (ESP)

3º Ruy Barbosa #114 (CHI)

4º Bruno Crivilin #199 (BRA) – Honda – S2 Motorsport – CRF 250RX

5º Antoine Criq #108 (FRA)

 

Geral Júnior

1º Theophile Espinasse #207 (FRA)

2º Hamish MacDonald #276 (NZL)

3º Matteo Pavoni #298 (ITA)

4º Roni Kytonen #191 (FIN) – Honda – RedMoto World Enduro

5º Tomas Pau #106 (ESP)

7º Bruno Crivilin #199 (BRA) – Honda – S2 Motorsport – CRF 250RX

 

Calendário do Mundial de Enduro 2020

18 a 20/9 – Réquista (França)

25 a 27/9 – Espoleto (Itália)

6 a 8/11 – Marco de Canaveses (Portugal)

13 a 15/11 – Marco de Canaveses (Portugal)